in

Dicas de viagem para a Praia de Pipa, no Rio Grande do Norte

- - Nenhum comentário
Pipa é um dos destinos mais legais do Nordeste!
A Praia de Pipa era uma antiga e pacata vila de pescadores que depois de descoberta pelos surfistas tornou-se um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Norte. 

Já fazia um tempão que eu tinha vontade de conhecer esse lugar e apesar de ouvir de várias pessoas que já tinham visitado Pipa, de que era um lugar sem graça, o meu faro de viajante dizia que não, que ali tinha um algo a mais pra ser descoberto. E o que eu achei lá? Posso dizer que conheci um dos destinos mais bacanas do nordeste brasileiro.

A minha viagem


A época escolhida pra viagem não foi por acaso, já que o mês de setembro está na temporada de vento do nordeste e o maridão também aproveitou pra levar o kite pra passear. Assim, todos ficaram felizes! Montei base em Pipa por 3 dias e com isso, pude explorar com mais calma a pontinha sul do litoral do Rio Grande do Norte.

Estando lá tive a certeza de ter feito a escolha certa em me hospedar em Pipa ao invés do passeio de um dia à partir de Natal. A cidade é uma graça, as praias são top e tem aquele centrinho bacaninha pra gente dar um rolê no fim do dia. Férias mais que perfeitas!

Como chegar em Pipa


Pipa fica a 80 km de Natal, no litoral sul do estado. Dá pra chegar de todo jeito: de carro, de ônibus, de van alternativa, de táxi etc.

Entre Natal e Pipa
Aluguei um carro no aeroporto de Natal e segui direto pra Pipa. O caminho principal é pela BR-101, que passa por dentro de cidadezinhas e nem sempre o asfalto e a sinalização são bons. Mas eu fiz esse trajeto com o Waze e não tive dificuldades.

Melhor época para visitar a Praia de Pipa


O nordeste brasileiro tem basicamente duas estações: a seca e a de chuvas e em Pipa e região a coisa funciona desse jeito também. Vai fazer calor o ano todo mas podendo evitar a época de chuvas é melhor pois destino de praia com chuva é sempre chato.


Eu fui no mês de setembro e a previsão foi cumprida: muito sol e calor todos os dias. Algumas vezes o tempo até ameaçava fechar e parecia que ia cair uma chuva daquelas. Daí passavam 15 minutos e o céu abria de novo.

Pipa, assim como toda cidade de veraneio, costuma encher muito nas férias e feriadões, por isso se a sua intenção é curtir o lugar com tranquilidade, evite essas datas.

Onde se hospedar na Praia de Pipa


Pipa conta uma enorme opção de hospedagem, para todos os tipos de bolso e gosto. Em relação à localização acho que a melhor opção é ficar próximo da rua principal numa distância que dê pra ir à pé à noite mas distante o suficiente pra não ouvir o barulho.

Como a minha proposta nessa viagem era ficar em pousadas mais simples pois o esquema era passar o dia na praia e usar a pousada só pra dormir, procurei por uma opção simples mas que oferecesse um confortinho básico de ar, internet e estacionamento. Daí encontrei a Pousada Pomar da Pipa e felizmente minha escolha foi super acertada!

A pousada é pequena, simples e com quartos confortáveis com vista para um jardim muito bem cuidado. A localização é muito boa pois está a cinco minutos de caminhada da rua principal, perto do burburinho mas distante o suficiente pra manter o silêncio à noite.

O atendimento também fez toda a diferença. Os donos da pousada foram super gentis, atenciosos e estavam sempre prontos pra dar ótimas indicações de passeios, restaurantes ou qualquer outra ajuda que se fizesse necessária. Enfim, saí de Pipa com a certeza de ter feito uma boa escolha.

Para buscar outras opções de hospedagem em Pipa, pesquise no Booking. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😉

Booking.com

O que fazer em Pipa


Bem, Pipa é destino de praia e como tal o esquema aqui é passar o dia curtindo o mar. As praias da cidade são ótimas mas também vale conhecer as praias de outras cidades da região. 

O principal aqui é ficar atento à tábua de marés pois visitar as praias na maré baixa faz TODA a diferença. Tem praia inclusive, que só dá pra acessar na maré baixa então não dê bobeira e programe seus passeios de acordo com os horários das marés.

