in

Passeios de barco em Krabi: Quatro Ilhas e Hong Island

- - 5 comentários
Ah, os barquinhos tailandeses!
Um dos grandes atrativos pra quem visita a região de Krabi, na Tailândia, são os passeios pelas lindas ilhas do Mar de Andaman.

Antes de viajar para a Tailândia eu tinha muitas dúvidas sobre qual passeio valia a pena fazer, quanto custaria, a duração, onde contratar etc. Agora que eu voltei de lá, estou cheia de informações e dicas para compartilhar.

Por isso se estiver de viagem marcada para a Tailândia, fique atento pra não perder nenhuma das maravilhosas ilhas da região de Krabi! E acredite, são muitas! 😍

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajatailandia

Como funcionam os passeios de barco na Tailândia 


Os passeios para as ilhas mais próximas de Krabi tem duração de quatro ou seis horas e podem ser feitos de duas maneiras: compartilhado ou privativo.

O compartilhado é feito em lanchas grandes e rápidas, com capacidade para até 25/30 pessoas, que são chamadas de "speed boat". Nesse tipo de passeio, o roteiro é pré-definido pela agência e geralmente as refeições estão incluídas.

Speed boat
O que eu não gosto dessa modalidade é a aglomeração de pessoas, principalmente se você der o azar de pegar um grupo de chineses histéricos. Vai por mim, não vai ser nada legal 😑 E tem também a questão do roteiro engessado, quando tudo tem horário determinado. Então se você gostar muito de um lugar, não poderá ficar mais um pouco porque o grupo tem que seguir. Ou o que eu acho pior, que é quando você não gosta do lugar e é obrigado a ficar.

Já o passeio privado é quando o barco é contratado só pra você e sua turma. O mais comum é contratar o long tail boat, que é aquele barco de madeira tradicional tailandês. Há também a opção de alugar o speed boat privado mas é suuuper caro!

E antes que você pense que o long tail é um charme preciso te alertar: eles são barulhentos (usam motor de caminhonete), desconfortáveis e lentos! 😂 Mas calma, não desanime! Ainda assim eu os considero a melhor opção de passeio pela região, já que você pode contratar o passeio direto com o barqueiro e fazer o roteiro que você preferir.

Long Tail boat
A dica pra economizar nesta modalidade de passeio é encontrar outras pessoas que topem dividir o barco. No meu caso, conheci um casal de brasileiros no meu hotel que toparam fazer o passeio com a gente. Além da economia do aluguel de barco, foi super legal ter a companhia deles durante os passeios.

Como contratar os passeios de barco


Todos os passeios são super fáceis de contratar. Estando em Krabi, Ao Nang ou Railay basta procurar uma agência de turismo ou ainda perguntar na recepção do seu hotel se eles indicam alguma empresa.

Vale muito a pena pesquisar preços. Soube de pessoas que tentaram contratar no hotel e viram que era mais caro mas não sei se é regra, daí é sempre bom ter um comparativo. Outro detalhe a se observar é a diferença entre o valor do speed boat e do long tail privado. Quando fui pesquisar, para um dos passeios o valor para duas pessoas de speed boat saía mais caro do que o barco privado.

O bom é que numa volta rápida pela rua já dá pra ter uma noção dos valores dos passeios pois em cada esquina tem umas cinco agências de turismo.

No meu caso, que estava hospedada em Railay e optei por fazer os passeios em barco privado, foi muito fácil contratar. Em Railay West tem uma barraquinha da associação dos barqueiros locais. Daí foi só chegar lá, falar pra onde eu queria ir, pagar e sair. Simples assim! Não precisei reservar nada com antecedência e os preços não tiveram variação. Eu até tentei negociar, mas não rolou, era preço fechado!

Um detalhe pro seu passeio privado ser um sucesso: tente encontrar um barqueiro que fale pelo menos um pouco de inglês. O pior é que é uma missão difícil pois os caras não falam nada! Ou pior, falam até você pagar e entrar no barco, depois eles não entendem mais nada! 😡

E sem comunicação o passeio fica sofrido, porque o barqueiro não sabe falar o nome de lugar nenhum, não explica nada e não te ajuda a dividir o tempo entre as praias. Não chega a ser um problemão, pois a língua da mímica é mundial e no final a gente se vira. Mas vai por mim, se o cara falar inglês é bem melhor!

