in

Dicas de viagem para Montego Bay - Jamaica

- - Nenhum comentário
Sua porta de entrada na Jamaica!
Montego Bay é a segunda maior cidade jamaicana e é a principal porta de entrada turística do país, tanto por via aérea ou por via marítima, pois além de ter o segundo maior aeroporto do país, possui também um porto que recebe muitos cruzeiros durante a temporada.

Chamada carinhosamente pelos locais de MoBay, a cidade possui praias de um azul surreal que são capazes de encantar qualquer turista.

Porém como toda cidade grande de um país subdesenvolvido, MoBay enfrenta dificuldades, principalmente no que diz respeito à segurança pública. Mas ainda assim, é um destino que merece a visita quando se fala em Jamaica (até porque provavelmente você passará pelo aeroporto de lá).

Então vem comigo conhecer mais esse destino jamaicano!

Para conferir mais fotos dessa trip no Instagram, clique aqui ou procure #reviajajamaica.

A minha viagem


A minha passagem por Montego Bay foi meio relâmpago, pois não queria deixar pra sair de Negril no mesmo dia do voo de saída da Jamaica, por isso optei por dormir uma noite em Mobay e pegar o voo sem correria no dia seguinte.

Ainda assim, com o tempo meio corrido na cidade, deu tempo de dar uma volta pelo centro turístico, curtir um pôr do sol inesquecível e sair de lá com a certeza de ser mais um destino bacana para se explorar na Jamaica.

Melhor época para visitar Montego Bay


Na Jamaica, assim como nos demais países que ficam na região do Caribe, faz calor durante todo o ano e possui basicamente duas estações: o inverno e o verão.

A estação seca é no inverno, que vai de dezembro a abril: chove pouco e as temperaturas são mais amenas. É nessa época também que rola a alta temporada, quando o povo todo lá de cima foge do frio intenso do inverno em busca de dias ensolarados no Caribe.
Entre junho e novembro, considerado o verão de lá, é um período quente, úmido e com maior probabilidade de chuvas. Lembrando que a Jamaica está bem no meio da zona de furacões do Caribe e sempre rola aquele risco né? Mas viajar nessa época não quer dizer que você vai topar com um furacão! Eu já fui pro Caribe em setembro e nem sinal de furacão por lá! A vantagem dessa época é que por ser baixa temporada os preços dos hotéis despencam. Mas já que existe esse risco, acho melhor evitar.

Procure evitar também ir em períodos festivos no país como Carnaval e Semana Santa (que pra eles é o feriado mais importante do ano). Ah, podendo evitar a semana do Spring Break americano (que varia todos os anos entre fevereiro e março) também é uma boa. Chegar no hotel e encontrar aquela turma de adolescentes americanos tocando o terror também não é legal.

Estive em Montego Bay no finalzinho de fevereiro e peguei um clima ótimo, com sol e muito calor.

Como chegar em Montego Bay


Não há voos diretos entre Brasil e Jamaica. Será necessário fazer uma escala no Panamá, via Copa Airlines ou nos Estados Unidos, com as companhias americanas Delta ou American Airlines. Nesse último caso, é sempre válido lembrar que é preciso ter visto americano.

Principais destinos turísticos na Jamaica
O aeroporto de Montego Bay (MBJ) é a principal porta de entrada turística do país e fica bem próximo da cidade. Espere gastar uns 10/15 minutos no deslocamento centro/aeroporto e a oferta de táxis, transfers etc é bem grande.

Onde se hospedar em Montego Bay


Escolher um hotel honesto (que seja bom, limpinho e com preço justo) na Jamaica nem sempre é missão fácil. No geral os hotéis simples são bem fraquinhos e cobram preços elevados pelo que oferecem.

Por se tratar da capital turística do país, em Montego Bay é possível encontrar de um tudo: redes de resorts super luxuosos até hotéis mais simples.

Como a minha passagem pela cidade era rápida, escolhi um hotel bem simples, só pra dormir mesmo. Mas nem tudo deu certo.. Eu fiquei no Hotel Grandiosa e recomendaria ele com muitas ressalvas (mesmo!).