Praias de Pipa

Tibau do Sul


Tibau do Sul é a sede do município e Pipa, que fica a 7km, é o distrito que acabou ficando mais famoso do que a própria sede. Tem um jeitão de cidade do interior e não é tão turística quanto a vizinha famosa, mas tem lá o seu charme.

Seguindo a cidade até o final, encontra-se uma praia conhecida como Praia da Barra, onde fica o encontro do mar e a saída da Lagoa dos Guaraíras. Ali, além de alguns quiosques, fica também o ponto da balsa que faz a travessia de carros 4x4 e buggys que vem ou vão pra Natal pela praia. Daqui também partem os barcos que fazem passeio por dentro da Lagoa dos Guaraíras.

A simpática Praia da Barra com a balsa lá no fundo
A vista do lado de lá
O legal dessa praia é que quando a maré enche e a água começa a passar as pedras, forma-se um "rio" perfeito pra ficar de molho. Visitei essa praia em dia de semana, numa sexta-feira, então não estava muito cheia e também era uma das poucas que estava protegida do vento nesse dia.

Praia de Cacimbinhas


A Praia de Cacimbinhas fica entre Pipa e Tibau. Tem acesso por trilha que começam no alto das falésias ou à pé pela praia caminhando a partir da Praia do Madeiro. É bem extensa e fica numa enseada bem aberta, com isso o vento costuma ser bem forte e o ambiente bem hostil (vento e areia na cara), tanto que não há um vendedor se quer. Acho que só deve ser bom pra kitesurfista mesmo.. (sempre eles, antissociais.. hahaha).

Praia de Cacimbinhas

Praia do Madeiro


A Praia do Madeiro é sem dúvida uma das praias mais bonitas e bacanas de Pipa. O acesso se dá por uma escadaria que começa no alto da falésia ou caminhando a pé a partir da Baía dos Golfinhos. Essa é uma praia que pode ser visitada em qualquer maré.

É bem extensa e possui vários quiosques em sua extensão. No canto direito tem um trecho bem tranquilo e sem quiosques e o melhor, abrigado do vento.

Praia do Madeiro
O visual da praia por si só já é lindo pois as falésias possuem uma densa vegetação. Mas não bastasse toda essa beleza natural, golfinhos costumam dar suas voltinhas na beira d'água. Quando eu fui, vi várias vezes e confesso que fiquei encantada.

Baía dos Golfinhos


Bem, o nome dessa praia não precisa de muita explicação, não é? Aqui é o habitat natural de vários golfinhos e é normal eles aparecerem na beira do mar pra comer uns peixinhos e fazer umas graças. Foi uma das experiências mais legais que já vivi.

Essa é uma praia que só dá pra ser visitada na maré baixa, pois não há acesso pelas falésias, somente a pé a partir da Praia do Madeiro ou da Praia do Centro. Quando a maré sobe, o mar bate na falésia e por isso não tem como passar.

Caminho até a Baía dos Golfinhos
A praia em si é muito bonita, pois é uma baía com águas calmas, sem construções e protegida do vento. Possui alguns poucos vendedores que alugam espreguiçadeiras, caiaques e pranchas de SUP.

Baía dos Golfinhos
Pra ver os golfinhos aqui bastar estar na praia, eles aparecem sempre. Eu aluguei uma prancha de SUP por uma hora e super valeu a pena pois vi vários golfinhos bem de perto.

Praia do Centro


Essa é a praia menos favorecida de Pipa. Por estar localizada bem no centro da vila, é muito movimentada, cheia de quiosques, construções e embarcações na beira do mar.

Praia do Centro

Praia do Amor


É a praia mais famosa de Pipa, não só pelo formato de coração que pode ser visto do alto do Chapadão, mas também pelas suas ondas e a galera do surf que bate ponto aqui.

Praia do Amor
É uma praia bem extensa e o acesso se dá por uma escadaria que começa no alto da falésia. No ponto de descida ficam alguns quiosques bem movimentados, mas pra quem curte sossego basta caminhar para o lado direito, onde a praia fica super tranquila com pouquíssimas pessoas. Na maré baixa, as pedras formam várias piscinas naturais.

Vista de cima do Chapadão

Praia das Minas e Sibaúma


A Praia das Minas é bem parecida com Cacimbinhas, é deserta, bate vento forte e tem um ambiente meio hostil. Isso quer dizer que a galera do kite faz a festa aqui.

Praia das Minas
Há uma estrada de terra que segue por cima das falésias, que além de ter um visual incrível, possui vários pontos de descida para a praia. Apesar de ser uma estrada de terra, dá pra percorrer de carro comum tranquilamente.

