21/10/2017

Dicas de viagem para São Miguel dos Milagres e Rota Ecológica


Eu acredito em Milagres!

O mercado turístico sempre aparece com nomes curiosos e sugestivos de novos destinos pelo nosso Brasil. E um dos mais comentados ultimamente é São Miguel dos Milagres, um nome que por si só já diz muita coisa: é um lugar abençoado!

E a benção não vem só no nome não. A natureza foi bem generosa com esse trecho do litoral alagoano, também conhecido como Rota Ecológica e guarda ali algumas das mais belas praias do país.

Milagres, como foi apelidada, é muito famosa pela sua festa de reveillón que a cada ano atrai mais turistas ao pequeno vilarejo. Mas mesmo em seus dias mais movimentados, as palavras de ordem da região são "sossego e descanso".

Portanto se você adora conhecer esses pequenos paraísos incríveis que só o nosso país possui, vem pra Milagres!

A minha viagem

Visitei São Miguel dos Milagres na minha trip para Alagoas, quando passei sete dias inteiros no estado (sem contar o dia de chegada e partida).

A ideia inicial era me hospedar em Maragogi e passar os dias nas belas praias da região sem fazer muito movimento de passeio de piscinas naturais e nem de bugre. O programa principal era curtir praia mesmo, no sentido literal de botar canga na areia e relaxar!

Só que não dei muita sorte com o clima e acabei pegando um pouco de chuva. Então o plano inicial de só ficar por essa região entre Maragogi e São Miguel dos Milagres sofreu algumas alterações e teve dia que fui parar em Porto de Galinhas! 😂 Nada a ver com o planejado, né? Mas trip pra praia tem dessas coisas e você sempre precisa ter um plano B caso a chuva apareça!

Como chegar

São Miguel dos Milagres fica no litoral norte de Alagoas, a 98km de Maceió.

De Maceió até lá de carro espere gastar duas horas de viagem. A estrada é em mão única e nem sempre o trânsito rende. A boa notícia é que a estrada no geral está em boas condições, com poucos buracos e radares, todos sinalizados.

Pra quem vem de Maragogi, a ida até Milagres é um baita passeio. São 35km por estrada interna e pavimentada que beira o litoral, com vários mirantes e pontos de parada interessantes e ainda tem uma travessia de balsa entre Japaratinga e Porto de Pedras.

Chegando em Porto de Pedras

O valor da balsa em agosto/17 era R$15 por carro e o pagamento é feito em dinheiro. A balsa é pequena e cabem 6 carros de passeio de uma vez. Por isso em determinados dias e horários pode rolar uma fila pra embarcar.

Como se locomover

Bem, pra quem viaja na intenção de desbravar a região, a minha primeira opção sempre será o carro, pela independência que ele proporciona.

Porém, quem procura São Miguel dos Milagres talvez esteja mais na vibe de escolher uma pousadinha top na beira do mar e por ali ficar sem fazer muito esforço. Se essa é a sua praia, pode programar com a própria pousada um transfer aeroporto / pousada.

Quando ir

O litoral de Alagoas segue a tendência climática de todo o nordeste. A chuva vem com mais frequência entre os meses de maio e agosto. Se puder, evite esses meses. No resto do ano, no geral faz muito sol e calor.

Na época que eu fui, considerada ainda mês de chuva, de fato choveu! 😂 E destino de praia com chuva é um saco, não tem nada pra fazer! A sorte é que deu pra aproveitar quase todos os dias pois a chuva não era constante e quando chovia era mais na parte da manhã, logo depois o tempo abria.

Um outro ponto a se considerar é a maré. Se você faz muita questão de visitar as piscinas naturais precisa escolher um período de lua cheia ou nova, que é quando a maré atinge o seus menores níveis. Mas e se não der pra ir nesse período? Se você gosta de curtir praia, não se preocupe! Praia vai ter todo dia.

Como eu não quis fazer o tal passeio, o nível da maré fez pouca diferença. Aliás, em alguns lugares como a maré seca demais a ponto da praia desaparecer, até preferi que a maré estivesse alta mesmo porque senão não daria nem pra dar um mergulho, rs!

