12/07/2015

Dicas de viagem para ilha de Maui no Havaí


Maui no ka oi — "Maui é a melhor"

Quando comecei a planejar minha viagem ao Havaí, sabia que meu tempo de permanência no arquipélago seria muito pra uma ilha só e pouco pra dividir em duas ou mais ilhas. Mas lendo sobre as diferenças existentes entre as ilhas, queria muito visitar mais de uma. Por fim decidi fazer um roteiro completo por Oahu e um overview de Maui. Assim, se gostasse de Maui, numa segunda visita ao arquipélago poderia incluir um retorno à ilha, caso contrário, já estaria visto.

E lá fui eu pesquisar tudo sobre a ilha pra poder otimizar os dois dias e meio que consegui encaixar nesse roteiro. E o que posso dizer é ainda bem que incluí Maui na minha visita ao Havaí, pois fiquei encantada com o que vi por lá.

Pra começar a vibe de Maui é bem diferente de Oahu. Aqui, prevalece um clima mais interiorano, tranquilo, sem a correria de uma cidade grande, feito Honolulu. Já do alto do avião dá pra perceber que grande parte da ocupação da ilha é feita pelo verde das florestas e das plantações de cana-de-açúcar, diferente de Oahu que é muito mais "concretada".

A natureza de Maui é surpreendente. A ilha possui diversas áreas com climas completamente diferentes, o que dá a cada região uma característica peculiar. E é de se impressionar também a grandiosidade do vulcão Haleakala, dormente há centenas de anos, com mais de três mil metros de altura. Em uma de suas laterais fica a região mais úmida da ilha, cercado por uma densa floresta tropical com incontáveis cachoeiras e do outro lado um campo de lava com aparência totalmente desértica. Soma-se a isso praias paradisíacas com mar cristalino. Essa é uma fórmula que não tem como dar erro!

Pra quem curte natureza e quer conhecer o real sentido do aloha lifestyle, vem pra Maui! Maui é a melhor!

Como chegar

Do Brasil não há voos diretos, também pudera, só de voo leva em média 20 horas. Por isso é preciso fazer conexão em alguma cidade americana.

O principal aeroporto de Maui fica na capital Kahului (OGG) e recebe voos diários de diversas cidades americanas. A cidade com a menor rota (5h de viagem) e maior oferta de voos é Los Angeles. A ilha conta ainda com dois outros aeroportos secundários, que recebem aeronaves menores vindo das outras ilhas: Kapalua na cidade de Lahaina e Hana.

Chegando em Maui

Eu cheguei em Maui vindo de Oahu, pela Hawaiian Airlines, companhia aérea já avaliada aqui no blog. O voo foi muito rápido, uns 20 minutos. Pra melhor vista do avião, procure sentar do lado esquerdo da aeronave.

Pra quem tem milhas Smiles é uma boa resgatar o trecho LAX / OGG pela Delta. O valor da tabela Smiles para voos domésticos nos EUA é de 12.500 milhas*. Diferente de Honolulu, a oferta de voos da Delta pra Kahului não é tão grande, mas pesquisando com antecedência é possível encontrar bilhetes nesse trecho. 

*valor em 2015

Quando ir

Maui, assim como o restante do Havaí, possui basicamente duas estações ao ano: inverno e verão. O inverno não chega exatamente a ser frio, com temperaturas máximas variando entre 25°C a 27°C. A época mais chuvosa é entre novembro e janeiro, mas durante o ano todo é normal cair uma chuva passageira.

Quem quer ver o North Shore Maui com as ondas gigantes e sair à busca de Jaws, tem que ir no inverno (novembro a fevereiro). No restante do ano, o mar costuma ser calmo.

Em maio, mês em que fui fez muito sol, calor, teve chuva passageira e a água não era assim tão quentinha quanto eu esperava.. mas estava boa.

Onde se hospedar

Quem procura hospedagem com preço honesto em Maui, aviso que não é uma missão fácil pois o preço em geral é mais elevado em relação às outras ilhas. 

As principais opções de hotéis e resorts ficam na costa oeste e sul de Maui, principalmente nas cidades de Kaanapali e Kihei. Em Lahaina, uma simpática cidade histórica com um centro turístico muito interessante, e que também fica na costa oeste, é possível encontrar alguns hotéis mais simples e com preço mais em conta. Esses dois lados da ilha são uma boa opção pra quem quer ficar mais próximo das praias e do melhor pôr do sol da ilha.

Pra economizar tempo e dinheiro, uma outra opção a ser considerada é Kahului, cidade situada na região central de Maui. Fica próximo ao aeroporto e possui o comércio principal da ilha: shoppings, Walmart, Ross Dress for Less, todas as redes de fast food etc. Pra quem pretende fazer a estrada pra Hana, estar hospedado em Kahului é uma mão na roda. Mas não é um centro turístico e à noite não tem nada pra fazer.