Ao final dessa estrada, chega-se a Sibaúma, que é um pequeno vilarejo de pescadores, onde é possível atravessar com o carro de balsa até o outro lado do rio e com isso seguir viagem até Barra do Cunhaú. Só esse caminho por cima das falésias terminando com a balsa já vale o passeio, pode apostar!

Balsa em Sibaúma

Barra do Cunhaú


Barra do Cunhaú é um vilarejo um pouco "grandinho" já e é onde fica localizado o encontro do Rio Curimataú com o mar. O lugar por si só já é lindo mas ainda tem o plus de possuir as condições ideais para a prática do kitesurf.

Uma criança feliz
Só não recomendo muito a praia da cidade, que fica do lado do rio e do ponto da balsa. Rola um monte de quiosques com música super alta pra todos os lados.

Aprecie com moderação

Baía Formosa


Minha passagem por Baía Formosa foi bem rápida. Na verdade, essa praia nem estava no roteiro mas como já estava em Barra do Cunhaú, resolvi esticar até lá pra curtir o fim de tarde.

O caminho à partir de Barra do Cunhaú por si só já vale a aventura. Depois de atravessar a balsa, seguimos por uma estrada de terra dentro da Fazenda Estrela e que corta um enorme coqueiral. O percurso é tranquilo de ser feito em carro comum e no final, na porteira principal da fazenda, é cobrada uma "taxa de passagem" pelo uso da estrada particular. Quem quiser um caminho menos emocionante, dá pra chegar através de estrada de asfalto também.

Baía Formosa é uma vila de pescadores ainda pouquíssimo explorada. A praia principal é a da Cacimba, cheia de casas em volta e com bastante movimento dos moradores locais.

Praia da Cacimba em Baía Formosa
Avistei duas praias que me pareceram muito interessantes mas eu não tinha muito tempo até o sol se por. A primeira é a Praia de Bacupari, com poucas construções e que tem um Morro do Careca versão reduzida no final dela.

Tem um morro quase careca ali
A outra praia é a Baía dos Golfinhos (eles são muito criativos pra nomear as praias, não?) onde fica o porto e a colônia de pescadores. No trecho dentro da cidade a praia não é muito boa, mas caminhando para a esquerda, vi uma praia deserta com falésias douradas que eu fiquei encantada. Pena que fui com pouco tempo pra explorar Baía Formosa..

Que baía mais formosa!

Pôr do Sol em Pipa


A posição geográfica de Pipa não favorece o pôr do sol, já que o lado poente fica exatamente oposto ao mar, do lado do continente.

Mas tem um lugar em Tibau do Sul que é visita obrigatória pra curtir o melhor pôr do sol da região: a Creperia Marinas. Fica localizada dentro do hotel de mesmo nome e é construída sobre palafitas na Lagoa dos Guaraíras.

Creperia Marinas
O lugar é bem legal e serve além de crepes, tapiocas e camarões. Tem um ambiente super bacana e na hora exata que o sol vai se por, o pessoal da casa coloca música clássica pra tocar. Vale muito a pena dar uma conferida.

Melhor pôr do sol de Pipa!

Onde comer em Pipa


Eu não costumo dar dicas de restaurantes pois acho que comida é um gosto muito pessoal. Mas como durante toda a minha viagem pelo Rio Grande do Norte tive um pouco de dificuldade de encontrar lugares com boa comida e preços honestos (me senti enganada em diversas ocasiões) não podia deixar de dar uma dica preciosa.

Em Pipa é possível encontrar todo o tipo de restaurantes (e pegadinhas), porém um é especial e vale muito a pena dar um conferida: Restaurante Quintal. Com um ambiente super agradável, um ótimo atendimento, cardápio bem bacaninha e honesto, o restaurante virou minha parada obrigatória em Pipa.

Dicas Gerais


Já falei e vou repetir. Pipa é um lugar tão legal que acho que não é destino pra bate-volta e sim pra passar uns dias.

Em Pipa não há agências bancárias, e nem banco 24 horas, há apenas um caixa eletrônico do Bradesco e da Caixa. Nem todos os estabelecimentos aceitam cartões, portanto não arrisque e leve dinheiro em espécie.

A eletricidade é 220v. Leve carregadores bivolt.

Sinal de celular costuma ser ruim. A Vivo e a Claro tem o melhor sinal nessa região.


Nenhum comentário

Postar um comentário