in

O que fazer em San Francisco

- - Nenhum comentário
San Francisco
San Francisco, uma das cidades mais conhecidas do mundo, tem uma infinidade de programas e lugares bacanas pra se conhecer. E como eu já comecei falando da cidade no post Dicas de Viagem para San Franscico, nem vou me alongar muito nessa introdução porque tem coisa à beça pra mostrar por aqui! Aproveite!

Para curtir mais fotos da minha viagem à California clique aqui ou procure no Instagram #reviajacalifa

Union Square


A região da Union Square é o centrão da cidade de San Francisco. É uma ótima pedida pra fazer compras pois tem todas as lojas que você imaginar, uma do lado da outra. Pra quem curte gastronomia, é possível encontrar bons restaurantes na região também.

Uma boa pedida pra almoçar por lá é a Cheesecake Factory que fica no terraço da Macy's.

Union Square vista do terraço da Macy's
Mas antes de começar a caminhar pelas ruas do centro de SF é bom ficar atento porque tem uma área bem próxima super barra pesada. Você tá andando tranquilão e do nada o clima muda, fica pesado e cruza com uma galera super estranha. Se notar essa mudança de ambiente, volte imediatamente.

Ainda na região da Union Square, no começo da Powell St, fica o ponto final do cable-car. Não deixe de observar a manobra que é preciso ser feita para que os bondes retornem ao curso original. Os funcionários empurram os bondes no braço mesmo!

Força!

Golden Gate Bridge


O maior cartão postal de San Francisco é sem dúvida a Golden Gate Bridge. A ponte, que não é dourada mas sim vermelha, pode ser vista de vários pontos da cidade.

Golden Gate Bridge
Um passeio imperdível é atravessar a ponte pois, além de observar essa joia da arquitetura de perto, o lado de lá guarda surpresas encantadoras, como a cidade gracinha de Sausalito ou ainda o mirante Marin Headlands.

Pra quem curte uma aventura, pode também atravessar a ponte de bicicleta, também conhecido como o Bike the Bay. Na minha opinião esse é o melhor passeio da cidade.

Pedal até Sausalito
O passeio começa no Fisherman's Wharf e vai seguindo pela orla de SF sempre com a companhia da Golden Gate.
Se você tiver um dia de sol e um pouquinho de disposição, não hesite em fazer esse passeio. Eu achei ele tão bacana que fiz um post especialmente para ele - Bike the Bay - Atravessando a Golden Gate de Bicicleta.

Píer de San Francisco


Considerada por muitos como uma pegadinha de turistas, eu achei essa região muito bacana. Tem aquela atmosfera turistona mesmo, cheia de lojinhas de souvenirs, restaurantes e gente caminhando pra todos os lados. Mas o que somos nós, senão turistas não é? Então entrei no clima e curti muito a região.

Chegando no píer
Um lugar que você não pode deixar de ir é o Musée Mécanique que é um museu de máquinas de fliperamas do século 19 pra cá e pasmem, todas funcionando por US$0,25!! Cada máquina doida que tem lá.. máquinas que você nem imagina como que as crianças se divertiam com aquelas coisas! Outras que você vai se lembrar de ter brincado muito.. E o mais legal: a entrada é grátis!

Entrada do museu
Algumas das máquinas..
Outra pedida imperdível na região do píer é a Boudin Bakery que é a padaria mais tradicional de SanFran, toda estilosa com seus pães temáticos e voadores! Não deixe de provar a Clam Chowder servida no super tradicional Sourdough bread bowl, é de comer rezando!!

Dizem que o pão de SF tem um gosto específico, atribuído a um fungo existente no ar daquela região. De fato, o pão é meio azedinho, mas não sei se a lenda do fungo é verdadeira! Ah, eles também fazem demonstração de como são feitos os pães.

Pães fofos e voadores
Pra quem estiver com crianças não deixe de visitar a filial da rede de lanchonete Rainforest Cafe que fica na Jefferson St em frente à Boudin. Com sua decoração temática de floresta, é uma atração muito bacaninha também.

Outra atração imperdível é dar uma volta no Píer 39 que tem várias lojinhas de souvenirs, lanchonetes, um carrossel e claro, o viveiro dos escândalosos leões-marinhos. Eles são numerosos e enquanto alguns dormem, outros ficam disputando espaço e empurrando os outros na água. A diversão é garantida para adultos e crianças.