Dos quatro passeios de barco que fiz na Tailândia, só dei sorte com um e foi justamente em Railay, pra ir para Hong Island.

O barqueiro era mega gente boa, falava inglês super bem e tinha um papo muito bacana! Além disso, tinha a maior preocupação em nos agradar e ainda levou a gente pra fazer um mergulho num lugar maravilhoso que não tinha ninguém. Foi nota 10, super recomendo! Peguei o contato dele no Facebook, então se alguém quiser contratar e até quem sabe negociar um preço fora do esquema da associação tá aqui: Tassanai Boonsopa.

Passeio das Quatro Ilhas


O passeio das quatro ilhas pode ser feito de speed boat ou long tail pois as ilhas ficam bem próximas do litoral de Krabi. A duração de quatro horas é tempo suficiente pra fazer esse passeio.

Mapa das 4 ilhas (sendo que a 4ª é no continente)
Saindo de Railay, contratei o long tail na associação dos barqueiros por THB 1800, quatro horas de passeio para quatro pessoas. O barqueiro não falava nada de inglês, não sabia dizer nomes de praia, não entendia o que a gente perguntava, enfim, a comunicação foi sofrida! Mas deu quase tudo certo, no final eu explico o que aconteceu.

A primeira parada do passeio foi num ponto pra mergulho onde a água era muito clara. Ali bem próximo, havia uma pequena praia, lindinha e quase vazia. Depois de alguns minutos de mergulho naquele lugar maravilhoso, com muito custo, consegui explicar pro barqueiro que queríamos parar na tal prainha e ficar um tempinho.

Prainha linda que não sei o nome
A parada seguinte foi na Chicken Island, que apesar de acharem parecida com uma galinha eu achei ela a cara de um peru! 😂😂 A primeira parada foi pra fotos e depois, como a maré estava baixa, o barqueiro atracou atrás da "galinha" que tem uma praia linda, com a água super clara.

Chicken Island
A praia maravilhosa de Chicken
Gente, que mar é esse?
Depois de curtir uma horinha por ali, segui adiante e a próxima parada deveria ser na Tup e Sii Islands, que na maré baixa são unidas por um banco de areia. São lindas, com um mar claríssimo e por fazerem parte de um parque nacional, é cobrada uma taxa de THB 400 de entrada por pessoa. Mas quando fui não tive coragem de parar lá pois a quantidade de pessoas na ilha era assustadora.

Aquela foto básica de longe!
Se você der mais sorte que eu e pegar a ilha mais tranquila, lá ficam estacionados alguns barcos adaptados com tipo uma lanchonete, que vendem bebidas e lanches.

A terceira parada foi em Poda Island, que é a maior de todas as ilhas desse passeio. Também há a mesma cobrança de entrada que nas ilhas anteriores mas quem já pagou, não precisa pagar novamente. O ingresso do parque tem validade de um dia.

Costuma ficar bem cheia pois é a parada oficial do almoço de vários speed boats. Aqui a boa é deixar o povão no trecho mais fotogênico e caminhar para o lado direito, onde a extensa praia fica vazia e a cor do mar é incrivelmente linda!

Chegando em mais um paraíso
A foto clássica de Poda Island
Aliás, continuando minha guerra de comunicação com o barqueiro, consegui explicar pra ele que não queríamos pagar pra entrar (no pay! 😂). Sei lá né, vai que cola.. e não é que rolou? Ele entendeu que a gente queria ir à praia sem pagar e parou o barco mais próximo do final de Poda Island, bem afastado do ponto onde param os outros barcos e que ficam os guardinhas que controlam o acesso. A gente pulou do barco e foi nadando até a areia. Além de não pagarmos pela entrada, ainda ficamos no trecho mais lindo da praia. 😁

No pay point 😂
Praia linda demais
A última parada do passeio não é em uma ilha e sim em Phra Nang Beach, aquela mesma de Railay Beach. E daí que só vale a pena gastar tempo do passeio em Phra Nang se você não estiver hospedado em Railay.

