22/01/2017

Onde se hospedar em Miami

  
Skyline de Miami

Escolher onde se hospedar em Miami é um assunto que merece atenção pra quem pretende visitar a cidade da Florida mais queridinha pelos brasileiros. A cidade é muito grande, possui diversas regiões bem diferentes entre si e não se espante ao começar a pesquisar o preço de hospedagem na região, é caro mesmo!

Existem alguns detalhes super importantes a saber e a considerar antes de decidir em qual região de Miami se hospedar. Assim você não corre o risco de se frustrar com sua expectativa caso esteja pensando que hotel em Miami bacana é apenas os de frente pra praia.

Primeiro detalhe importante: Miami e Miami Beach são cidades diferentes. Aliás, tudo que você imaginar que seja Miami, na verdade são várias cidades diferentes do mesmo condado, Miami-Dade. Na prática, isso não faz muita diferença, já que é tudo junto e misturado. Mas é bom ficar ligado pra não levar gato por lebre na hora de reservar seu hotel na cidade.

Miami Beach

Quem quer ficar perto da praia, tem que se hospedar em Miami Beach. Só que Miami Beach é enorme (mesmo) e tem trechos bem diferentes entre si.

Regiões de Miami Beach

South Beach - é o lugar mais badalado da região e compreende a área entre a 1th St e 21th St. Quem se hospeda na região, fica próximo dos restaurantes mais descolados, das baladas e de ótimo comércio. É a melhor opção também pra quem quer fazer tudo a pé ou de bike. Só tem um porém: os preços são estratosféricos e nem sempre são acompanhados de boa qualidade do serviço oferecido. Além do mais, a maioria dos hotéis não tem estacionamento e a diária de um na redondeza sai em média por US$30.

onde se hospedar miami
 Estilo dos hotéis em SoBe

Mid Beach - é o meião da praia e vai da 23th St até a 63th St. Não tem a badalação de South e conta com areias mais tranquilas. Os hotéis da região tem um pouco mais de estrutura mas os preços continuam elevados.

North Beach - a ponta norte da "ilha" também conta com areias mais tranquilas em relação ao movimento de pessoas e grandes hotéis com mais estrutura. Porém a localização é um pouco mais afastada das principais atrações da cidade. Mas nada que um carro não te leve em 30 minutos. Vai da 64th St até a 87th St.

Demais regiões de Miami

Como eu disse anteriormente, Miami é uma cidade de "muitas cidades"

Downtown Miami - recomendado pra quem vai a trabalho ou faz muita questão de ficar a 10 minutos de carro de Miami Beach. Tem movimento e comércio durante o dia e fica vazio à noite. Pode ser que o preço diminua um pouco, mas não espere encontrar nenhuma barganha nessa região.

onde se hospedar em miami
Gostei mesmo do skyline né..

Doral (próximo ao aeroporto) - concentra as opções de hospedagem mais baratas. Todas as grandes redes de hotéis e motéis americanos tem uma ou até mais unidades nessa região. Tem várias filiais de grandes redes de lojas como Walmart, Target, Best Buy etc e até um dos outlets preferidos pelos brasileiros, o Dolphin Mall. 

Não tem nenhum atrativo turístico mas é um lugar seguro e tranquilo. Algumas regiões são bem residenciais, com vários condomínios. Outras, por causa da proximidade com aeroporto, concentra mais galpões de empresas. Mas mesmo na região mais comercial, a aparência do bairro é bem tranquila.

Pra quem vai focado em compras, a localização e o baixo custo em relação às demais regiões de Miami, faz de Doral uma mão na roda. Porém, pra se hospedar nessa região, um carro é indispensável. Fica a 20/25 minutos da praia (sem trânsito).

Coral Gables - bairro bacanudo, bem centralizado e perto das principais atrações de Miami. Tem um vasto comércio, focado principalmente em artigos de luxo. O bairro é lindíssimo, com casas lindinhas e tem até um campo de golfe no meio dele. Não cheguei a pesquisar valores, mas se encontrasse algo com bom preço, consideraria me hospedar por lá com certeza.

