24/09/2016

Dicas de viagem para o Arquipélago de Maddalena

maddalena sardenha
Piscina ou mar?

O Arquipélago de Maddalena é um dos destinos mais conhecidos da Sardenha e também não é pra menos, é realmente de uma beleza indescritível.

Composto por 7 ilhas, o arquipélago fica ao norte da Sardenha e foi declarado como parque nacional em 1994. A ilha principal, que tem o mesmo nome do arquipélago, é a única habitada e a que possui os hotéis, bares e restaurantes. É onde também desembarca o ferry vindo de Palau, na Sardenha.

Com praias de areia branca e mar incrivelmente azul, o Arquipélago de Maddalena é parada obrigatória para qualquer roteiro de viagem na Sardenha!

Pra conferir mais fotos da viagem acompanhe no Instagram #reviajasardenha.  

A minha viagem

A minha passagem pela Costa Esmeralda na Sardenha foi bem rápida, somente cinco dias. E destes, em três dias visitei o arquipélago. Uma vez de carro e mais duas de barco.

Parece até que eu fui lá só por causa de Maddalena né?! Na verdade, inicialmente eu havia programado apenas duas idas às ilhas: uma de carro para conhecer a ilha principal e Caprera e outra de barco para conhecer as demais ilhas.

Estava correndo tudo como programado até decidir usar o dia livre do roteiro (tenho sempre o hábito de deixar um dia livre) para repetir o aluguel de barco, uma das coisas que mais gostei de fazer na Sardenha. Daí resolvi voltar para a ilha de Caprera e ver aquelas praias paradisíacas de outro ângulo.

Como chegar

O Arquipélago de Maddalena fica no extremo norte da Sardenha. O acesso é feito somente através de barco, seja de pequenas embarcações vindas de várias cidades da Sardenha ou ainda de ferry, que parte da cidade de Palau e transporta carros, ônibus e passageiros.

Arquipélago de Maddalena

A empresa que opera o trecho durante o dia é a Maddalena Lines, com saídas regulares e horário de funcionamento entre 08:00h e 20:00h. É importante conferir os horários no site pois eles mudam conforme a época do ano. Fora do horário da Maddalena Lines, opera uma outra empresa, a Delcomar, que roda até altas horas da madrugada.

Para atravessar um carro pequeno, com dois passageiros ida e volta, paguei 39€. Não é obrigatório comprar ida e volta juntos, mas como eu voltava no mesmo dia e dentro do horário de operação da Maddalena Lines, preferi deixar a volta comprada pra evitar perder tempo com possíveis filas na hora do retorno.

maddalena sardenha
E lá vai Maddalena..

A travessia leva de 15 a 20 minutos e é bem tranquila. Rola uma certa confusão na hora do desembarque, com gente passando na frente do carro, motorista que demora a sair, mas tudo se ajeita e dá certo no final.

Quando ir

A Sardenha possui invernos amenos (mas ainda assim frios para o nosso padrão) e verões super quentes.

Acredito que o maior interesse em ir para a Sardenha seja pra curtir as praias, logo o ideal é visitar a ilha nos meses de temperaturas mais altas, entre junho e setembro. Há quem aproveite o início e o fim do calor nos meses de maio e outubro.

Eu fui no mês de junho e peguei apenas um dia nublado. De resto muito sol e calor! À noite, a temperatura caía um pouco e rolava até de colocar um casaquinho leve.

Hospedagem

No arquipélago, a única ilha habitada é a principal, La Maddalena. É lá que se concentram os hotéis, bares e restaurantes. Dei uma passada pelo centrinho de lá e achei bem simpático. Pra quem pretende conhecer as ilhas com mais calma, acredito ser uma boa opção.

maddalena sardenha
Centrinho de Maddalena

Quem não dispõe de muito tempo, ou ainda não pretende priorizar essa região da Sardenha, dá tranquilamente pra fazer um bate-volta de carro ou ainda o passeio de barco que passa por várias ilhas. Não dá pra conhecer tudo, mas certamente dá uma boa ideia do lugar.

