27/05/2017

Informações úteis sobre a Tailândia


informações importantes tailandia
Partiu Tailândia!

Qualquer viagem, ainda que dentro do nosso país precisa de um mínimo de programação, certo? Agora imagina uma viagem pra um país tão distante e tão diferente culturalmente do nosso, como é o caso da Tailândia?

Por isso, relatei nesse post algumas informações básicas sobre esse país que poderão te ajudar a entender um pouco como as coisas funcionam por lá!

Aproveite a leitura! =)

Visto

Brasileiros não precisam de visto prévio para entrar na Tailândia a turismo. A imigração é bem simples e será preciso apresentar um passaporte com no mínimo seis meses de validade.

O tempo de permanência no país a turismo é de 90 dias.

Vacina contra Febre Amarela

A Tailândia é um dos países que exigem o certificado internacional de Febre Amarela para brasileiros, já que o Brasil é região endêmica desta doença.

É preciso tomar a vacina com no mínimo dez dias de antecedência da viagem. Depois de vacinado, procure um dos postos de atendimento credenciados pela Anvisa para a emissão do certificado. É um processo simples e de suma importância.

Mais informações sobre a emissão do certificado, aqui.

Quando chegar ao aeroporto de Bangkok, antes da imigração, haverá um guichê do Health Control bem escondido do lado esquerdo, onde será necessário preencher um formulário e apresentar o certificado da vacina. Os agentes irão carimbar esse formulário, que deverá ser apresentado ao agente de imigração.

Fique ligado nesse procedimento, pois se você entrar na fila de imigração e não apresentar o tal formulário ao agente, terá que voltar ao Health Control e enfrentar a fila novamente.

Moeda e Câmbio

A moeda tailandesa é o Bath Tailandês (THB). Dólar e Euro não são bem aceitos no comércio em geral, por isso é importante que você sempre circule com a moeda local.

Bath

Fazer câmbio nos principais destinos turísticos da Tailândia costuma ser bem fácil pois a oferta de casas de câmbio é bem grande.

A moeda mais bem aceita para câmbio é o dólar e eles preferem as notas de maior valor. As notas de US$50 e 100 possuem uma cotação maior que as demais. Como o Bath Tailandês é uma moeda que certamente você só utilizará na Tailândia, sugiro ir trocando o dinheiro aos poucos, conforme os seus gastos.

Se você for usar táxi ou os transportes públicos pra sair do aeroporto em sua chegada, será necessário trocar alguma quantia por lá mesmo. Mas saiba que as agências do aeroporto não possuem a melhor cotação da cidade. Por isso sugiro trocar uma quantia pequena.

Se você for sair de Uber, melhor ainda. Deixe para trocar na cidade onde você encontrará cotações bem melhores.

Cartões de crédito não são bem aceitos no comércio em geral. A grande maioria, prefere dinheiro em espécie.

Língua

O tailandês é a língua oficial na Tailândia (ó! 😜). Aquela língua indescritível para nós, na verdade não é única. Existem diversas línguas tailandesas dentro do tailandês. Nossa, mas esse papo tá parecendo de maluco! 😂 O fato é que não dá pra entender nada do que eles falam ou escrevem, pronto!

informações importantes tailandia
Indecifrável

O inglês é pouco falado pelos tailandeses. Quem sabe falar, fala com muito sotaque e muitas vezes é bem difícil de compreender o que eles estão dizendo. Há também os que "desenrolam" em inglês, e nesses casos nem adianta falar inglês direito com eles porque eles não entendem nada! Um inglês de índio super resolve o problema.

Agora a grande maioria não fala nada de inglês e aí meu amigo, é hora de usar a língua oficial da mímica, que no final sempre dá certo.

Quando ir

A maioria dos guias de viagem apontam como a melhor época para visitar a Tailândia entre os meses de novembro e fevereiro. Do ponto de vista climático, de fato é uma ótima época porém é a alta temporada no país e os preços costumam ficar um pouco mais altos que o normal.

É importante lembrar que a Tailândia sofre com as monções, aquele período do ano em que chove muito no Sudeste Asiático e a gente vê nos jornais as cidades completamente alagadas. Tenso! O auge deste fenômeno ocorre entre os meses de maio a outubro. Por isso, podendo evitar a viagem nesses períodos, é melhor.

informações importantes tailandia
 Com certeza você quer encontrar esse clima!

Março e abril ainda não chove tanto e já é baixa temporada. Porém o calor é nível hard.

Outro detalhe importante pra ficar atento é quanto aos feriados e datas festivas tailandesas. Isso pode fazer com que o comércio pare de funcionar ou ainda, seja um período muito cheio, como é o caso do Songkran, o ano novo tailandês que acontece em meados de abril e dura três dias.

Confira as lista de feriados e datas festivas tailandesas aqui.

Golpes

E você aí pensando que o brasileiro é o rei da malandragem? Pois saiba que temos fortes concorrentes! Os tailandeses, principalmente os mais próximos do turismo (táxis, tuk-tuk, barqueiros etc) são bem malandros e estão sempre tentando se dar bem em cima dos turistas.

Não chega a ser nada grave, mas golpes pequenos como cobrar valor a maior, levar pra loja de seda ou de terno ao invés do destino solicitado ou te vender algo que você não precisava. São esse tipos de golpes aplicados pelos tailandeses. Nada que brasileiro não esteja vacinado desde nascença!

A dica é ficar sempre esperto, perguntar tudo antes de fechar qualquer negócio, conferir o troco (principalmente as moedas - recebi várias de Euro e da China 😂), essas coisas básicas do nosso dia-a-dia.

