in

Dicas de viagem para Niterói

- - Nenhum comentário
Uma janela pro Rio
Hoje vou falar da minha cidade: Niterói. Tá ok, eu sei que Niterói não é por assim dizer, um destino muito turístico.. Mas se um dia você tiver que visitar um parente distante na cidade, vai saber o que tem pra ver e fazer por aqui

Existe uma piadinha interna aqui no Rio, que diz que o melhor de Niterói é a vista pro Rio. Bem, eu não tenho problemas em assumir que a vista de Niterói para o Rio é realmente muito bonita e que para nós que vivemos aqui é um grande privilégio conviver com isso. Mas nem só da vista pro Rio vive Niterói e vou tentar mostrar um pouco disso aqui no blog.

Niterói fica ao lado do Rio e por muitos anos foi considerada apenas uma cidade-dormitório. Mas de alguns anos pra cá, a cidade cresceu bastante e cada vez mais vai criando sua identidade própria.

Como chegar em Niterói


Saindo do Rio, o acesso à Niterói é feito de carro ou de ônibus, atravessando os 13km da ponte Rio-Niterói.

Outra opção super bacana (pra quem nunca foi) é atravessar a Baía de Guanabara de barca. O embarque é feito na Praça XV e tarifas e horários podem ser consultados aqui. Se conseguir, dê preferência para o embarque nas chamadas "barcas tradicionais". Além de serem mais charmosas, são abertas e arejadas e vão te proporcionar uma travessia mais agradável. A "barca nova" é apenas cinco minutos mais rápida que a velha e sem graça nenhuma.

Como se locomover em Niterói


Niterói não conta com metrô, trem, nada disso.. só ônibus e carros, muitos carros. Quase todos os pontos de interesse podem ser acessados de transporte público, mas um carro facilitaria demais a sua vida aqui.



O trânsito costuma ser meio caótico e sem critério (engarrafa qualquer dia, qualquer hora). Reflexos de uma cidade que cresceu muito sem planejamento (coisas do Brasil). Pra cada atração vou colocar o número do respectivo ônibus, caso alguém se aventure.

Niterói é basicamente dividida em duas grandes regiões. A parte de "baixo" (como a gente chama aqui) que engloba dentre outros bairros, o Centro e as praias da Baía de Guanabara: Icaraí, São Francisco, Charitas e Jurujuba. A parte de "cima", que é a Região Oceânica, engloba entre outros bairros, as praias banhadas pelo oceano. São elas: Piratininga, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara.

Vou começar falando das atrações daqui de "baixo", a região mais central de Nikiti.

Niterói de Baixo

Onde se hospedar em Niterói


Você vem pra Niterói e não vai ficar na casa da sua tia? Não se preocupe! Niterói tem excelentes opções de hospedagem.

Para pesquisar opções de hospedagem na cidade clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok? 😉

http://www.booking.com/searchresults.html?city=-657134&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

O que fazer em Niterói


MAC - Museu de Arte Contemporânea


Também conhecido como "disco-voador", é o maior cartão-postal de Niterói. O projeto é do Oscar Niemeyer e o danado estava muito inspirado quando o fez. A vista é linda e o formato do museu combina perfeitamente com o visual. Sempre tem uma exposição de arte por lá, mas muita gente vai por causa da vista mesmo.

O mestre Niemeyer
O ingresso custa R$10 e o museu pode ser visitado em 15 minutos se você não for nenhum expert em arte contemporânea, pois ele é minúsculo! A graça aqui não tem jeito, é a vista..

Eis o museu..
E sua atração principal
Dentro dele tem um bistrô que você pode tomar café da manhã ou mesmo almoçar curtindo o visual.

Uma boa pedida é fazer uma caminhada pela orla urbana de Niterói, que vai do bairro da Boa Viagem até Icaraí passando pelo MAC.

Ilha da Boa Viagem
Olha o MAC
Ângulos incríveis do Rio
Não é?
Para maiores informações sobre o MAC, visite o site aqui. O ônibus que te leva até lá é o 47B (não esqueça desse "B", faz toda diferença).