Para pesquisar opções de hospedagem em La Maddalena aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😉


Transporte

Nas ilhas é permitida a circulação de automóveis somente em Maddalena e Caprera. Logo, a melhor opção para se locomover continua sendo o carro, especialmente se a visita for um bate-volta. Vale informar que em Caprera o GPS não funcionou muito bem, então é bom dar uma estudada de leve no mapa da região antes de ir pra lá pra não ficar totalmente perdido, pois no local há pouca sinalização.

Uma dica importante que só quem se hospeda em Palau pode dar: não deixe pra abastecer o carro no porto de Palau. Eles aumentam o preço da gasolina durante o horário do ferry pra um valor bem mais alto do que o praticado nas outras cidades. Às 20h, depois que diminui o fluxo de turistas, o preço volta ao normal.. uma malandragem só! 

Apesar de não ter cruzado com nenhum, vi alguns pontos de parada de ônibus em Maddalena. A empresa que opera na ilha é a Turmo Travel. Não possuo maiores informações sobre sua frequência, itinerário, qualidade etc.

Conhecendo as ilhas de carro

Minha primeira visita ao arquipélago foi de carro. Depois da travessia de ferry, que é bem rápida e tranquila, fui logo para a ilha de Caprera, que possui praias mais bonitas do que Maddalena.

Vale informar que todos os estacionamentos nas praias são gratuitos.

- Cala Coticcio 

A primeira parada do dia foi a tão famosa Cala Coticcio. Pra chegar até esta praia é necessário fazer uma trilha de nível médio a difícil, que leva em torno de 40 minutos pra ser percorrida.

Não foi muito fácil chegar lá. O estacionamento de acesso à trilha não tem qualquer indicação a não ser outros carros estacionados no meio do nada. O Waze não funcionou em Caprera e a minha sorte foi ter marcado o local do estacionamento no Google Maps. Daí foi só seguir a indicação do mapa pra chegar no local certo.

O estacionamento fica no alto de uma colina, antes de chegar no Forte Militar e tem essa vista básica da foto abaixo. Como ele é pequeno, costuma lotar rápido e o jeito é estacionar na lateral da estrada.

maddalena sardenha
A foto não reproduz o choque de azul do mar

A trilha é um pouco complicada. Sem sinalização, muitas pedras e alguns trechos bem íngremes. Vi família desistindo no meio do caminho, mas também vi um casal de velhinhos que chegaram na praia uma meia hora depois de mim, felizes da vida! Com cuidado e atenção, dá pra chegar. Recomendo usar tênis, mas eu fui de havaianas de boa.

A recompensa pelo sacrifício é essa aí da foto. São duas mini-prainhas, a outra com o nome sugestivo de Tahiti, com águas super claras.

cala coticcio sardenha
Derramaram tinta azul no mar!

cala coticcio sardenha
Cala Coticcio

No dia que fui a praia estava bem cheinha, até porque 10 pessoas já lotam a praia. Não há nada pra vender, tem que levar o kit sobrevivência.

Pra ser sincera, não achei que o sacrifício tenha valido muito à pena. Sem dúvida que a praia é bonita, bacana.. Mas igual ou mais bonita do que essa, a Sardenha tem muitas outras praias que não precisam dessa missão toda.

- Spiaggia I due Mari

Tá aí o exemplo que é possível conhecer belas praias em Caprera sem precisar perder muito tempo em trilha. Essa praia, que na verdade são duas, tem mar igualmente claro e o carro fica estacionado ao lado.

praias maddalena sardenha
Primeira Mari

A faixa de areia é longa, então tem espaço pra todo mundo. Ainda conta com um quiosque no canto direito que serve bebidas, sorvetes e snacks.

Ainda no canto direito, dá pra acessar outra praia (ou seria a mesma?) igualmente linda e um pouco mais reservada.

praias maddalena sardenha
Segunda Mari

- Spiaggia del Relitto (ou Shipwreck Beach)

Uma das mais bonitas da ilha, na minha opinião. Tem esse nome porque logo na entrada, na beira, tem um esqueleto de um barco naufragado há muitos anos.