Onde se hospedar

O litoral norte de Alagoas recebeu o nome de Costa dos Corais, devido à grande quantidade de corais que cobrem esse trecho. Essa área vai desde a praia de Paripueira (próximo à Maceió) até Maragogi. E dentro da Costa dos Corais, foi criada também a Rota Ecológica, que é o trecho entre Passo de Camaragibe até Porto de Pedras.

Eu super entendo a necessidade de criar expressões atrativas para fomentar o turismo. E entendo até a necessidade de "separar uma coisa da outra". De fato, o turismo da região de Maragogi é de um jeito, meio muvucado especialmente quando se fala em piscinas naturais, e em Milagres é totalmente diferente, numa pegada mais reservada.

Mas cara, é tudo tão perto que eu não vejo necessidade de se hospedar em um lugar e depois em outro. Portanto se você optar por ficar em São Miguel dos Milagres saiba que é perfeitamente viável conhecer toda a região montando base em um lugar só.

Eu preferi montar base em Maragogi por que precisava de um pouco mais de estrutura. A cidade de São Miguel dos Milagres é muito pequena e não tem nada mesmo! O esquema aqui é ficar na sua pousada e no máximo sair pra jantar em algum dos poucos restaurantes da região.

Pracinha de Milagres

As principais opções de hospedagem na região podem ser consultadas aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações, ok? 😉

http://www.booking.com/searchresults.html?city=-671781&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

Praias

Reunindo algumas das praias mais incríveis do litoral brasileiro, esse trecho da costa de Alagoas é parada obrigatória pra quem visita o estado.

As praias no geral não tem estrutura nenhuma, a não ser em pontos específicos que possuam um quiosque / receptivo ou nas pousadas abertas à visitação. Pra quem pretende explorar um cantinho mais sossegado, é bom levar um kit sobrevivência (comes e bebes).

Os acessos nem sempre são fáceis de encontrar, pois o litoral possui imensos terrenos à beira-mar, com isso sobram poucos acessos públicos para os reles mortais chegarem à praia. E quando se encontra um desses acessos, geralmente o carro fica estacionado numa rua de terra deserta, com pouco ou nenhum movimento. Portanto não deixe nada de valor à vista dentro carro. Ou melhor, não deixe nada no carro pra evitar dor de cabeça durante as férias.

Outro ponto curioso é que por ter a costa coberta de corais, em todas as praias tem oferta de passeio às piscinas naturais. 

Mas vamos falar de praias que é disso que o povo gosta e é isso que o povo quer! 😁



Praia do Patacho

A Praia do Patacho sempre figura no topo daquelas listinhas de "as dez mais bonitas do Brasil". 

Ela fica localizada no município de Porto de Pedras. É bem extensa e por isso possui alguns acessos diferentes. Quando eu fui, o melhor era pela rua do lado do posto BR pois, segundo os locais, os demais estavam com risco de atolar por causa da chuva dos últimos dias.

Eu gostei desse acesso, ele dá na praia na altura da Pousada do Patacho (linda, por sinal), tem como estacionar o carro próximo da praia e me pareceu mais "movimentado".

Eu cheguei no Patacho no final de tarde. Sim, apesar de ser a primeira praia do roteiro de quem vem de Maragogi, eu dei a bobeira de passar direto pela entrada (sempre eu 😓) e quando vi já tinha chegado na Praia de Laje! Como estava sem sol e com a maré alta, não consegui ver os encantos do Patacho como deveria.

Fim de tarde no Patacho

O que eu gostei de ver foi da estradinha pelo coqueiral beirando a praia, com várias entradas pra deixar o carro na cara do gol e curtir uma praia só pra você! Voltaria fácil pra explorar essa praia que me pareceu ser espetacular!

Laje

Essa foi uma das praias que mais gostei nessa região. Super sossegada e com uma curva que forma um desenho de praia lindão! Como foi a primeira praia que visitei nesse dia, o sol tava bombando e o visual me impressionou logo de cara!

