in

Dicas de viagem para Monterey e Carmel - Roatrip na Califórnia

- - Nenhum comentário
Começando a roadtrip
Depois de alguns dias em San Francisco, chegou o dia de iniciar a tão sonhada viagem de carro pela costa da Califórnia, na Pacific Coast Highway.

Os primeiros destinos dessa viagem foram as simpáticas cidades de Monterey e Carmel. Mas calma lá que nessa trip nem só o destino final é o que interessa! O caminho pra chegar até ele também tem lugar de destaque no roteiro.

E é aqui nesse post que vou contar pra vocês o que tem de melhor nesse trecho da roadtrip e também a minha experiência nesse dia de viagem.

A minha viagem


⇨ Roadtrip Califórnia: De San Francisco até Monterey
⇨ Distância percorrida no dia: 200km


Para iniciar a viagem, resolvi pegar a Pacific Coast Highway na cidade de Pacífica, diferente da maioria das recomendações que indicam iniciar em Half Moon Bay, uma cidade mais à frente. 

Por mais que a opção mais tradicional economizasse tempo, acho que uma vista pro mar faz toda a diferença em qualquer viagem né? E eu só não peguei o litoral desde o Cliffs End em San Francisco porque já tinha ido nessa região um dia antes e porque também saí um pouco mais tarde do que eu pretendia. 😀

Pra completar os imprevistos do dia, o clima me reservou uma surpresa nada agradável: a fog! A maldita resolveu chegar com força total nesse dia e confesso que atrapalhou um pouco a vibe da viagem. Eu que sonhei em ver os visuais do início da Pacific Coast e a 17 Mile Drive com sol brilhando e mar azulão, tive que me contentar com uma paisagem linda, porém cinza.

Fazer o quê né? Clima na Califórnia tem dessas coisas.

Qual a melhor época para visitar Monterey / Carmel


Monterey e Carmel ficam localizadas no litoral norte da Califórnia e essa região é conhecida por ter um clima muito chatinho. Costuma fazer frio e sempre tem uma neblina no ar. 

A boa notícia é que não costuma chover muito e de vez em quando rola a sorte de pegar um dia abençoado de sol.


Eu acho que região de praia com frio é meio deprê, então recomendaria visitar a região em meses com temperaturas mais altas, entre maio e setembro, e ainda assim esteja sempre preparado com roupas de frio.

Onde se hospedar em Monterey / Carmel


Monterey e Carmel são cidades vizinhas, separadas por 15km, o que dá uns 10 minutos de carro pela Highway 1. Por isso, do ponto de vista logístico, pode-se hospedar em qualquer uma das duas cidades.

A  diferença de preços entre as duas cidades é considerável. Enquanto que em Monterey é possível encontrar opções de hospedagem com preços justos para apenas um pernoite, em Carmel a hospedagem é muito mais cara.

Monterey é mais cidade e Carmel é mais vilarejo. Escolher qual a melhor opção vai depender basicamente do seu esquema financeiro. As duas cidades vão oferecer uma estrutura turística legal com restaurantes, lojinhas e barzinhos próximos.

Eu fiquei junto da turma que precisava economizar, afinal de contas a viagem ainda estava no começo e ainda tinha muita despesa pela frente! E como era um hotel só pra uma noite, achei melhor investir meus recursos em outra ocasião. 😁

O hotel escolhido em Monterey foi o Super 8 Motel. Estilo motel americano, o hotel era simples mas super funcional pra uma única noite. Ele fica na Freemont St, a rua onde ficam vários motéis do mesmo estilo.

O quarto estava bem limpinho, o espaço na medida certa e era super silencioso. O wi-fi era ultra rápido (milagre!) e tinha uma geladeira no quarto. Ou seja, pra uma noite só, o hotel atendeu muito bem as minhas necessidades.

Para reservar o mesmo hotel, clique aqui.

Para consultar outras opções de hospedagem em Monterey ou Carmel pesquise no Booking. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações. 😉

Booking.com
http://www.booking.com/searchresults.html?city=20014579&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

O que fazer no trecho da Pacific Coast entre San Francisco e Monterey


Como eu já disse no post sobre o roteiro para a roadtrip na Califórnia há algumas formas de começar a Pacific Coast à partir de San Francisco. Eu optei por pegar a estrada em Pacífica, assim já ia curtindo o visual de praia. Mas isso foi uma opção pessoal. Avalie o que melhor se encaixa no seu roteiro.

