in

Onde se hospedar em Amsterdam

- - Nenhum comentário
Parece tudo igual, mas não é

Decidir onde se hospedar em Amsterdam nem sempre é missão fácil. O mais comum é ficar na dúvida sobre qual seria a melhor região da cidade para se hospedar, soma-se a isso o valor das hospedagens que costumam ser caríssimas! E na hora H sempre rola aquela tentação de escolher o hotel pelo preço, deixando um pouco de lado a localização.

Eu já fui à Amsterdam cinco vezes 🙈 então acho que já adquiri um pouquinho de propriedade pra falar do assunto.

Aqui a regra número um para o sucesso (aquele amado bom custo x benefício) é a antecedência. Em Amsterdam espere encontrar uma das hospedagens mais caras da Europa e pra complicar mais ainda, é uma cidade muito turística, as melhores opções de hospedagem estão sempre lotadas. Pra quem deixa para fazer a reserva em cima da hora corre o sério risco de só encontrar cacareco caro ou hotéis até bons mas muito caros.

A boa notícia é que a cidade conta com uma rede de transporte público super eficiente, o que torna os deslocamentos muito mais fáceis caso a localização não seja das melhores. Então se o orçamento for curto e não tiver opção de ficar nos lugares mais tops, não desanime. Em Amsterdam a gente dá jeito pra tudo! 😆

Uma tática que eu sempre uso e recomendo é pesquisar pelo mapa. Dê uma olhada no mapa da cidade e procure entender um pouco (o básico) de sua geografia e trace distâncias dos hotéis pretendidos até as atrações que deseja conhecer. Isso ajuda a "clarear as ideias".

Ah, nunca é demais lembrar né? 👇👇👇

http://www.booking.com/searchresults.html?city=-2140479&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

Centrão

A região do centro de Amsterdam é o bairro mais antigo, onde a cidade começou há muitos anos atrás (e bota anos nisso, viu?).

O legal de se hospedar no centrão é a facilidade de locomoção, tanto a pé, pois várias atrações da cidade ficam nessa região (Praça Dam e Red Light por exemplo), como em todos os meios de transporte possíveis que passam por ali (tram, ônibus, trem, metrô e por aí vai). Além disso, fica bem próximo da Centraal Station, o que facilita os deslocamentos pra fora da cidade também.

 Dam Square

Outra vantagem do centrão é a facilidade de ter tudo a poucos passos: restaurantes, lojas, supermercados, bancos, enfim, tudo o que for preciso.

Mas nem tudo são flores. Por ser a região mais turística da cidade é sempre muito movimentado (o que pode ser bom ou ruim, depende). Além disso, nem sempre os hotéis são muito honestos (pode se pagar caro pra ficar numa espelunca).

Na minha primeira visita à cidade eu fiquei no centrão e gostei muito. Principalmente quando cansava de bater perna e dava aquela passada estratégica no hotel pra esticar as perninhas 😆.

Eu fiquei no Hotel Pax. A localização era perfeita: entre o Jordaan e o Centro. É bem estilo holandesão mesmo com aquelas escadas em 90° que dá uma canseira boa pra subir com as malas. O staff era bem atencioso, me deram várias dicas de lugares pra ir nas redondezas e me pareceu ser um lugar bem seguro.

O quarto era muito pequeno (estilo entra de frente e sai de ré) mas pelo menos o banheiro era só meu, porque pra mim não rola banheiro compartilhado, e estava tudo limpinho. Não rolou nenhuma surpresa desagradável e tudo correu bem! O preço era aceitável, nada tão extorsivo pra quem deixou pra fazer a reserva na última hora 🙈.

Pra minha primeira viagem eu achei ótimo estar hospedada ali próximo do centro da Amsterdam. Do aeroporto até o hotel peguei o trem mais um táxi por 10€ (missão fácil pra marinheiro de primeira viagem). Em cinco minutinhos de caminhada estava na Praça Dam, dez minutos Red Light, Jordaan e por aí vai.

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do Centro de Amsterdam, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok? 

Jordaan

É um bairro super charmoso de Amsterdam. Lá você vai encontrar ruas e canais lindos, lojas, bares e restaurantes descolados. A casa da Anne Frank fica lá. É um lugar super bacana para se hospedar.

 Pelas ruas do Jordaan

Além da "bacanice" do bairro, ele é uma boa opção pois está bem próximo do centro e de toda a infra de transportes. 

Porém tem um pequeno probleminha no Jordaan: o preço, sempre nas alturas! Se orçamento não é o seu problema, amém 🙌. Mas se ele estiver curto, só com sorte (e antecedência) vai conseguir algo com preço honesto por lá.

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do Jordaan, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok?  

Oud-West

Na tradução literal do Google, o "velho-oeste" de Amsterdam faz divisa entre o Jordaan e o Vondelpark.

É uma região muito bacana, com bastante comércio e transporte, próximo de atrações como o Vondelpark, que é uma ótima pedida pra alugar uma bicicleta dar um rolê no maior estilo holandês (eu já fui e conto aqui a minha experiência). E tem também a Leidseplein, uma praça que é repleta de bares e restaurantes.