Se estiver em barco privado, é hora de usar o seu poder de líder. Gaste seu tempo em alguma praia de sua preferência ou ainda, tente descobrir uma nova praia. Nessa região eu pude ver várias pequenas praias que estavam desertas, tipo a que vi antes de chegar em Chiken Island, que era linda e não tinha ninguém!

Só que não rolou a comunicação com o barqueiro.. perguntei mil vezes qual seria a próxima praia, falei o nome Phra Nang, falei da caverna, expliquei que não queria ir pra lá e tal. Quando ele sai com o barco, advinha qual direção que ele pegou? Exatamente pra Phra Nang.. Daí como eu já estava cansada de falar e não ser entendida pedi pra ele me deixar em Railay West e encerrei o passeio. Isso ele entendeu, espertinho, não é?

Mas ainda assim, pelas fotos daí de cima deu pra perceber que o passeio das Quatro Ilhas super valeu a pena né? É aquele passeio com a certeza de conhecer praias lindíssimas!

Passeio de barco para Hong Island


Hong Island é uma ilha paradisíaca que fica um pouco distante de Ao Nang e Railay Beach. Se for de speed boat dá pra fazer em quatro horas. De long tail recomendo fazer em seis horas pois só de deslocamento são duas horas (uma pra ir e outra pra voltar).

Localizando Hong Island
Pra contratar o passeio foi o mesmo esquema que citei acima. Cheguei lá na associação dos barqueiros de Railay e pedi um passeio pra Hong Island. Foi cobrado o valor de THB 2400, seis horas para quatro pessoas. Só que dessa vez o fator sorte estava do nosso lado e conseguimos um barqueiro mega gente boa.

A primeira hora de navegação, até a primeira parada do passeio foi meio entediante pois não tinha nada que ver e nem fazer. Só jogar conversa fora e esperar a chegada nas atrações do passeio.

A primeira parada foi num dos lugares mais lindos que visitei na Tailândia, a Hong Lagoon. Uma lagoa linda de águas verdes esmeralda, com água super calma e quentinha. Maravilhoso demais. A visita só pode ser feita na maré alta pois quando seca, o barco não consegue entrar.

Entrando em Hong Lagoon
Passando na frestinha
Lá dentro uma lagoa enorme!
O programa aqui é basicamente mergulhar, voltar pro barco, mergulhar de novo, bater fotos e por aí vai. Durante a maré cheia fica bem fundo, mas conforme ela vai descendo (e é muito rápido, acredite), já começa a dar pé. Até a hora que fica baixa demais e o barqueiro chama a turma pra seguir viagem.

E o melhor, não estava muvucada!
Saindo da lagoa
A parada seguinte é na paradisíaca Hong Island. Uma praia lindíssima, de águas com um tom de verde que eu nunca havia visto antes.

Chegando em Hong Island!
Pra entrar na ilha é preciso pagar a tal taxa de conservação dos parques nacionais de THB 400 por pessoa. Na ilha é possível encontrar uma estrutura completa com restaurante, lanchonete, banheiros, mesas pra pic nic e salva-vidas (!). Costuma ficar bem cheia nos horários de pico e esvazia mais pro fim de tarde.

Dessa vez não rolou o esquema "no pay" até porque uma das fiscais da ilha era namorada do barqueiro e daí ele disse que se fizesse qualquer besteira, depois apanhava em casa! 😂

A linda ilha de Hong
Mar super calmo
Mesmo cheia tem cantinhos vazios
Só que dei um azar danado no dia da minha visita. No mesmo dia uma autoridade tailandesa, tipo o chefão da área, estava visitando a ilha e aí estava o maior esquema de segurança. Os guardinhas da ilha estavam neuróticos e só permitiam entrar no mar quem estivesse com colete salva-vidas, sendo que a água além de rasa era mega tranquila.

O guardinha que me desculpe mas eu entrei sem colete mesmo! Fiquei ali no rasinho como quem não queria nada e depois de um tempo ele acabou desistindo de reclamar! Já no restaurante estava o maior esquema de segurança e só uma parte estava aberta ao público.