Praia das Flechas e Icaraí


A partir do MAC, continue a caminhada em direção à Icaraí. Aqui as praias não são próprias para o banho pois são praias de baía (você poderá ver gente na água, mas não se engane, eles são loucos mesmo).

Praia das Flechas e Icaraí ao fundo
Aqui o que você vai curtir é a visto pro Rio (lembra da piadinha?). Ah, tem também um grande calçadão bom pra fazer caminhada e praticar esportes.

Ônibus: 53, 49, 46, 17, 32 e 33

Praia de São Francisco e Charitas


É a continuação da orla urbana de Niterói. Também praia de baía, não dá pra tomar banho. Aqui rolam vários barzinhos e restaurantes e é um passeio agradável pra fim de tarde/noite.

Fim de tarde em São Francisco
Em Charitas, tem alguns restaurantes também, mas não recomendo muito o passeio por lá. Na praia tem um monte de quiosque e no final de semana fica lotado (isso não é nem um pouco legal) e tem uma favela no final dela, então pra quem não conhece, pode ser perigoso. Fique por São Francisco mesmo que já está ótimo.

Ônibus: 17, 32 e 33

Praia de Jurujuba


Aqui não é exatamente uma praia pra curtir o mar, mas sim uma comunidade de pescadores de Niterói que eu acho uma simpatia só. Tem alguns restaurantes cuja especialidade é frutos do mar, claro. Uma boa pedida é curtir um almoço de domingo por lá.

Praia de Jurujuba
Ônibus: 33

Praia de Adão e Eva


São duas pequenas praias bem simpáticas na saída da Baía de Guanabara. Neste dia da foto, a água estava bem clarinha e tinham muitas pessoas tomando banho. Eu ficaria com receio, mas se tiver sorte e coragem, vai lá.

Adão ou Eva? Nunca sei..
Ônibus: 33

Fortaleza de Santa Cruz


É o segundo lugar mais visitado de Niterói (o primeiro é o MAC). É uma fortaleza do Exército que fica exatamente na entrada da Baía de Guanabara. Por causa da localização estratégica, a vista pro Rio nesse ponto é linda.

De cara pro Rio
O caminho de ida até a Fortaleza já dá uma pequena amostra do que está por vir. Uma bela vista do Rio e a estradinha em que só passa um carro de vez. O Exército controla a entrada e o trânsito.

Dirigindo e batendo foto.. tsc, tsc..
As visitas guiadas acontecem de hora em hora e levam em média uma hora. A entrada, quando eu fui, custou R$6 (e eu só fui por causa do blog, bem coisa de morador mesmo).

Na entrada o guia-soldado orientando o grupo
Canhões apontados para os invasores
Uma janelinha pro Rio
Salão dos canhões
Aproveite um belo dia de sol para tirar muitas fotos.

Ônibus: 33

Parque da Cidade


É um dos mirantes mais bonitos do Rio de Janeiro, sem exagero nenhum. Fica no alto do Morro da Viração e seu acesso é feito por uma estradinha, bem sinuosa que começa no bairro de São Francisco. De lá você terá uma vista privilegiada de todo o Rio de Janeiro, Niterói, Ponte, Baía.. ou seja, dá pra ver tudo lá de cima! Excelente pedida para um pôr do sol inesquecível.

Galera em peso vem curtir o pôr do sol
Tem também duas rampas de voo livre, uma virada pro Rio e outra pra Região Oceânica de Niterói. Se tiver sorte de pegar as condições ideais e coragem, poderá fazer um salto de lá. Eu nunca voei (tenho medinho).

Vista da Região Oceânica
Vale o show..
Só dá pra chegar de carro ou caminhando.

Agora vou falar das atrações "lá de cima", da Região Oceânica de Nikiti.

Niterói de Cima

Praia de Piratininga


É a primeira das praias oceânicas de Niterói e por ser logo após a saída da Baía de Guanabara, dependendo das condições do mar, o banho pode ficar comprometido. A localização da praia garante uma vista interessante pro Rio.

