23/06/2014

Como é voar na Vueling



Vamos falar de uma companhia européia pouco conhecida aqui no Brasil, a Vueling. Ela é a "low cost" da Iberia e voa por toda a Europa com preços bem atrativos.

Voei com esta companhia de Amsterdam/Menorca e Ibiza/Amsterdam todos com conexão em Barcelona. Antes de comprar as passagens fiquei super apreensiva pois lia em vários blogs que comprar passagem em empresas "low costs" podia ser uma furada, já que tudo era cobrado à parte. Mas o que gostei do site da Vueling é que todas as informações se mostraram bem claras no ato da compra.

Pra começar o site tem versão em português, o que é um grande facilitador. Os preços das passagens possuem tarifas diferenciadas de acordo com um pacote de serviços que vai junto. Pra não cair em nenhuma pegadinha leia muito bem o que cada tarifa inclui. Eu escolhi a "Tarifa Ótima" que além de outras coisas, incluía uma mala de 23kg despachada mais bagagem de mão. Assim não ficaria preocupada em ter que pagar uma nota pra despachar mala..

Na ida, o check in e embarque foram super tranquilos e organizados. Durante o voo foram servidos amendoim e bebidas básicas (água e refri).

Na conexão em Barcelona não foi necessário retirar bagagem, elas foram encaminhas pela própria Vueling e o voo até o destino final (Mahon - Menorca) correu super bem.

Já a volta, tenho uma história bizarra pra contar. Sair de Ibiza e chegar em Barcelona foi tranquilo, o problema foi com a conexão pra chegar em Amsterdam.

Nesse mesmo dia, teve início uma greve dos controladores de voo na França, na época isso foi pouco noticiado aqui no Brasil, mas foi um verdadeiro caos na Europa. Em poucas horas de greve, todos os aeroportos da Europa "engarrafaram". No caso de Barcelona, não saía e nem decolava nenhum voo.

Chegamos em BCN às 11:00h da manhã, somente às 18:00h foi confirmado o cancelamento do voo, ou seja, foram 7 horas de espera sentada e sem nenhuma informação. O cancelamento foi feito pelo sistema de som, não havia um funcionário pra direcionar os passageiros. Saímos sem rumo pela área de embarque quando encontrei umas 200 pessoas em volta de um pequeno guichê da Vueling com apenas um funcionário (coitado) enlouquecido.

Pensei: ferrou, e agora?? Saí então à procura de outro lugar que pudesse buscar alguma informação e consegui descobrir que teria que sair da área de embarque para ir até a loja da Vueling em outro andar do aeroporto. Quando cheguei lá, a fila da tal loja era a visão do inferno: gi-gan-tes-ca.

Nota mental nº 1: não importa se você está na Europa, quando dá merda é igual em todo lugar!

Pois bem, entrei na fila, não tinha outra opção. Vi um dos passageiros do nosso voo ligando para Vueling e conseguindo remarcar a passagem pelo telefone para o dia seguinte. Também tentei ligar (eu e o resto da Europa) umas 3 vezes, mas não consegui. Me conformei então com a fila.

Resumindo a história pra não ficar muito longa: só fui atendida às 22h, depois de 11h de espera no aeroporto de Barcelona!! E pra piorar: todos os voos para Amsterdam no dia seguinte (quinta-feira) já estavam lotados, só havia vaga pra sexta-feira.

Nota mental nº 2: deu merda, ligue para a companhia. Não espere por nada nem ninguém, ligue e remarque seu bilhete o quanto antes. Depois resolva o resto.

A atendente, muito solícita, me ofereceu uma outra opção: pegar um voo no dia seguinte às 6h da manhã para Bruxelas e de lá seguir para Amsterdam de trem (essa parte seria por nossa conta). Eu acabei topando, pelo menos chegaria em Amster ainda na quinta-feira. Bilhetes emitidos, questionei sobre hospedagem e alimentação. Ela respondeu que sim, nós tínhamos direito (sorrimos aliviados..) mas não era com ela, era em outra fila..

Ok, fui à outra fila. Recebi um voucher para alimentação, hospedagem e transfer para o hotel. Isso já eram 23h. Ainda pensei que ficaria cansativo, mas imprevistos acontecem com todo mundo né, fazer o quê!

Meia-noite o transfer sai do aeroporto (e o tempo tava ficando curto). Pra piorar a situação o hotel que nos levaram ficava numa cidade chamada Caldes de Malavella, a duas horas de Barcelona!! Cheguei lá às 2:30h, praticamente na hora de voltar pro aeroporto pra pegar o voo pra Bruxelas. Liguei para o atendimento da Vueling, que funcionava de 8:00 às 22h e claro não consegui falar com ninguém.


Aonde fui parar!

Diante do impasse e com um mega cansaço físico e mental, resolvi ficar no hotel pra tomar um banho e descansar. Assim sendo, perdi também o voo pra Bruxelas.

