04/06/2017

Dicas de viagem para Krabi - Tailândia

dicas viagem krabi
Bem vindos ao sul da Tailândia!

Pra quem pretende se aventurar pelas bandas do Mar de Andaman, na Tailândia, as duas cidades base principais, onde a maioria dos turistas costumam se hospedar, são Krabi e Phuket (na pronúncia local: Krabíí e Phukê).

É muito comum, no momento de montar o roteiro pra visitar a região, pintar uma dúvida sobre qual das cidades montar base, já que as duas possuem grandes aeroportos, a facilidade de encontrar voos baratos e muitas praias interessantes ao redor.

Bases no Mar de Andaman

Eu mesma, em um determinado momento, também fiquei com essa dúvida, pois poderia ter optado ir por Krabi e voltar por Phuket. Mas todos os relatos que eu li sobre Phuket não eram dos mais animadores. Dizem que o esquema lá é meio confuso, muito lotado, meio sujo, muita prostituição, ou seja, um turismo um pouco demais pra pessoas de espíritos mais calmos como eu, rs!

E daí, pra não arriscar, resolvi manter Krabi como base principal mesmo, tanto na ida e na volta, e não tenho do que me queixar. Foi tudo nota 10!

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajatailandia

Como chegar

Krabi fica a a 800km da capital Bangkok. A maneira mais prática de chegar até lá é de avião. 

São vários voos diários, com duração de cerca de uma hora, nos mais diversos horários. As principais companhias aéreas regionais operam o trecho e os preços são super em conta.

Eu fui de Thai Lion e voltei de Thai Airways, que de todas as companhias, é a única que opera no aeroporto Suvarnabhumi (BKK). As demais operam no Don Mueang (DMK).

Como sair do aeroporto

Os tailandeses são muito eficientes no quesito deslocamentos. Eles tem esquema pra tudo!

Pra sair do aeroporto de Krabi há várias opções de transporte. O mais cômodo é o táxi, principalmente se estiver carregando malas. Uma corrida até Ao Nang (que é o ponto mais distante) custa THB 500 / 600.

Tem também um shuttle bus que faz o trajeto entre o aeroporto e Ao Nang e que custa THB 150. No saguão do aeroporto ficam os guichês para compra da passagem ou ainda pra intermediar o táxi.

dicas viagem krabi
 Chegando em Krabi

Há também a opção de vans compartilhadas, que custa THB 150 por pessoa. O ponto fica bem em frente ao portão de desembarque e ao sair, o pessoal já te aborda perguntando pra onde você vai e te encaixa na primeira van que estiver saindo.

Assim que a van enche, os passageiros são distribuídos nessa ordem: Krabi Town, Porto de Krabi (pra quem vai direto pra Phi Phi), Ao Nam Mao Pier (pra quem vai pra Railay) e Ao Nang.

Outra opção que descobri apenas quando estava em Ao Nang, já no fim da viagem foi o serviço da Krabi Shuttle, uma empresa de transfers privados, que dispõem de carros novos e alguns até com wifi! O bacana é que dá pra agendar com antecedência e simular os valores no site deles. Achei a proposta bem interessante pra quem procura um serviço diferenciado.

Quando ir

Krabi fica localizada no sul da Tailândia, logo o melhor período para visitar a região é entre os meses de novembro a fevereiro, quando a probabilidade de chuva é menor. Só tem o inconveniente de ser alta temporada, quando os preços sobem e costuma ficar mais movimentado.

Nos meses de março e abril também chove pouco porém o calor dá uma apertada. A vantagem desses dois meses é por ser o início da baixa temporada e possuir preços mais camaradas.


Nesses dois períodos que citei acima sempre espere uma pancada de chuva no fim da tarde. É bem típico da região e não chega a atrapalhar os planos praianos. Na verdade, no calorão da Tailândia dá até uma refrescada!

De maio a outubro é o período de monções no sul da Tailândia e a chuva costuma ser constante nessa região. O ideal é evitar a viagem nesse período pois a probabilidade de pegar chuva é muito alta. E vamos combinar, destino de praia com chuva é mega deprê!


Eu fui na segunda quinzena de abril e peguei muito calor. Dos doze dias no litoral, peguei apenas um chuvoso. Em todos os outros fez muito sol e no final do dia era normal o tempo fechar, ameaçando cair aquela pancada de chuva. Muitas vezes ficou só na ameaça mesmo, poucos dias choveu pra valer. Mas era sempre rápido e antes do sol se por, o céu já estava claro novamente.

Onde se hospedar

Quem pretende montar base na região de Krabi precisa estar muito atento na hora de escolher onde se hospedar pois isso vai fazer toda diferença na sua experiência local.

- Krabi Town

Ficar em Krabi Town seria se hospedar no centro da cidade, que fica às margens de um rio e tem um visual meio esquisito. A cidade em si não tem nenhum atrativo e só recomendo a estadia por lá se estiver de passagem. Caso contrário, fuja!

dicas viagem krabi
Krabi Town

Para consultar hotéis em Krabi Town, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😜 

- Ao Nang

É a praia urbana de Krabi. Fica a uns 40 minutos do aeroporto e tudo que eu tinha lido de Ao Nang dizia que era um lugar esquisito com a praia feia. Daí eu super desanimei de me hospedar lá, tanto é que fui para Railay Beach.