Como o tema hospedagem na Jamaica é complicadinho, escrevi um outro post contado tudo em detalhes, inclusive a minha experiência em Montego Bay - Onde se hospedar na Jamaica.

Agora se orçamento não é o seu problema (amém 🙌), MoBay conta com diversas filiais de resorts super luxuosos.

Para conferir todas as opções de hospedagem em Montego Bay, clique aqui. Mas não deixe de ficar atento às avaliações, ok?

http://www.booking.com/searchresults.html?city=-3752832&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

Como se locomover em Montego Bay


O sistema de transporte público na Jamaica é bem precário e não muito amigável ao turismo em geral.

Se a intenção for conhecer também outras cidades do país, eu recomendo alugar um carro pela praticidade e liberdade que ele proporciona. O problema é que na Jamaica dirige-se na mão-inglesa e isso pode ser um pouco assustador pra quem não tem a manha. Eu confesso que também fiquei cismada, pois nunca havia dirigido na mão invertida, mas no final deu tudo certo.

É assim que se dirige na Jamaica!
Porém em Montego Bay foi onde mais notei a presença de transporte público, como algumas linhas de ônibus e vários route-taxis (maioria absoluta). Então se a intenção foi ficar só na cidade mesmo ou no máximo dar um esticada em Negril, o carro pode ser dispensável.

O que fazer em Montego Bay


Por ser a capital turística do país, Montego Bay conta com uma boa estrutura para receber os turistas em geral. No entanto, tem aquela pegada de cidade grande, trânsito pesado e de um pouquinho de caos (tudo aquilo que eu fujo nas férias).

Aqui a programação é basicamente curtir praia, fazer alguns tours pela região (de carro alugado ou com agência) e bater perna nas lojinhas de souvenir e mercados de artesanato da Gloucester Avenue, conhecida também como Hip Strip, que aliás possui alguns restaurantes bem bacaninhas com vista pro mar.

Os principais passeios pelos arredores de MoBay são:

- Praias (que já vou falar abaixo).

- Lagoa Luminosa: na cidade vizinha de Trewlany, há uma lagoa que abriga milhares de microrganismos bioluminescentes. Isso que dizer que à noite, quando as águas da lagoa são movimentadas, esses bichinhos ficam brilhando num tom de azul incrível! Maiores informações aqui.

As águas que brilham de noite! (fonte: pMH Digital Designs)

- Rose Hall Great House: uma casa de fazenda antiga, que fica a 20 minutos de Mobay e dizem ser mal assombrada pela sua antiga dona Annie Palmer. Hoje, a casa que tem vista pro mar, foi restaurada e é decorada com móveis de época. O tour mais famoso é feito à noite, à luz de velas (credo, coisa de mau gosto! 😅).

Tem gente que acha graça, eu morro de medo!
- Appleton Estate Tour: pra quem curte tours de bebida, não pode perder o tour de uma das principais marcas de rum, a Appleton. Maiores informações aqui.

Pra quem visita a cidade de cruzeiro restam duas opções: ficar ali pelo centrinho de MoBay, curtindo as praias e depois bater perna na Hip Strip ou fazer algum dos tours de agências locais. A que eu vi mais atuante na Jamaica foi a Chukka Adventures.

Um programa imperdível e de graça é curtir o pôr do sol na região da Hip Strip. Quando eu fui ainda não estava se pondo no mar mas mesmo assim foi um espetáculo inesquecível.

Mais um daqueles momentos inesquecíveis
Outro lugar super badalado que vale a visita em Mobay é o Margaritaville. De dia funciona com um clube de praia com tobogãs e vários brinquedos infláveis na água. À noite, a casa vira uma das boates mais animadas da cidade. 

Margaritaville Mobay

Praias de Montego Bay


Quem visita MoBay pode apostar que vai encontrar praias caribenhas com aquele azul maravilhoso. O legal é que as melhores praias ficam na região central da cidade, o que garante fácil acesso a todas elas.

Olha esse mar!
Doctor's Cave é a praia mais famosa de Mobay e logo, a mais cheia também, principalmente em dias de cruzeiro. A entrada custa US$6 por pessoa e conta com uma estrutura completa. 