Píer 39
O parquinho
As estrelas da casa
Eita preguiça..

Lombard Street


Bem próximo da região do píer, caminhando umas 6 quadras pra trás, não deixe de conhecer a Lombard Street a tão famosa "rua mais sinuosa do mundo". Mas aviso logo: muito cuidado com a sua expectativa, pois você pode se decepcionar..

Chegando lá, a rua é tão curtinha e tão sem gracinha.. hahaha. Não tem nada demais nela! E fica lotada de turistas tirando foto o tempo todo. Mas é daquelas coisas que, já que você foi até lá, tem que conhecer.

Eis a Lombard St
Pronto, já acabou!

Golden Gate Park


Não pode confundir a Golden Gate Bridge com o Golden Gate Park. São lugares diferentes! O parque possui diversas atrações famosas, dentre elas o De Young Museum, o Jardim Japonês, a California Academy of Sciences, entre muitas outras.

O parque é bem grande e eu até tentei dar uma volta nele, mas confesso que com o tempo curto, percebi que a missão seria impossível. É difícil conhecer tudo à pé, por isso, se o tempo permitir, sugiro alugar uma bike, é uma ótima pedida.

Entrada do parque pelo litoral
Como de praxe em SanFran, dentro do parque vi muito mendigo, muita rodinha de galera fumando um.. mas tudo funcionando bem e ninguém mexeu com a gente. Na entrada do parque, pelo bairro hippie, cheguei a ver uns policiais na entrada, talvez pra dar aquela sensação de que tudo estava sob controle..

Haight-Ashburry: o bairro hippie


É conhecido como o bairro hippie de San Fran, mas pra ser sincera, os hippies já se mandaram daqui faz muito tempo! Se você estiver de passagem pela região, até vale dar uma passada lá pra ver se encontra alguma coisa interessante. Ir até lá só pra isso, acho perda de tempo.. a não ser que você se interesse pela cultura hippie e queira viver momentos de puro saudosismo.

É só mais um bairro de San Francisco
Um lugar que eu considero que vale muito a pena a visita neste bairro é a loja da Amoeba. Pra quem curte música a visita é obrigatória! É um mundo de cd's, dvd's, vinis, k-7's, ou seja, tudo o que você imaginar.. é divertido, mas com tanta variedade dá pra ficar zonzo!!

Fiquei tonta..

Painted Ladies


Essa é outra atração da cidade que só vale a pena ir lá se estiver de passagem pela região. Não tem nada demais no local. Tem uma praça bem bonita, a vista das casas no estilo vitoriano com o skyline no fundo e só. Só passei lá pois era caminho pro  Haight-Ashburry.

Nada demais parte 2

Alcatraz


Eu particularmente não viso conhecer o interior de uma cadeia que abrigou os piores bandidos dos estados Unidos, mas há quem goste de visitar esse tipo de lugar. Tem lá o seu valor histórico, mas pela carga emocional deprê que o lugar deve ter, prefiro olha só de fora mesmo! E daí que vários pontos de San Francisco tem vistas incríveis dessa ilha tão controversa.

Da orla de SF
De uma rua qualquer

Praias de San Francisco


Apesar de ser uma cidade litorânea na Califórnia, praia definitivamente não é o forte de San Francisco. Além do frio e da água super gelada, a cor da areia e do mar, que são mais escuros, não são nada animadores.

Mas como boa praiana que sou não podia deixar de ir lá dar uma conferida né. Mesmo a praia não sendo muito bonita, adoro o clima de praia e a vista do mar.

- Baker Beach

Essa é uma das praias mais populares entre os nativos da cidade. Não vamos falar do quesito beleza natural dela, porque realmente este não é o seu forte. Nos finais de semana essa praia costuma ficar bem cheia pois várias famílias curtem fazer pic nic por lá.

Aqui acho que o maior atrativo é a super vista da ponte. Uma pena que no dia em que a visitei, estava uma neblina muito forte e não favoreceu a minha visita à praia.