A turma do colete
A última parada do passeio será em algum ponto bacana pra fazer snorkel. E isso pode variar de acordo com o barqueiro ou com a maré. Mas nem se preocupe onde exatamente será a parada pois qualquer lugar terá o fundo do mar incrível.

passeio barco hong island tailandia
Achei o Nemo!
Foi nesse dia que vi o tão esperado peixe-palhaço, mais conhecido como Nemo. O segredo para "encontrar o Nemo" é ficar de olho nesse tipo de planta nos corais. Eles adoram ficar escondidos nela.

E assim foram os meus passeios de barco pela região de Krabi. E você, ficou com alguma dúvida? Não hesite em deixar sua pergunta nos comentários! 😄

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajatailandia 

*Data da viagem: abril/2017

Leia mais sobre a minha viagem para a Tailândia:

- Montando o roteiro de viagem pela Tailândia
- Informações importantes antes de ir para a Tailândia
- Como escolher o melhor voo para a Tailândia
- Como chegar ou sair dos aeroportos de Bangkok
- Dicas Gerais de Bangkok
- O que fazer em Bangkok 
- Dicas Gerais de Krabi
- Dicas Gerais de Railay Beach
- O que fazer em Railay Beach
- Guia de viagem para Koh Phi Phi
- Onde se hospedar em Koh Phi Phi 
- As praias de Phi Phi
- Passeio de barco em Phi Phi Don
- Passeio de barco em Maya Bay
- Dicas Gerais de Ao Nang

http://www.booking.com/searchresults.html?city=900040168&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1



5 comentários

  1. Parabéns Renata pelo seu blog. Muito bem escrito e com explicações excelentes, além de fotos incríveis. Eu e minha esposa estamos planejando uma viagem à Tailândia. A principio ficarei em Phuket e Phi Phi. Você que esteve lá, sabe me dizer se é possivel fazer esse passeio para Hong Island saindo de Phuket ou Phi Phi? Ah, peguei o contato do barqueiro que você contratou. Sucesso e parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vaquetti,

      Que bom que tenha gostado do blog, fico muito feliz! =)

      Olha, sobre o passeio para Hong Island, creio que seja possível fazer só de Phuket e de speed boat. De Phi Phi é muito longe e acho que não valeria a pena.

      Mas os tailandês são terríveis quando se fala em deslocamento, eles dão jeito pra tudo! kkkk! Mas se vc olhar pelo mapa, fica mais confortável por Phuket. Dei uma olhada rápida e tem até umas agências que anunciam o passeio. Dá uma olhada só:

      http://www.easydayphuket.com/phuket-tours/phang-nga-bay-tours/hong-island-tour-from-phuket/

      Agora o barqueiro que falei é de Railay Beach, se vc não vai passar por lá (o que é uma pena!) nem vale a pena fazer contato com ele!

      No mais, estou à disposição caso vc tenha mais alguma dúvida!

      Boa viagem! =)

      Excluir
  2. Muito obrigado Renata pela dica da agência. Irei entrar em contato com eles.
    Vou continuar lendo e relendo seus posts, assim consigo planejar bem nossa viagem.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado pela dica do guia Tassanai Boonsopa. Fiz 02 passeios com ele: 04 ilhas e Hong Island. Foi um passeio privativo para mim e a minha esposa. Conversamos tudo em inglês. Saímos bem cedo para chegar primeiro nos lugares. Como estou hospedado em Ao Nang, combinei com o Tassanai de vim buscar em Ao Nang. Ele fica em Railay. Muito obrigado pela dica Renata. Valeu demais.Abs, Neio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Neio,

      Que boa notícia vc me traz! Fico muito feliz em saber que minha dica tem ajudado outros viajantes!

      O Tassanai é muito gente boa! Dia desses ele me chamou no Face para agradecer a indicação pois muitos brasileiros estavam o procurando pra fazer passeios e isso tinha melhorado a renda da família dele! Fiquei tão emocionada!

      É muito legal ver que a internet faz essa corrente do bem! Estava ansiosa por saber de alguém que tivesse feito passeios com ele! Obrigado pelo seu retorno!

      E aproveite a Tailândia, que é tudo de bom!

      Boa viagem!
      =)

      Excluir