Outro detalhe a se observar são quais paradas devem ser feitas nesse trajeto. Se você dispor de tempo para conhecer a região com calma, ótimo. Vá em todos os locais que eu vou indicar abaixo. Pra quem tem pouco tempo e vai fazer esse trecho em um dia vai precisar fazer escolhas. Veja o que tem mais a ver com o seu perfil e aproveite a viagem!

Pacifica


É uma cidade pequena, de beira de praia, bem com cara de interior. Não há muito o que se fazer por lá. Só curtir um visual mesmo. Quem quiser mais informações da cidade, vale a pena pesquisar aqui.

Eu fiz uma parada estratégica na cidade porque queria ir no banheiro. 😀 Viagem de carro é assim né? Só no improviso, kkk!

Pacifica

Half Moon Bay


É uma pequena cidade histórica que de tão fofa, parece que saiu de um cenário de filme!

Construções do início do século passado como a igreja e a cadeia pública remetem ao passado da cidade. Hoje o casario antigo da rua principal abriga livrarias e lojinhas de antiguidades. Uma delícia de passeio!

Parece um filme!
Uma das grandes atrações da cidade é o suntuoso Ritz Carlton Half Moon Bay, um hotel que mais parece um castelo à beira-mar. Para visitá-lo não precisa estar hospedado lá.

Ritz Carlton Half Moon Bay / Fonte: booking.com
Por aqui tem praia também, mas não dá pra animar muito porque é frio pra caramba! Mas é aqui na região que rola a lendária onda de Mavericks

Curtir os visuais da estrada


Ainda não chegamos no trecho com os visuais mais "super uau" da Pacific Coast Highway mas por aqui também tem algumas vistas legais.

Espero que você dê mais sorte do que eu com o clima, pois com fog, tudo fica acinzentado.

Alguns visuais da estrada
Quem prefere ir pela freeway??

Pigeon Lighthouse


A parada seguinte é no Pigeon Lighthouse, um farol muito fotogênico e que possui um hostel em suas instalações.

O lugar tem um visual lindo, com mirantes e caminhos cheio de flores. Essa é aquela parada rapidinha que além de render ótimas fotos é estratégica também para dar uma boa esticada nas pernas.

Welcome!
Lindo visual

Vale ou não uma paradinha?

Santa Cruz


Santa Cruz é em sua essência uma cidade de surf. Foi aqui que em 1885 os príncipes havaianos surfaram pela primeira vez nos Estados Unidos e daí pra frente o esporte se transformou no que é hoje.

Por isso a cidade possui inúmeras referências ao esporte, como museu, lojas de surf, altos picos e galera jovem passeando com suas pranchas de um lado pro outro (todos com roupa de neoprene 😂). Quem é apaixonado pelo esporte não pode deixar de conhecer Santa Cruz.

Outra atração famosa da cidade é o parque de diversões, inaugurado em 1907 e que mantém suas características originais até hoje. Tem barraquinha de comida, de jogos, fliperama, tudo bem estilo vintage. Além disso, está de frente pro mar, com um visual bem legal. Programa ideal pra família.

Santa Cruz Boardwalk
A cidade tem um centrinho bacana, várias trilhas e mirantes. Longe da praia tem o Big Basin Red Woods Park, uma floresta de sequoias gigantes.

A parada em Santa Cruz deve consumir uma manhã ou tarde do seu roteiro. Por isso só vale incluir se realmente as atrações daqui te interessarem.

Eu queria muito ter parado em Santa Cruz, só que como perdi a hora pra sair de San Francisco, acabei ficando sem tempo. Foi um dos meus maiores arrependimentos nessa viagem. Mas faz parte..

Monterey


Finalmente chegamos no destino do dia: Monterey!

Se você já estiver com o hotel reservado em Monterey, a minha recomendação é ir logo deixar a mala lá. Já dizia Jorge Ben Jor: prudência, dinheiro bolso e canja de galinha não faz mal a ninguém!