O estacionamento fica distante uns 5 minutos de caminhada da praia. Atrás da praia, escondido no meio das árvores, tem um bar que serve bebidas e pequenas refeições.

praias maddalena sardenha
Azul piscina

A ilha possui ainda outras praias lindas que não tive tempo de conhecer. Uma delas é a Cala Napoletana, que também é acessada através de trilha que se inicia no Forte e tem duração média de 40 minutos (se bobear é o mesmo esquema da Coticcio).

Rota Panorâmica

Na ilha de Maddalena há uma mini rota panorâmica que é uma ótima pedida pra um passeio de fim de tarde. Ela é bem curtinha, tem 20 km e não é assim uma Brastemp, mas dá pra curtir algumas paradas com belos visuais. Pra quem aguentar ficar até às 21h, ainda dá pra curtir um belo pôr do sol.

rota panoramica maddalena sardenha
Mais visuais incríveis

rota panoramica maddalena sardenha
A altura do sol às 19h!

Passeios de barco pela região

Os passeios de barco na Sardenha são muito populares e em Maddalena não poderia ser diferente. Há várias agências operando na região e diversas opções de itinerários.

Os dois principais roteiros


As opções de embarcações são muitas e vão desde os barcos grandes, compartilhados com muitas pessoas, lanchas menores compartilhadas com grupos reduzidos, até os botes motorizados, chamados de gomonni e que foram a minha grande paixão na Sardenha, já que nessa opção é você quem decide o seu roteiro.

As saídas são feitas em sua maioria da cidade de Palau ou mesmo de Maddalena, para visitar as ilhas ao redor. Os roteiros vendidos pelas agências são basicamente dois: ao redor das ilhas do lado oeste, incluindo uma parada no centro histórico de Maddalena ou ainda uma grande volta por todo o arquipélago. Mas de gommoni alugado o passeio fica ao gosto do freguês =)

Eu fiz dois passeios: um pelas ilhas que ficam do lado oeste do arquipélago, que são Spargi, Budeli, Razzoli e Santa Maria, e outro pela ilha de Caprera. O primeiro passeio, como é o mais bacana pois tem várias paradas em praias lindíssimas, prefiro escrever em um outro post pra poder carregar mais fotos.

Aqui vou falar do segundo passeio, na ilha de Caprera. Mesmo já tendo visitado essa ilha anteriormente de carro, acabei visitando ela novamente mais pela brincadeira de pilotar o barco. Mas confesso também que a oportunidade de rever aquelas praias lindíssimas por outro ângulo também valeu muito a pena.

Como já era o meu terceiro "noleggio gomonni" eu já tava craque. Só que nesse dia estava ventando  forte e o dono da agência nos sugeriu um bote um pouco maior, que não balançaria tanto com o vento. Bote maior, preço também. Nessa região espere gastar algo em torno de 120€ pela diária do barco na baixa estação. A gasolina é o mesmo consumo, em média 30€.

O passeio foi ótimo, o dia foi incrível e ver as praias por um outro ângulo foi lindo. Mas de fato o vento nesse dia estava  "over" e atrapalhou um pouco a brincadeira. Eu queria ter ido, por exemplo, à Cala Napoletana, mas com aquele vento preferi não arriscar dar a volta na ilha.

passeio barco maddalena sardenha
Tahiti (Coticcio) vista de outro ângulo

passeio barco maddalena sardenha
Queridos vizinhos

Posso até dizer que na volta rolou um certo perrengue pois o vento estava muito forte e contra. A princípio foi meio assustador mas depois vi que a situação não nos colocava em risco do tipo o barco virar ou algo parecido.. Foi apenas uma navegação um pouco desconfortável com o bote batendo muito.

Cheguei em segurança no píer e ainda ganhei um "bravo!" do dono da agência.. Foi o suficiente pra eu ir embora da Sardenha me sentindo A capitã! E foi, com certeza, mais uma história divertida pra contar..

