in

Como é voar na AirAsia

- - Nenhum comentário
Cuidado com o baratinho!
Depois de tanto ouvir falar de low costs asiáticas, chegou a minha vez de voar com a AirAsia. A gigante asiática, com sede na Malásia, opera voos para mais de 25 países.

Nem sempre a gente ouve falar bem dessa companhia aérea, muito pelo fato dela ser uma empresa de baixo custo e com isso oferecer um serviço diferenciado, onde tudo, tudo mesmo, é cobrado à parte.

Voei com a AirAsia em duas ocasiões no mesmo trecho Kuala Lumpur - Male (ida e volta). Na ida, saindo de Kuala Lumpur, tudo impecável. Já saindo de Male, a coisa toda foi meio enrolada, mas acredito que por muio mais pela desorganização do aeroporto, que era meio generalizada, do que pontualmente com a AirAsia.

Compra da Passagem


Na hora de comprar a passagem na AirAsia e demais companhias aéreas low costs asiáticas é preciso ficar MUITO atento aos valores e condições das tarifas. Isso porque tudo (assento, refeição, bagagem despachada etc) é cobrado à parte na AirAsia e se você der bobeira e não prestar atenção, a passagem baratinha acaba ficando bem carinha!

No meu caso, adquiri as passagens utilizando pontos de um programa de fidelidade corporativo. Então a parte da compra em si, eu não tenho como avaliar. Meu contato com o sistema da Air Asia começou após a confirmação do resgate, quando entrei no site para confirmar o bilhete emitido.

Localizar a passagem para incluir os adicionais é muito fácil. Se a passagem tiver sido comprada direto no site da AirAsia, o sistema solicitará o login utilizando a mesma senha da compra e depois basta acessar a opção "My Bookings".

Já no meu caso e também para quem compra a passagem através de outros sites (Expedia, Decolar etc), basta clicar na opção logo abaixo da caixa de login "Purchase now"


Navegação bem simples
Na tela seguinte é necessário informar o número da reserva, o sobrenome e cidade de partida:
Insira o sobrenome igualzinho ao da passagem
Daí pra frente é só alegria (ou tristeza, depende do ponto de vista) e é possível comprar todos os adicionais da viagem desde refeições, bagagem, assentos, seguros etc.

Vamos começar a brincadeira..
Valor para incluir bagagem despachada (percebi que isso varia de acordo com o voo):

Eita, carinho hein?
Aqui registro um detalhe curioso: pra despachar uma mala de 25kg no voo de ida entre Kuala Lumpur e Malé o valor foi de US$21,36. A mesma mala no voo de retorno tem esse valor que eu printei aí em cima. Sem noção né?

Valor das refeições:

Essa é bem baratinha - dá vontade de comprar, kkk
Valor para marcação de assentos:



Pelo menos o valor também é baratinho
O que eu achei legal na compra dos assentos é que eles avisam quais os assentos não são reclináveis. Assim você não paga gato por lebre.

Além disso, vale a pena também consultar aquele site que eu já dei a dica que é maravilhoso pra te dar as boas dos assentos - Como escolher o melhor lugar no avião.

Eu acabei comprando uma mala despachada (estava com mala grande), assentos na saída de emergência e refeições (só porque achei baratinho mesmo, kkk). Fazer o quê né? 😁

O processo de compra foi super simples, do tipo incluir na sacolinha e pagar no final. O meu cartão foi aceito sem problemas.

Política de Bagagem


Galera, outro item pra ficar super atento viu? Verifique se a sua bagagem de mão está dentro das dimensões, que segundo consta no site, são as seguintes:


Se a bagagem estiver fora dos padrões da companhia, eles despacham a mala sem dó e te fazem pagar uma pequena fortuna na hora do embarque. Caso você já saiba que sua mala precisa ser despachada, seja por tamanho ou peso, vale a pena comprar a mala despachada antes de embarcar, conforme eu mostrei acima.

No meu caso, eu viajei com uma mala grande despachada, uma pequena de mão dentro das dimensões padrão e uma mochila. Passei com a minha tralha de boa. Não houve checagem das dimensões de mala, nem minha, nem de nenhum outro passageiro.

Checkin


Como eu ia despachar bagagem, deixei pra fazer o checkin no aeroporto. O sistema é todo automatizado e o passageiro faz tudo sozinho, não tem atendimento presencial.

Primeiro é feito o checkin nos totens da AirAsia. O esquema é bem simples: basta digitar o localizador, escanear o passaporte e seguir as demais instruções da tela. Rapidinho sai o bilhete de embarque.

Pra quem vai despachar mala, o passo seguinte é ir até o guichê de Baggage Drop e fazer os procedimentos pra etiquetar a mala. Mais uma vez, é tudo automatizado e sem funcionários pra auxiliar. Mas o sistema é bem intuitivo e não tem como errar.

Se algo der errado, seja com a reserva ou com a mala fora dos padrões, haverá um "guichê humano" próximo pra tomar as providências.

O voo


O avião da AirAsia é bem novinho mas não tem entretenimento nenhum. O voo saiu no horário marcado e os comissários eram até bem simpáticos e ajudavam todos os passageiros a encontrar os assentos e ajeitar as bagagens com a maior boa vontade.

Os assentos são muito apertados, é de assustar! Pensei mil vezes como valeu a pena ter comprado os assentos da saída de emergência, que além de ter mais espaço, ainda dão direito à embarque preferencial.

A comida era até bem boazinha pra padrão de comida de avião. Os passageiros que compram antecipado são servidos primeiro. Depois abrem para quem quiser comprar na hora.

Achei o serviço como um todo bem satisfatório. A minha única "reclamação" é que pedi um copo d'água porque precisava tomar um remédio e água só comprando. O comissário, tadinho, até me ofereceu gelo pra deixar derreter, mas deixei pra lá e tomei o comprimido a seco mesmo, kkk.

Conclusão


Voar com a AirAsia é tranquilo, você só precisa entender que a proposta de serviço deles é totalmente diferente do que estamos acostumados numa companhia aérea de serviço completo. As passagens são baratas, mas tudo é cobrado à parte, até o copo d'água.

Tendo isso claro em mente, dá pra sobreviver a algumas horas de voo. E podendo, não deixe de comprar assentos mais espaçosos, especialmente se você for uma pessoa alta. Vai fazer toda a diferença na sua experiência.

Nenhum comentário

Postar um comentário