Como meu tempo na ilha era curto, escolhi me hospedar em Kahului e pra mim foi a opção perfeita. Fiquei no hotel Maui Seaside, que é super básico. O quarto tinha bom tamanho mas estava um pouco velho e o carpete estava com cheiro bastante forte. Pra uma estadia rápida como a minha (2 noites), em que o hotel servia pra tomar banho e dormir, foi suficiente.

O ponto positivo do hotel é que o staff foi muito gentil e em duas ocasiões eles nos ajudaram bastante. Meus horários estavam confusos e eu chegava antes do horário do check-in e saía depois do horário do checkout. Pra nos ajudar, eles guardaram nossas malas numa sala reservada nas duas situações. Na hora de ir embora, cheguei da praia à noite pra buscar as malas e ir pro aeroporto e eles nos ofereceram seu "Hospitality Room", um quarto disponível pra hóspedes que precisam tomar banho fora do horário da reserva. Foi a nossa salvação! Com isso eles ganharam muitos pontos na minha avaliação e até esqueci do cheiro do carpete!

Para se hospedar no mesmo hotel, clique aqui.

Para consultar outras opções de hospedagem em Maui clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😉

http://www.booking.com/searchresults.html?city=20031040&aid=1256661&no_rooms=1&group_adults=1

Como se locomover

Maui não foge à regra americana e o principal meio de locomoção é o carro. Portanto, procure alugar um. As estradas são ótimas e muito bem sinalizadas. A gasolina na ilha não era tão cara quanto eu imaginava, mesmo preço que na Califórnia. E o preço varia muito de um posto para o outro, portanto a dica é pesquisar.

Uma outra alternativa pra "turistar" por Maui é contratar as agências de turismo locais pra fazer os passeios. Pra quem não dirige, é uma mão na roda. Existem várias agências, mas a que eu vi mais atuante é a Robert Hawaii.

O que fiz em Maui

Meu tempo em Maui era muito curto, apenas dois dias e meio e ainda assim, minha ideia não era ficar correndo de um lado pro outro. Porém ao chegar na ilha vi que não tinha muito jeito. A ilha é grande, as distâncias são longas e as atrações que eu queria ver ficavam umas distantes das outras.

 Meu mapa em Maui 

Meu plano era o seguinte: no dia da chegada, depois da missão aeroporto/locadora/hotel, escolher uma praia pra ficar e relaxar. No segundo dia, a rota das cachoeiras na estrada pra Hana e no último dia, como o voo saía às 22h, dava pra curtir um dia inteiro de praia, antes de me despedir do paraíso.

Praias de Maui

Então, vamos lá.. Vou falar um pouco dessa minha passagem relâmpago pela ilha que mais me surpreendeu nessa rápida visita ao Havaí.

Makena Beach

Essa foi a praia que escolhi pra curtir o dia da chegada. É a última praia da costa sul, é bem extensa e não possui construções em volta, só natureza. No canto direito, possui um estacionamento bem grande, mas quem quer se estabelecer ao longo da praia, costuma estacionar no acostamento da estrada.

praias em maui dicas de viagem
Água cristalina em Makena

praias em maui dicas de viagem
Makena Beach

No canto direito da praia fica também a trilha para Little Beach, uma pequena praia vizinha à Makena. A trilha é bem tranquila, uns 5/10 minutos de caminhada. Essa é uma praia bem alternativa e a prática de nudismo, além de outros costumes bem naturais é aceita normalmente por aqui.

Quem acompanha o blog sabe que eu me divirto nesses lugares "alternativos" mas não curti muito a vibe de Little Beach não... Não sei se porque estive lá em um sábado, dia de muito movimento e notei que o nudismo, diferente do praticado na Europa, onde do velhinho à criança todos ficam pelados, lá era 90% praticado por homens mais velhos. Daí não sei, tinha um clima estranho no ar. Pode ser que eu não tenha dado sorte, o fato é que não fiquei à vontade nem pra bater uma foto da praia.. Vou ficar devendo essa galera!

Lahaina 

Pra curtir o fim de tarde, andei pra caramba pra chegar em Lahaina, uma cidade histórica muito simpática que fica na costa oeste de Maui.

Na rua principal de Lahaina, a Front St, ficam várias lojas, bares e restaurantes. Ideal pra dar uma caminhada no fim de tarde e curtir o pôr do sol. Aproveite pra comprar as lembrancinhas da viagem, pois a oferta de lojas de souvenir aqui é bem grande.

maui dicas de viagem
Lahaina

Como o melhor pôr do sol de Maui é na costa oeste, assistir de Lahaina é uma boa pedida. Dos três dias que fiquei na ilha, dois eu fui curtir o fim de tarde lá. O primeiro pôr do sol foi no final da Front St, depois do restaurante Bubba Gump, onde tem um parapeito perfeito pra sentar e apreciar a vista.

maui dicas de viagem
Final da Front St

No último dia descobri por acaso uma pracinha, ao lado do porto, onde vários locais vão assistir o pôr do sol. A galera leva cadeiras e fica lá batendo papo até o dia acabar. Lugar com uma vibe incrível, perfeito pra despedida de Maui. Fica no fim da Market St.

maui dicas de viagem
Momento mágico..