Praia da Laje

Seu acesso não é dos mais fáceis, pois não tem muita sinalização. Eu entrei na rua da Pousada Beijupirá e estacionei o carro bem próximo da praia. Esse ponto me pareceu ser um dos mais movimentados pois foi o único que eu vi umas cinco pessoas, moradores ali da região mesmo.

Porto da Rua

Cercada pelo povoado de mesmo nome, essa é a praia mais movimentada da região. O acesso é bem fácil, é só seguir a placa na estrada principal.

Um domingo de praia cheia 😂

O point da praia possui vários quiosques reunidos numa pracinha, sendo o Bar do Enildo um dos mais conhecidos da região. Nos finais de semana espere encontrar a praia cheia e carros com o som no último volume.

Toque

Outra praia que sempre figura nas "mais mais do Brasil". Eu a acessei pela entrada da Pousada do Toque, onde é preciso deixar o carro estacionado antes da entrada da pousada e seguir por uma servidão bem estreitinha que vai beirando o muro da pousada. 

A praia é linda, claro, como todas as outras da região são. Mas como essa é daquele estilo de praia infinita, sem um recortezinho pra fazer uma graça, eu acabei achando sem graça.

Praia do Toque

Mas há outra entrada pra Praia do Toque sinalizada na estrada que eu só fui ver depois. Não sei exatamente como é o trecho da praia, mas a julgar do que vi, deve ter um visual bem parecido.

São Miguel dos Milagres

A praia mais famosa do momento merece mesmo toda a fama. Ô lugar bonito!

Eu peguei o acesso da pousada Recanto dos Milagres, num trecho conhecido como Praia do Riacho, e deixei o carro estacionado na rua atrás dele, bem próximo da praia. Ali fica uma pequena concentração de pessoas e barracas por causa desse quiosque mas basta caminhar para os lados pra ter uma imensa e linda praia só pra você!

Na altura do Recanto dos Milagres

Além do mais, esse trecho da praia é super fotogênico com várias piscinas naturais, aquele mar lindão e a Capela do Riacho compondo de pano de fundo. Coisa fina!

Detalhes de Milagres

Maré seca em Milagres

São Miguel dos Milagres possui outro acesso à praia, na altura do vilarejo de mesmo nome, com placa de sinalização na estrada. Como não entrei nesse, não tenho como trazer mais informações, mas por estar meio do vilarejo imagino que possa ser um pouco mais movimentado.

Marceneiro

Passando São Miguel, já no município de Passo de Camaragibe, fica a praia do Marceneiro. 

A praia é linda, imensa, com um recorte lindo e cheia de piscinas naturais. E pra completar, caminhando um pouco para o lado direito,  o visual da praia fica ainda mais lindo com um mangue contrastando com a paisagem de coqueiros. Coisa fina.

Delícia de praia!

Um pedacinho do mangue junto dos coqueiros

E o mais legal dessa praia é o acesso: super fácil. Um ruazinha curta, pavimentada e sinalizada te deixa na cara do gol. Super fácil de estacionar e nesse trecho ainda tem dois quiosques bem simples, que salvam quem chegar na praia sem o kit sobrevivência.

E quem resiste a um mar desses?

Dicas Gerais

São Miguel dos Milagres possui apenas uma agência do Banco do Brasil. Portanto é indispensável levar dinheiro em espécie!

A voltagem é 220v. Leve carregadores bivolt.

No vilarejo de Tatuamunha é possível visitar o Projeto Peixe-boi. Pra quem tiver interesse de conhecer um pouco mais sobre a espécie e quem sabe até avistar um, se informe com os locais na estrada que eles indicam quem faz o passeio.


**Data da viagem: agosto/2017

Leia mais sobre a viagem para Alagoas
Montando um roteiro de viagem para Alagoas 
Maceió
Maragogi
Porto de Galinhas - plano B pra fugir da chuva!
Praia dos Carneiros - um plano B pra fugir da chuva! (em breve)

0 comentários:

Postar um comentário