 Um oásis em Miami

Pra quem faz muita questão de ficar na praia mas tomou um susto com os valores cobrados, uma boa opção é o aluguel de apartamentos, muito comum na região. Essa é uma opção pra quem não se importa em abrir mão de certas conveniências de um hotel como arrumação de quarto, por exemplo. Pesquise em sites como Airbnb. Uma outra opção pra fugir dos preços altos de Miami é se hospedar em cidades vizinhas como Fort Lauderlale. 

Eu me hospedei na região do aeroporto e não tenho do que me queixar. Procurava mesmo por uma opção mais barata e não fazia questão de estar do lado da praia, até porque meu foco não era Miami Beach. Dos sete dias que passei na cidade em apenas dois estive lá. Nos outros dias visitei outros lugares de Miami e ainda fui à Key West. Na verdade, no meu caso, a localização mais centralizada até me favoreceu nos deslocamentos.

A minha hospedagem

O hotel que escolhi dessa vez foi uma das unidades da rede Extended Stay America. A proposta dessa rede é um pouco diferente das demais. Eles oferecem quartos equipados com cozinha compacta e a arrumação do quarto é feita uma vez a cada sete dias. É um hotel pra quem não tem frescura: é você quem lava sua louça, arruma sua cama e tira o lixo do quarto.

Pra falar a verdade, eu até prefiro esse esquema, pois não gosto de pessoas entrando no meu quarto quando não estou presente. É um proposta diferente, certamente algumas pessoas não topariam. Mas pra quem faz muita questão desse tipo de serviço, o hotel oferece a limpeza antes dos sete dias, mediante taxa de serviço cobrada à parte. Além do mais gosto de ter a cozinha à disposição caso eu queira fazer uma refeição em "casa". Não que eu vá comer todo dia no hotel, mas se o dia for corrido ou ainda se bater aquela fome de última hora e der preguiça de sair, a cozinha sempre é uma mão na roda.

Eu particularmente adorei essa rede, não a conhecia. O quarto era excelente, bem espaçoso, móveis novos, cama confortável. Tudo muito limpo e organizado. A internet funcionava bem e o estacionamento era gratuito. Antes de ir, li muitos relatos de pessoas desapontadas com o esquema do hotel, esperando arrumação de quarto todo dia ou ainda, que era muito distante da praia. Talvez as pessoas estivessem desavisadas, não sei.. Enfim, eu fiquei muito satisfeita, pois eu fui sabendo exatamente o que estava comprando.
 
Na região do aeroporto existem três unidades da Extended Stay. Não fiquei exatamente na unidade que eu queria, que era a da 87th Avenue, pois já estava lotado. Daí acabei reservando a da 25th St, que tinha alguns comentários não muito animadores no Booking e TripAdvisor.

 Extended Stay 25th St
Fonte: www.hoteis.com

Inicialmente, o que me desanimava na unidade da 25th St era a localização, pois ficava de frente para o viaduto de uma highway e rodeada por alguns galpões de empresas. Mas estando lá vi que minha preocupação era bobagem. O hotel fica dentro de um centro comercial com alguns restaurantes, um mercado de artigos brasileiros e até uma creche. Super tranquilo. Não é um lugar pra sair caminhando na rua, isso não, porque não tem nada em volta a não ser o pequeno centro comercial. Mas pra quem usa o hotel apenas pra dormir, me serviu muito bem. E os tais galpões em nada pareciam o que eu imaginava (pensei logo na zona portuária do Rio - kkk), eram construções normais em um ambiente tranquilo.

O fato de estar ao lado da estrada, no final das contas, foi até bom pois só facilitou meus deslocamentos. Eu que estava com medo do hotel ser barulhento, recebi um quarto de frente pra a estrada e não ouvi um barulho se quer! Os carros passavam em alta velocidade, não tinha barulho de buzina, essas coisas.. Quando ligava o ar então, aí é que não dava pra ouvir nada mesmo!

Hospedagem muito mais do que aprovada!Se quiser se hospedar no mesmo hotel clique aqui.

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajamiami

Mais informações sobre a viagem à Miami

Miami - Dicas Gerais
Praias de Miami
Na estrada até Key West 
Key West 
Pedágio na Flórida  


0 comentários:

Postar um comentário