Mirante de Piratininga
Meio da praia
No final do canto direito fica a Prainha de Piratininga que é uma graça, mas pra conhecê-la recomendo evitar os finais de semana, já que existe um ponto final de ônibus bem na frente, ou seja, fica muito cheia e a frequência não é das melhores.

Prainha de Piratininga
Em dia de semana é uma tranquilidade só
Ônibus: 39

Praia de Camboinhas


É a praia mais "família" de Niterói. É bem extensa e suas águas costumam ser calmas. Em alguns pontos possui quiosques de praia e por isso a lotação pode ser um pouco maior.

Tem um calçadão bacana pra fazer caminhada e a vista pro Rio também é legal. No verão costuma ficar bem cheia e tem um pôr do sol incrível.

Camboinhas
No canto direito de Camboinhas fica uma das praias mais bonitas de Nikiti, a Praia do Sossego. É uma pequena praia, que tem acesso por uma trilha curta. Em dias de semana é essa tranquilidade aí da foto. Nos finais de semana, o movimento costuma ser maior.

Praia do Sossego
Em Camboinhas não é permitida a entrada de ônibus. O 39 é o ônibus que passa na entrada do bairro e até a praia é uma boa caminhada.

Praia de Itaipu


Na Praia de Itaipu fica uma simpática comunidade de pescadores locais. Na verdade, a praia em si é a continuação da Praia de Camboinhas, que são separadas por um canal (que costuma despejar coisas impublicáveis no mar).

Possui muitos quiosques de praia e é também ponto final de linha de ônibus, então nos finais de semana a praia fica lotada e a frequência não é das melhores.

Praia de Itaipu
Ônibus: 38

Praia de Itacoatiara


Itacoá para os íntimos, é a minha praia preferida em Niterói. Tanto é, que escrevi um outro post com mais fotos e detalhes - Dicas para Itacoatiara - a melhor praia de Niterói.

A praia costuma ser o reduto da galera jovem de Nikiti e possui visual e identidade próprios, aqui nada de vista pro Rio.

Itacoatiara
Prainha de Itacoatiara
Ônibus: 38 (não entra em Itacoá, para do lado de fora do bairro e é preciso caminhar até a praia).

Onde comer em Niterói


Eu não curto muito dar dicas de restaurantes, acho comida um gosto muito pessoal.. Mas eu não poderia deixar de falar do Seu Antônio pois quem chega lá não acredita no que vê. E realmente é engraçado..

É um restaurante no meio do nada que vive lotado. E é tão cheio, que o dono acabou abrindo na frente o Bar da Fila, que serve petiscos e chopp super gelado enquanto você espera sua vez no restaurante (em dias tranquilos a espera costuma ser de uma hora).

A especialidade é comida portuguesa (Seu Antônio é português, ora pois) mas no cardápio tem de tudo: frutos do mar, carne, frango.. E tudo é feito com perfeição. Pra melhorar, o preço cobrado nos pratos é super honesto (ainda existe isso!). Destaque para os bolinhos de bacalhau, caldinho de feijão, camarão no côco verde, arroz de polvo.. huuum, tudo lá é bom demais!

No meu mapa de Niterói ainda faço outras indicações pra quem estiver perdido por aqui e com fome. Tem o melhor japonês da cidade, que é o Gendai, a melhor padaria, que é a Beira-Mar (tem um café-da-manhã de comer rezando) entre outros.

Se você está no Rio, vale dar uma esticada em Niterói?


Eu sou muito realista em saber que quem visita o Rio quer conhecer a cidade maravilhosa e não a cidade dormitório dela, não é? Mas quem tiver tempo sobrando em sua visita ao Rio e quiser dar uma inovada no velho e manjado roteiro RJ ou vier visitar aquela tia-avó que mora aqui, acho que super vale a pena conhecer essa cidade tão simpática.

Eu tentei mostrar aqui no blog que há sim motivos pra visitar Niterói. Então se você tiver oportunidade, não deixe de vir. Será um prazer recebê-los!

Nenhum comentário

Postar um comentário