Pra conferir mais fotos da viagem acompanhe no Instagram #reviajasardenha  

Mais sobre a viagem à Sardenha

Montando o roteiro para Sardenha
Alghero
Cala Gonone
Passeio de barco em Cala Gonone
San Teodoro 
Costa Esmeralda 
Passeio de barco em Maddalena 


** Data da viagem: junho/2016




12 comentários:

  1. Oi! tudo bem? achei seu blog e gostei das dicas! vou para sardenha em Setembro, tenho 3 dias em porto Cervo e dois em Cala Gonone. um dos dias em Porto Cervo iremos até Palau para pegar o barco, minha duvida é, da para conhecer tanto as praias de la maddalena e caprera no mesmo dia? e se tivermos que "cortar" algumas praias, quais seriam as mais imperdiveis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Desculpe a demora na resposta. Estive viajando durante o carnaval e só hj estou atualizando o blog. Mas vamos lá..

      Dá sim pra conhecer as praias das duas ilhas no mesmo dia se vc estiver de carro. Vá bem cedo para aproveitar o dia todo. Recomendo ainda focar nas praias de Caprera, que são as mais bonitas.

      Se tivesse que cortar alguma praia do roteiro, minha escolha seria polêmica pois cortaria Cala Coticcio. Por mais que digam que é a praia mais bonita, o esforço físico e o tempo gasto pra chegar lá pra quem tem pouco tempo, eu acho que não compensa. A prainha (ela é mínima) é linda, claro. Mas tão bonitas ou mais tem de monte na Sardenha e estacionando o carro do lado. Em Caprera mesmo, as outras praias são lindíssimas (todas elas).

      Mas se vc quiser muito conhecer Coticcio, vá.. eu mesma fui e tirei minhas próprias conclusões.. Porém o tempo que usei só pra chegar e sair dela, fizeram com que eu não tivesse tempo pra conhecer outros lugares. Madalena mesmo eu só "passei".

      Se tiver mais dúvidas, não hesite em perguntar!

      Boa viagem! =)

      Excluir
  2. Bom dia Renata ,
    Goostaria de saber como faço para ir a cala coticcio ? De carro para La Maddalena e de lá contratar um barco ou ir direto de Porto Cervo/Palau ? Não pretendo fazer trilha ( Balos beach , deixou traumas, em Creta)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sylvio!

      Dá pra ir à Cala Coticcio de barco partindo tanto de Palau como de Maddalena, a distância é praticamente a mesma!

      A grande diferença é que se vc pegar o barco em Palau, economiza no valor e no tempo da travessia do ferry. Além do mais em Palau é mais fácil de estacionar. O estacionamento é bem grande e fica exatamente na frente da marina, de onde saem os barcos para os passeios.

      Já Porto Cervo é pouco mais distante. Pra ir em barco pequeno pode ser desconfortável. Agora se for um barco maior ou um super iate, nada é problema! rs!

      Se vc já tem um certo "trauma" de trilha, vale mesmo a pena reconsiderar essa, pq não é das mais tranquilas não..

      No mais, te desejo uma boa viagem. A Sardenha é tudo de bom!

      Continuo à disposição!

      =)

      Excluir
  3. Boa Noite - Vamos a Sardenha em junho de 2018 pergunto
    que preço diaria vcs pagaram apto le gemme? e no monolocali
    a cala gonone??Apto pois não achei no Booking hotel nenhum com estes nomes.Se vc acertou diretamente com o proprietário pf qual o endereço eletronico dêle. Já visitamos 18 paises no na
    Italia estivemos 6 vezes.grato Mauro Cornacchia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mauro,

      Nas duas propriedades eu paguei o mesmo valor: 55 euros a diária.

      Quando à pesquisa das propriedades, note que no texto o nome de cada uma delas está na cor rosa. Se você clicar em cima será redirecionado para a página do Booking correspondente! É fácil, seguro e ainda ajuda o blog!

      Vc vai adorar a Sardenha, lá é lindo demais! Qualquer dúvida, é só falar!