Violência

Olha aí uma boa notícia. A Tailândia é um país muito tranquilo em relação à criminalidade. Pode passear numa boa pelos principais destinos turísticos sem problemas.

Atenção para os lugares de grande concentração que sempre rola ação de pickpockets e evite se colocar em situações de risco como transitar em locais ermos, não deixar itens de valor à mostra no quarto do hotel. Aquele famoso, não dar chance pro azar!

Circulando dentro do país

O Itamaraty não recomenda a visita de turistas brasileiros às províncias de Narathiwat, Pattani, Songkhla e Yala, que ficam no extremo sul do país e possuem população de maioria islâmica e frequentes registros de atentados terroristas.

Monarquia

A monarquia é o regime de governo no país e eles levam isso muito a sério. Desrespeitar a família real é crime dos graves! Portanto, tenha muito cuidado ao falar do rei, que dispõe de um status quase que divino para os tailandeses. Cuidado também com o dinheiro local, que possui a imagem do rei em todas as notas. É crime amassar ou rabiscar as notas. Tenso!

O rei Bhumibol Adulyadej, que ficou no poder por 70 anos, morreu em outubro/2017 e os tailandeses ficarão de luto por um ano. Durante o tempo que estive lá, vi muitos tailandeses vestidos de preto (debaixo daquele calorão!) e também outdoors ou pequenos templos nas casas e comércios locais em homenagem ao rei.

 População de luto pelo rei

Alimentação

Os tailandeses tem como hábito a comida de rua. Portanto você verá barraquinhas de comida por todos os lados, de procedência nem sempre confiável.

A alimentação deles tem como base o arroz, frango, frutos do mar e macarrão tipo noodles à base de arroz. Nos principais destinos turísticos como Bangkok, Phuket, Krabi e Phi Phi é fácil encontrar restaurantes com cardápio mais ocidental (massas, hambúrguer etc). Não é muito fácil encontrar pratos com carne. Além de não ser o forte deles, costuma ser caro. 

Comida de rua Tai

Outro detalhe importante. Pimenta é ingrediente básico da comida tailandesa. Portanto se você não curte muito, lembre-se sempre de pedir "no spicy". Nem sempre vai adiantar pois às vezes eles ainda assim colocam um pouquinho de pimenta.

Por segurança, quando não tinha opção de comidas mais "normais" me mantive no Pad Thai (tipo um yakisoba versão tailandesa) e Fried Rice (tipo o nosso arroz maluco) com frango ou frutos do mar. Era certeza de sucesso! 😋

Higiene

A higiene é um capítulo à parte na Tailândia. O que eu costumo recomendar é: se você tem nojinho das coisas, não vá pra Ásia, porque lá o negócio é tenso.

É normal as pessoas que manipulam comida, principalmente as de rua, não lavarem as mãos, manusear dinheiro e voltar pra comida, ter animais por perto (principalmente gatos). Fora que não tem muita estrutura, é tudo no improviso. Repito, é tenso.

Antes de ir li muita coisa a respeito sobre evitar o gelo nos restaurantes. Mas já estando lá, vendo que o esquema é todo meio sujo, pra mim o gelo foi só um detalhe. Nem ligava mais.. pedia gelo sempre! 😂 Até porque você pode evitar o contato com gelo de origem duvidosa, mas a água duvidosa está por todos os lados, lavando os pratos e copos, sendo usada na comida.. Enfim, não tem pra onde fugir!

O lance é evitar aquilo que você considerar muito trash. Eu achei que não teria coragem de comer comida de rua lá mas no segundo dia já tava caindo dentro dos Pad Thais da Khaosan. E pasmem, não passei mal um dia sequer! 😂😂

Agora verdade seja dita, achei as ruas bem limpas para o padrão de higiene deles. Quase não tinha lixeira nas ruas mas também quase não vi lixo no chão. Ponto para os tailandeses!

Banheiros

Banheiros de rua tailandeses geralmente não possuem papel higiênico, apenas ducha! Agora como eles se enxugam, não me pergunte como. Por via das dúvidas, sempre leve um pacote de lenços de papel com você.

Os mais roots possuem um buraco no chão no lugar do vaso sanitário. Desapego total!

Nem todos os banheiros de hotel possuem box. Chuveiro e vaso formam um único ambiente e na hora do banho molha tudo. Coisas da Tailândia.

Gorjeta

Nos restaurantes da Tailândia não há a prática de cobrança de 10% ou ainda o costume de dar gorjetas. 🙌

Internet

Quase todo lugar possui wifi, é sério. Teve lugar que eu fui que até a barraquinha de sorvetes tinha wifi para os clientes! 

Internet móvel, tipo 3G/4G funciona muito bem em quase todos os lugares. As principais operadoras são a DTAC, AIS e True Move. O chip pode ser comprado ainda no aeroporto e todas possuem pacotes específicos para turistas.

 Guchê da True Move no aeroporto

Pra comprar foi super rápido. Basta escolher o pacote, entregar o telefone e passaporte. Eles configuram o telefone e em 15 minutos você já está com internet no seu telefone. Valeu muito a pena ficar com internet full time durante a minha viagem.

Dirigir na Tailândia

Na Tailândia dirige-se na mão inglesa. Além disso o trânsito é meio caótico. Portanto, se você não tem a manha da direção na mão inglesa, não recomendo alugar carro por lá.

Use a abuse dos táxis (que são baratos), dos tuk-tuks (que são super tradicionais), do Uber e do transporte público quando houver.


0 comentários:

Postar um comentário