Ponte com fog
- Aquatic Park

Essa é uma mini prainha que fica bem ao lado do píer de SF, em frente à Ghirardelli Sqaure, um local muito conhecido. Tem uma parte de gramado, tipo uma praça e uma arquibancada bem na frente, imagino que ali ocorram algumas competições de natação. Uma ótima pedida pra sentar e admirar o mar!

Aquatic Park
Um fato curioso é que nesse dia vários velhinhos praticavam natação nessa água super fria, usando apenas roupas de banho simples. Fiquei de cara com a disposição deles!

- Ocean Beach


Como o próprio nome sugere, é uma praia de mar aberto. É bem extensa tanto em comprimento como em largura e segue por toda a costa oeste da cidade.

Praia a perder de vista!
Não tem nenhum atrativo a não ser que você queira praticar algo na areia, como soltar pipa por exemplo! rs.

Lands Ends


Ainda na pegada "vida ao ar livre", pra quem gosta de fazer trilhas e caminhadas, esse parque de San Francisco é um prato cheio. Aliás, nunca imaginei que eu fosse me exercitar tanto em uma viagem para os EUA! E o parque ainda conta com um super bônus: a vista para a Golden Gate.

Vista da ponte de uma das trilhas do Lands Ends
Caminhando pelo parque achei que ele poderia ser melhor sinalizado, mas tudo bem, se a ideia era caminhar, depois de me perder um pouco nas trilhas, cheguei no lugar que me levou a visitar esse parque: o labirinto!

Labirinto visto do alto
Na verdade encontrei esse lugar por acaso, pesquisando o Google Maps (eu sempre faço isso). E o nome me chamou a atenção. Quando vi as fotos do lugar, tive certeza de que eu queria ver isso de perto: um labirinto de frente pra Golden Gate!

Pena que o tempo não ajudou muito, mas ainda assim foi um brincadeira bem bacana!

Acho que me perdi de novo! kkk!
Pra chegar no labirinto fique atento às (poucas) indicações para a Mile Rock Beach. É uma trilha que começa descendo uma grande escada de terra e madeira, não tem muito o que errar.

Sutro Baths


Ainda no Lands Ends, mas do lado do oceano, uma outra atração super interessante é o Sutro Baths. Conta a história, que em 1896 foi aberta a maior piscina indoor do mundo. Ideia do então prefeito de SanFran, Adolph Sutro, a suntuosa casa de banhos, era gigante, com várias piscinas de todos os tipos e tamanhos e alguns restaurantes, era um luxo só. Porém, em 1937 os negócios já não andavam bem e as piscinas foram transformadas em pista de patinação de gelo. Não deu certo. Em 1966 um incêndio a destruiu completamente e hoje suas ruínas ainda estão lá, na beira do mar. Dá um confere na história oficial aqui.

As ruínas vistas do alto
Mais de perto
sutro baths san francisco
Na ativa lá por 1900..

A atração por si só não tem nada demais. É só um monte de ruínas na beirinha do mar, mas é legal pra bater umas fotos e ficar imaginando como seria aquele lugar. Ah, descendo até as ruínas, ainda dá pra conhecer uma caverna que tem um longo túnel que dá de frente pro mar.

Bem, é isso! Acho que consegui conhecer bastante coisa em dois dias em San Francisco né? E o melhor de tudo, sem correrias! Sem dúvidas que a cidade tem muito mais a oferecer, por isso se tiver oportunidade, não deixe de visita-la!

E querendo ajudar a coleguinha aqui, não deixe de reservar seu hotel em San Francisco comigo! 👇👇👇

http://www.booking.com/searchresults.html?city=20015732&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

Para curtir mais fotos da minha viagem à California clique aqui ou procure no Instagram #reviajacalifa

**Data da viagem: maio/2014

Mais sobre a roadtrip pela Califórnia

Como montar seu roteiro pra Califa: uma ajudinha pra montar sua viagem
Santa Monica: 1ª parada na Califa
San Francisco: 2ª parada na Califa
Bike the bay: atravessando a Golden Gate de bike
Monterey/Carmel: começando a roadtrip
Big Sur: o filé da roadtrip
Camarillo Outlet: no meio do caminho tinha um outlet!
San Diego: ultima parada na Califa (e uma das melhores)
Na estrada até Vegas: o deserto e Calico Ghost Town
Las Vegas: nossa roadtrip chegou ao fim



Nenhum comentário

Postar um comentário