      =)

      Excluir
  4. Renata,
    Eu de novo...rsrs.
    Vou optar por fazer passeio saindo de Palau. Esse passeio como são as paradas? Tempo em cada praia? Eles param em Madalena para agente conhecer? E por fim, os passeios saem desde que horas e duram quanto tempo, no total?
    Qual valor, lembra?
    E essa opção irada de alugar o bote, vc tem experiência de navegação ou eh tranquilo navegar com esses botes? Tenho até carteira mas sem prática. Não tem risco de se não conhecer a rota se perder?
    Dá pra alugar eles em Palau?
    Perdoe as muitas perguntas de uma vez rsrs.
    Abçs,

    ResponderExcluir
  5. Oi Ricardo,

    Então, eu não fiz o passeio guiado, então não tenho como te passar essas informações detalhadas. Mas se vc olhar nesse post tem um mapa que eu tirei de alguma empresa de passeios, vc vai ver que ele indica dois itinerários. Com certeza todas as empresas seguem o mesmo roteiro.

    Sobre o aluguel de bote, que foi o que eu fiz em todos os lugares, eu não tinha experiência nenhuma com barcos. E a rota é impossível de se perder, é perto e a navegação é toda no visual.

    Eu aluguei em Palau. Tem um post só sobre esse passeio! Boa leitura!

    Ah, e se não for pedir muito, reserva os hotéis pelo meu link do Booking! =)

    Abçs! Qualquer dúvida, só pedir socorro!
    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Socorro vou pedir com certeza rsrs...e reservar no Booking pelo seu link? Eh claro e absolutamente certo rsrs. Eu ainda não estou certo do meu roteiro. Sardenha eh certo. O foco da minha viagem são as ilhas Jonicas da Grécia...Zaquintos e Kefalonia. Como chego por Roma, me encantei com Sardenha e tentar dar uma passada em Nápoles por causa da Costa Amalfitana.
      Com isso em mente estou com dúvidas ainda de como vou fazer a rota: Roma - Sardenha - Nápoles/Capri - Zaquintos. Ainda é cedo para reservar ou avião ou ferries, e acho que hospedagem também, né? O que você acha?

      Excluir
    2. Oi Ricardo,

      Nossa, vc arrasou no roteiro hein? Só vai conhecer lugar TOP!

      Pra reservar tá cedo mesmo. Fecha primeiro o seu roteiro e depois reserva. Tem bastante tempo ainda..

      =)

      Excluir
    3. O roteiro da Costa Amalfitana, ontem à noite decidi não fazer mais. Muita gente pode não concordar. Mas esse roteiro, diferente da Sardenha, tem muito relato detalhado e me fez ver que vou investir mais tempo em Sardenha, por ser muito mais rico em beleza natural, trilhas, e passeios mais em conta e maravilhoso como esse que vc fez de gomonis(é isso mesmo? kkk), onde agente mesmo traça nosso roteiro(não tem preço que pague isso!). Costa Amalfitana é muito glamour, que não tenho rsrs. Eu tinha me encantado com relatos de um blogueiro mas ja desencantei bem rápido, quando vi relatos dos gastos e da cidade e trânsito caótico que é por lá(já basta o que passamos em cidade grande no dia a dia). Pra quem gosta de aventura em natureza rica, exuberante, e praias mais reservadas, Costa Amalfitana não eh o roteiro. Me desculpem se não concordarem.
      Isso pode ser útil para quem está na dúvida, e pesquise mais a fundo.
      Obrigado Renata, pelos seus relatos...pesaram totalmente na minha decisão por investir mais em Sardenha. Isso não tem preço. O que eu puder ajudar a manter seu blog, conta comigo. Abçs,

      Excluir
    4. Oi Ricardo,

      Ixi, agora vi que vc é dos meus mesmo! Kkk! Esse lance de glamour, perrengue de lotação e trânsito nas férias tb não é a minha praia.

      Eu gosto de roteiros exatamente como vc falou: natureza exuberante e praias reservadas!

      E pode apostar na Sardenha, tenho certeza que vc vai gostar!

      Estamos às ordens!
      =)

      Excluir