Doctor's Cave Bathing Club
Vizinha, a Cornwall Beach tem praticamente as mesmas atrações da Doctor Cave com a vantagem de ser mais vazia. Custa US$5 a entrada.

Andando um pouquinho mais à frente, depois do Margaritaville, fica localizada a One Man Beach, uma praia pública, com entrada gratuita e frequentada basicamente pela galera local. Eu fui nessa praia curtir o fim de tarde e gostei muito. Era dia de semana e a praia estava bem vazia também.

Curtindo a praia com os locais
Uma outra praia que não tive oportunidade de conhecer mas li boas avaliações dela é a Dead End Beach, que fica bem no final de uma rua, na cabeceira do aeroporto. Entrada gratuita, mar cristalino e snorkel nota dez são as atrações do local.

Violência em Montego Bay


Muito se fala na Jamaica como um país violento e inseguro. Antes de ir eu li bastante o relato de outros viajantes e não vi ninguém se queixando da violência durante a sua viagem ao país. Pelo contrário, todos afirmam ter feito uma viagem tranquila.

É claro que a vida na Jamaica, um país pobre, não é mil maravilhas. Há sim violência no país porém ela é mais concentrada em sua capital, Kingston e em algumas áreas de Montego Bay.

Outra informação importante que li, é que a violência na Jamaica geralmente está associada à briga de gangues e tráfico de drogas e seriam concentradas em áreas mais pobres das cidades. No entanto, algumas dessas áreas consideradas perigosas em MoBay ficam bem próximas do aeroporto e da região turística. Por isso vale a pena redobrar a atenção, principalmente na hora de escolher a hospedagem.

Áreas consideradas perigosas em Montego Bay

Nas áreas turísticas não são registradas ações violentas, como tiroteios e coisas do tipo. Seriam apenas pequenos golpes como furtos tipo pickpockets e nos hotéis. Nada que não exista em outros destinos pelo mundo. Encontrei nesse blog aqui várias dicas de segurança bem importantes para a Jamaica (vale a leitura).

Enquanto estive lá não me senti ameaçada em nenhuma situação e me senti mais à vontade do que aqui no Rio. É claro que você deve tomar precauções do tipo não sair com joias, evitar mexer com dinheiro na rua, não ficar pagando de bobão com celular e câmera na mão.. essas coisas. De resto, foi muito tranquilo mesmo.

Em Montego Bay vi muita polícia e blitz do exército na rua, o que de certa forma é um bom sinal. Durante o dia, andei normalmente na rua principal, tirei fotos, entrei na praia dos locais, tudo numa boa.

Dicas Gerais


A diferença de fuso para o Brasil é de duas horas a menos. Durante o horário de verão a diferença aumenta para três horas.

A voltagem é de 110v e as tomadas são de pino chato.

Pra comprinhas de artesanato e souvenirs, as principais opções são a Hip Strip, que tem muitas lojinhas e os mercados de artesanato Montego Bay Old Fort Craft Market e o Montego Bay Craft Market.

Em MoBay a prática de assédio dos vendedores jamaicanos é a mesma do resto do país. Continuam sendo chatos, porém no segundo "no, thank you", eles desaparecem. Curioso aqui é que a grande maioria das lojas de souvenir pertencem a indianos! E aqui negocie o preço pra valer (os asiáticos adoram isso) pois os preços de etiqueta nunca são os verdadeiros, sempre dá pra baixar, muitas vezes até pela metade!

Para estacionar na Hip Strip, fique atento pois o esquema é de vagas pagas e você precisa procurar onde são vendidos os tickets de estacionamento pra deixar à mostra no painel do carro. No local onde parei, bem próximo da Doctor Cave, tinha uma lojinha de souvenir que vendia os tickets, que custavam US$1 por hora. Assim que estacionar, procure se informar com os locais pra não ter o seu carro multado.

**Data da viagem: fevereiro/2018

Para conferir mais fotos dessa trip no Instagram, clique aqui ou procure #reviajajamaica.

Mais sobre a viagem à Jamaica

Nenhum comentário

Postar um comentário