Mas no final da trip, por segurança e por curiosidade também, não vou negar, resolvi passar uma noite em Ao Nang e vou te falar que me surpreendi positivamente. Achei o lugar super arrumadinho, organizado e limpo (coisa rara na Tailândia).

dicas viagem krabi
 Praia em Ao Nang

Não tem a mesma vibe roots de Railay pois tem carro, buzina, Mc Donald's, essas coisas. A praia também não é das mais bonitas, especialmente no final da viagem depois de ter visitado outras tantas incríveis. Mas é um lugar excelente pra montar base.

Para consultar hotéis em Ao Nang, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😜  

Tanto gostei de Ao Nang, que resolvi escrever um post desmistificando a cidade aqui.

- Railay Beach

Pra quem procura sossego total, uma pegada mais natureza e não liga pra certas conveniências, tipo o Mc Donald's de Ao Nang, vá pra Railay Beach sem pestanejar!

Railay é uma vila que não tem acesso via terra, somente por barco. A estrutura do vilarejo é bem simples mas é justamente isso que faz de Railay um lugar especial. Além de possuir praias lindas a poucos passos do seu hotel.

dicas viagem krabi
 Phra Nang Beach em Railay

Mas ainda sendo um lugar simples, com o aumento cada vez maior de turistas visitando a região, já conta com bons restaurantes, hotéis e também serve de base pra fazer os passeios pela região.

Para consultar hotéis em Railay Beach, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😜  



Pra quem conhece o sul da Bahia, eu diria que Ao Nang está mais pra Porto Seguro e Railay pra Trancoso.

Diante dessas opções, escolhi montar minha base em Railay, que com certeza tem muito a ver com o meu perfil. E adorei, acho que acertei em cheio! Passei 5 noites por lá e conto minha passagem em detalhes nesse post aqui.

O que fazer

Imagino que quem atravessa o mundo pra chegar até Krabi tem um único interesse: os passeios pelas belíssimas praias do Mar de Andaman. Até porque além disso, a cidade não tem muito mais a oferecer.

Todos os passeios são super fáceis de contratar pois a cada esquina você topa com umas 5 agências de turismo. E por mais que a coisa toda possa parecer meio desorganizada, acredite, funciona muito bem. Os tailandeses são ótimos nessa função de montar passeios e deslocamentos.

Abaixo uma breve descrição dos principais passeios comercializados na região de Krabi:
 
- Quatro ilhas

O passeio das quatro ilhas é feito de barco e visita as lindíssimas ilhas próximas ao litoral de Ao Nang.

As quatro ilhas são: Chicken Island, Tup e Sii Island (que são praticamente a mesma), Poda Island e Phra Nang Beach, em Railay.

dicas viagem krabi
Praia em Chicken Island

Essa última parada do passeio não é em uma ilha e sim uma praia no continente. E daí que se você já estiver hospedado em Railay Beach definitivamente não precisará dessa parada, pois essa praia fica a 10 minutos de caminhada do centrinho de Railay.

- Hong Island

Hong Island é uma ilha lindíssima que fica a uma hora de distância de Ao Nang e Railay Beach, em barco lento (long tail).

A ilha é linda demais e ainda inclui uma parada na Hong Lagoon. Uma lagoa enorme, rodeada pelas grandes pedras características do Mar de Andaman, cuja a entrada é feita por uma pequena fenda, onde passam, no máximo, dois barcos por vez.

dicas viagem krabi
Hong Lagoon

Ainda inclui uma última parada em algum ponto bacana pra fazer snorkel. O fundo no mar nessa região é incrível!

Leia todos os detalhes desses passeios em outro post - Passeio de barco em Krabi: Quatro Ilhas e Hong Island.

- Phi Phi

Há quem considere que Phi Phi é um passeio de um dia. O que eu contesto com força total pois Phi Phi merece pelo menos uns 3 dias.

Mas se o seu tempo na região for curto e você não quiser deixar de ir lá dar uma conferida, procure as agências de turismo locais que organizam day trips até Phi Phi visitando os pontos principais, como Maya Bay, Bamboo Island e Monkey Beach.

dicas viagem krabi
 Maya Bay

Nesse caso o passeio tem que ser feito obrigatoriamente em lancha rápida (speed boat) pois o deslocamento até Phi Phi leva em média 1:30h.

Eu fiquei 4 dias em Phi Phi e adorei! Conto mais essa aventura nesse post aqui.

Detalhe que esses passeios que listei são apenas os básicos. A região conta com muitas outras ilhas que podem ser descobertas por quem viaja com mais tempo. Como por exemplo as ilhas de Koh Lanta e Koh Lipe ou até para os lados de Phuket como a James Bond Island e Simiilian Islands.

- Night Market

Um programa que eu consideraria interessante na cidade, é o mercado noturno de Krabi.

É uma grande feira que funciona todas as noites em Krabi Town. O que você vai encontrar lá são muitas barraquinhas de souvernis, roupas, produtos same-same e comida típica tailandesa.

dicas viagem krabi
Night Market

Não diria que é um programa imperdível, pois a combinação lojinha + barraquinha de comida thai existe em qualquer canto da Tailândia. Mas pra quem estiver de bobeira na cidade, acho que vale a pena dar uma conferida.

Dicas Gerais

Krabi é uma cidade grande, desenvolvida. Espere encontrar uma boa estrutura por lá.

Os preços em geral são menores que nas ilhas.

Tailandeses preferem dinheiro em espécie sempre. Só usei cartão de crédito no Mc Donald's.

Aliás, aqui a oferta de restaurantes com comida "ocidental" é bem maior.

Leve repelente. Os mosquitos da área são famintos e adoram os turistas.

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajatailandia

*Data da viagem: abril/2017

0 comentários:

Postar um comentário