Com a questão do hotel e mala resolvidos, vá para a Cannery Row, o point turístico na cidade. Essa área foi no passado ocupada por diversas fábricas de sardinha em lata. Com o tempo a sardinha sumiu, o local foi abandonado e anos depois restaurado como ponto turístico.

Aqui além de vários restaurantes, lojinhas e afins, fica localizada a atração mais famosa da cidade e uma das maiores da Califórnia: o Aquário de Monterey (já vou falar dele).

Centrinho turístico de Monterey
Seu hotel não é em Monterey? Não tem problema! Procure um dos estacionamentos da região e tenha o cuidado de não deixar nada à mostra dentro do carro.

Aquário de Monterey


O Aquário de Monterey é um dos maiores e mais conhecidos aquários de água salgada do mundo. Até quem não é muito fã de aquários vai se encantar por aqui.

Além de peixes, tubarões e arraias que se vê em qualquer outro aquário, o mais legal daqui é a ala dos invertebrados, onde as águas-vivas dão um verdadeiro show!

Sardinhas enlouquecidas..
O ingresso do aquário é salgadinho feito água do mar. Mas acredite, vale o show. Confira valores atualizados no site oficial.

Reserve de uma hora e meia a duas horas para este passeio.

Peixinhos bonitinhos
Outros nem tanto..

As estrelas da casa
De todos os tamanhos e formatos

17 Mile Drive


Depois da visita ao aquário a boa é percorrer a 17 Mile Drive, estrada que passa por dentro do condomínio Pebble Beach. Mas recomendo não menosprezar a Ocean View Blvd, a rua que começa logo após o aquário e vai percorrendo o litoral de Monterey até chegar na entrada do condomínio.

Eu achei essa parte de Monterey muito legal também. Pena que o tempo não ajudou nada nesse dia.

Praia em Monterey
Ainda em Monterey
A 17 Mile Drive começa no Pacific Grove Gate, que é a entrada do condomínio em Monterey. O ingresso custa $10 por carro e o guardinha entrega um mapa ilustrado com as principais atrações do caminho.

Daí é só relaxar e apreciar a paisagem. A velocidade média do carro não passa dos 20km/h e não se preocupe com quem vem atrás, pois tá todo mundo na mesma, passeando.

Praia em Pebble Beach
Bird Rock
Ciprestes que dão uma ar meio sombrio à estrada, ainda mais com tempo nublado!
The Lonely Cypress

Carmel


Carmel By the Sea, ou simplesmente Carmel, é uma cidadezinha pequena e super simpática.

Dá pra estacionar o carro e dar uma passeada pelo centrinho da cidade que conta com várias lojinhas, galerias de arte, cafés e restaurantes. Tudo numa pegada mais original e provinciano (nada de super redes americanas por aqui).

A praia de Carmel é fria, mas é linda! Areia branca e fininha e um mar super clarinho. Aqui também é um ótimo lugar para apreciar o pôr do sol (quando ele aparece né?)

Carmel Beach
Frio anti-social
Não dei muita sorte com o tempo. Depois de passar o dia inteiro nublado, quando cheguei em Carmel começou a cair uma chuva fina e fazer um baita frio. Nem animei descer do carro. 😔

Dicas Gerais


Programação é a chave para o sucesso dessa viagem. Apesar de parecer uma delícia a ideia de sair sem rumo e ir descobrindo lugares novos, pra quem tem tempo contado, precisa ter em mente o que quer fazer em cada dia pra não se atrapalhar.

Em Santa Cruz o trânsito costuma ser pesado e perde-se um pouco de tempo. Entre Santa Cruz e Monterey uma parte da estrada é freeway e vai pelo interior. A viagem é mais rápida mas também fica um pouco sem graça.

Outros programas em Monterey: passeio de barco para avistar baleias, aluguel de bike, o Monterey State Historic Park (Monterey já foi capital da Califórnia), o Fisherman's Wharf e os milhares de leões-marinhos do Costal Guard Pier.

Sobre as malas, minha intenção não é deixar ninguém paranoico. Mas podendo, prefira deixar malas no hotel e quando não for possível, não deixe nada à mostra. A oportunidade faz o ladrão em qualquer lugar. Tenho amigos que tiveram as malas roubadas numa viagem como essa e passaram o maior aperto.



Nenhum comentário

Postar um comentário