Já tive oportunidade de me hospedar aqui também. Aliás, foi a minha melhor experiência de hospedagem em Amsterdam até hoje: um apartamento! Sim, me sentir "moradora" mesmo que por alguns poucos dias foi maravilhoso. Sala, quarto e aquela varandinha holandesa com flores! 😍

O apartamento se chama Colourful Bed and Breakfast. Os seus proprietários moram no mesmo prédio e cuidam de tudo com muito capricho. São um casal mega gente boa que te recebe de braços abertos e passam todo o tipo de informação necessária.

O apartamento em si é uma graça, todo decorado com detalhes bem coloridos, mas de super bom gosto. É espaçoso, possui uma pequena cozinha (quem quiser pode até economizar nas refeições) e todo dia tem pão fresquinho na porta. Mais amor, impossível! Tem a varandinha charmosa virada pra rua com mesa e cadeiras pra relaxar.

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do Oud-West, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok?  

Oud-Zuid: Museum Quartier 

O "velho sul" de Amsterdam é uma região bem compridona que pega umas áreas interessantes da cidade. O bairro chamado de Museum Quartier é um bairro super nobre onde as ruas são lindas, os prédios são chiques e os restaurantes bacanudos.

Mas toda esse chiqueza tem seu preço né? As hospedagens daqui costumam ser mais caras, prepare o bolso!

A localização do bairro é ótima pois alguns dos principais museus da cidade ficam aqui: o Van Gogh e o Rijksmuseum. A praça dos museus é ponto de parada obrigatória pois é lá que fica o mais disputado dos painéis I Amsterdam (tem mais um no aeroporto e outro no norte de Amsterdam). O Vondelpark também fica aqui.

 Vazio assim, só de noite!

Se um hotel por essas bandas couber no seu orçamento, eu super recomendo a estadia por aqui. Tem muita coisa bacana nessa área da cidade.

Também me hospedei nessa região, em uma vez que perdi o voo pra Amsterdam (e consequentemente a minha reserva de hotel também). Com esse rolo tive que reservar outro hotel na hora (achei que ia falir). Por sorte, havia um lugar com preço ótimo na P.C. Hooftstraat, uma rua chiquérrima do bairro que possui filiais de todas as grifes mais tops do mundo (tipo uma Oscar Freire).

O hotel que fiquei se chama Boutique Hotel Maxime. Ele é desses hotéis pequenos mas super estilosos. Era todo moderninho e tinha até elevador, um luxo para os padrões holandeses! O quarto, apesar de não ser muito grande, era todo claro, bem iluminado e cama bem confortável. Gostei bastante!

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do Museum Quartier, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok?  

Oud-Zuid: De Pijp

Outro bairro legal em Amsterdam. Lá é uma região mais boêmia e tem vários barzinhos com mesas nas ruas. A galera que mora / frequenta a região costuma ser bem animada!

Nesse bairro também ficam outras atrações bacanas da cidade como o mercado de rua Albert Cuypmarkt e a famosíssima Heineken Experience.

O sempre bombado Albert Cuypmarkt

Pra te surpreender, nunca me hospedei nesse bairro, rá! 😆 Mas não vejo problema nenhum em ficar lá pois como disse tem várias atrações próximas e com boas opções de transporte.

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do De Pijp, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok?  

Aeroporto

Pra quem está na dúvida se vale a pena se hospedar próximo do aeroporto, posso contar minha experiência pois já fiquei lá duas vezes.

A região do aeroporto é um bairro bem tranquilo que mistura algumas poucas casas, com hotéis e vários galpões de empresas que prestam serviços ao aeroporto. Por mais que pareça estranho, não é. Pelo contrário, é Amsterdam e continua sendo lindo de todo jeito.

Porém não há qualquer comércio na região. Quem se hospeda ali está a cinco minutos do aeroporto mas isolado de todo o resto da cidade. 

Nas duas oportunidades minha experiência foi super positiva por alguns pontos. Primeiro, eu já conhecia bem a cidade, então não precisei ficar na missão turismo de ir até o centro. Segundo, foi em uma dessas vezes que visitei o Keukenhof e o ônibus até o parque sai justamente do aeroporto. Logo, estar perto dele foi providencial.

Outro fator pro sucesso da empreitada foi ter ficado hospedada no Ibis Schipol Amsterdam Airport. Além de transfer gratuito de/para aeroporto, bem pertinho dele, a uma curta caminhada, tem um ponto de ônibus por onde passa a linha 197, que para na Leidseplein (dá uns 25 minutos). Isso é um super facilitador pra chegar até o burburinho da cidade sem muito trabalho.

 Olha que lindinho o Ibis na primavera!

O quarto do Ibis dispensa apresentações. É tipo Big Mac, é igual em todo lugar. Os atendentes são super solícitos e no hotel tem restaurante, lojinha de souvenir e várias máquinas de lanches e bebidas expressas. 

Para a minha proposta de viagem, ficar perto do aeroporto deu super certo. Por isso, se optar ficar hospedado nessa região da cidade, vá com um bom esquema e com a expectativa na medida certa para não se decepcionar.

Para pesquisar outras opções de hospedagem na região do aeroporto, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok?  

Bem, é isso pessoal. Espero com esse post poder ter ajudado a clarear as ideias para quando for pesquisar sua hospedagem numa das cidades mais bacanas da Europa. Se pintar alguma dúvida, não hesite perguntar,

Para pesquisar outras opções de hotel na cidade, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😉

http://www.booking.com/searchresults.html?city=-2140479&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1



Nenhum comentário

Postar um comentário