No dia seguinte liguei bem cedo para a Central de Atendimento da Vueling, expliquei todo o ocorrido e para nossa surpresa a resposta foi: a responsabilidade de ter perdido o voo foi de vocês. Ah tá, eles mandam a gente pra uma cidade longe pra kct, sabendo que o meu voo era super cedo e a culpa era minha. Aham!!

Resumindo a história mais uma vez, saí de Caldes de Malavella por minha conta e segui de trem até o aeroporto de Barcelona (duas horas de viagem). Quando contei todo o ocorrido na loja da Vueling a atendente quase caiu pra trás sem acreditar no que fizeram com a gente! Ela, muito gentil, remarcou os bilhetes para Amsterdam para a sexta-feira. Bem, problema nº 1 resolvido!

Questionei então sobre o custo de ter que ficar mais um dia em BCN e aí ela deixou a gentileza de lado e foi bem sincera. Disse que nem poderia ter remarcado nossa passagem, mas tudo bem, ela entendeu que houve um erro grotesco da companhia e que era só isso que ela poderia fazer por nós. Ok, procurei um Ibis qualquer perto do aeroporto e depois de dois dias de puro stress, consegui finalmente embarcar pra Amsterdam.

Voaria de novo??

Sim. Apesar da experiência traumática daria sim uma nova chance à Vueling. Sem greve na próxima vez, por favor!

Demos o azar, acontece.. No fim ganhamos experiência e uma boa história pra contar.


6 comentários:

  1. Renata, não recomendo de jeito algum essa cua aérea , passei por um ocorrido e não tive bom retorno , aliás , meus dois primeiros dias em Menorca foram quase que perdidos, eles perderam minha bagagem e do meu esposo, ficamos 3 dias sem as malas e não nos deram a mínima , simplesmente falavam que não sabiam aonde estavam as malas e que tínhamos que aguardar , e que enquanto isso fossemos comprando roupas ... Sendo que teria um suposto reembolso , o qual não consegui até agora ...
    Quando finalmente as malas foram encontradas e recebemos elas, uma estava toda quebrada , e também temos que comprar ou consertar , pagar do nosso bolso para assim depois tentar um reembolso , me desculpe o que vou escrever , mas vueling/ Ibéria são empresas de Bosta , com B maiúsculo!!!!
    Detalhe com esse problema nosso , constatamos que esse problema é recorrente com essa empresa ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Imagina! Seu desabafo é super bem vindo! Já havia provado da falta de respeito da Vueling com seus passageiros e super te entendo!

      Na minha situação, eu só não perdi a minha bagagem porque invadi a área de desembarque. Eles simplesmente largaram minhas malas na esteira pra quem quisesse pegar! E aí eu não ia achá-las nunca mais!

      Como passei por esse episódio de força maior, ficou no ar essa "desculpa", de que o caos estava instalado. Mas nunca vou me esquecer do desespero que foi quando a atendente no telefone falou algo parecido como "não posso fazer nada por você, quem mandou perder o voo?!".

      A gente viaja pro Primeiro Mundo, achando que vai ser diferente e dá de cara com isso né.. super chato! Mas espero que esse episódio não tenha invalidado seu passeio por Menorca, que é um lugar tão especial..

      Abraços e boa sorte!
      =)

      Excluir
  2. Oi Renata!! Teria cuidado a dar essa nova chance. Tive um problema imenso agora no final de maio. Houve mais uma greve (aparentemente, é constante essas greves de controladores) e meu voo foi cancelado. O problema é que SÓ meu voo, operado pela Vueling, foi cancelado. E ao fazer todos os procedimentos, nos foram negados. Era uma quinta feira meio dia e só teriam voo disponível para sábado oito da noite; não arcariam com nenhuma despesa como no mínimo uma nova hospedagem; não nos reembolsariam as reservas perdidas em Lisboa; não nos remanejariam pela Ibéria; não nos reembolsaram nossas passagens perdidas, muito menos arcaram com a outra que compramos de última hora, ou seja, "se virem e parabéns pra você". Ainda tô tentando meu reembolso, pois todo o transtorno que tive e esse lixo de cia ainda levar meu dinheiro, eu acho um absurdo, por menor que seja a quantia, mas pelo desrespeito e total descaso. Acabou que minha ida para Lisboa foi tão complicada que tivemos que contar moedas para conseguir ir embora pro aero de Lisboa para voltar pro Brasil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita tô chocada com seu relato! Que absurdo o que fizeram com vc! Essa Vueling é bem filha da Ibéria mesmo.. um horror de empresa! Mas que bom que pelo menos no final deu "quase" tudo certo e vcs não perderam o voo pro Brasil!

      Não deixe de correr atrás dos seus direitos não! Vá a luta!

      E eu com certeza não darei chance pro azar nunca mais com essa companhia!

      :/

      Excluir
  3. Renata, quanto custa mais ou menos o voo para menorca e ibiza? qual o valor ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Minha viagem entre as duas ilhas foi feita em 2013 e na época custou 130 euros. Para preços atuais, o ideal é vc pesquisar em sites de busca de passagens como Skyscanner, Kayak, Ita Matrix, Google Flights etc.

      =)

      Excluir