Ho'okipa Beach

Situada no North Shore de Maui, Ho'okipa é a praia onde velejam os principais atletas de kite e windsurf do mundo. Pra nós que acompanhamos os esportes de vento, essa praia era parada obrigatória.

Possui beachpark completo com estacionamento, banheiros e chuveiros. A organização aqui é tanta que existe horário pro surf (de manhã) e pro velejo (de tarde). Isso foi estipulado pra pôr fim nas desavenças entre surfistas e velejadores.

Que fique registrado, venta muito no North Shore de Maui.

praias maui dicas de viagem
Ho'okipa Beach

No canto direito tem umas piscinas naturais lindas, onde vi uma tartaruga gigante! Se o vento não estiver over no dia, vale a pena dar um mergulho.

praias maui dicas de viagem
Piscinas naturais de Ho'okipa

praias maui dicas de viagem
Horário da galera do surf

Road to Hana

O passeio mais famoso e fantástico de Maui segue por uma estrada esculpida dentro de uma floresta tropical, onde existem incontáveis cachoeiras. Soma-se a isso, vistas deslumbrantes dos costões e praias selvagens.

maui dicas de viagem
Uma das várias cachoeiras até Hana

Esteja preparado para enfrentar uma estrada com mais de 600 curvas, em alguns trechos de mão única. Mas não se assuste, a sinalização é perfeita e sendo respeitada, não há o que temer. O susto aqui fica por conta das paisagens deslumbrantes pelo caminho.

Por ser repleto de detalhes, desde seu planejamento até o dia do passeio, resolvi fazer um post específico para a Road to Hana.

Nakalele Blowhole

Eu nunca tinha visto um blowhole de perto, por isso resolvi dar uma conferida no mais famoso de Maui. Os blowholes são fendas na pedra por onde a água do mar passa com grande pressão. O movimento natural do mar faz com que a água seja expelida com muita força, assim como a sucção do ar também.

O Nakalele fica na costa oeste de Maui e não é uma atração turística oficial. Pra encontrar sua localização é só digitar no Google Maps, não tem erro. Depois de estacionar o carro no recuo da estrada, pra chegar até ele é preciso descer a encosta por uma trilha cheia de pedras.

maui dicas de viagem
Trilha pro Nakalele blowhole

Chegando lá, achei impressionante a pressão da água e o barulho que faz. É cada jato pro alto sinistro! Por nunca ter visto um, curti bastante. Dá pra chegar bem próximo do buraco, apenas recomendo cuidado pra não chegar tão perto, pois no momento de sucção a força é igualmente impressionante e acidentes com morte já foram registrados aqui.

maui dicas de viagem
Primeiro vem um filetinho de água

Na sequência a explosão!

Honolua Bay

Depois do blowhole, fiz uma parada nessa baía que é muito conhecida pela prática de snorkel. Pra chegar nela, não há sinalização, é preciso ficar esperto no Google Maps. 

Não possui estacionamento, tem que deixar o carro no acostamento e seguir por uma trilha bem aberta, que leva uns 10 minutos pra ser percorrida. A trilha por si só já é linda, pois passa por dentro de uma floresta e é acompanhada por um riacho.

praias maui dicas de viagem
Honolua Bay

Na beira é cheia de pedras grandes arredondadas, até confortáveis pra sentar. O snorkel é bem interessante, vi muita variedade de peixes, mas o que mais me impressionou mesmo foi a quantidade e o tamanho dos ouriços. Muita atenção onde pisar!

praias maui dicas de viagem
Honolua "beach"

Slaughter House Beach

Pra curtir o sol forte que fazia neste dia, escolhi uma praia que tivesse um visual natural, já que a maioria das praias da costa oeste possuem resorts em volta. Daí topei com essa gracinha aí da foto, a Slaughter House Beach.

Pra chegar nela é preciso deixar o carro estacionado no acostamento da estrada e descer uma escadaria até a praia. Não possui nada de comércio. Tem faixa de areia de tamanho médio, águas muito claras e é basicamente frequentada pela galera local.
praias maui dicas de viagem
Slaughter House Beach

Foi ou não uma boa pedida pra curtir a última praia do Havaí?

praias maui dicas de viagem
Águas claríssimas

Maui foi uma surpresa mais do que agradável em nossa viagem pelo Havaí. Vale até repeteco do pôr do sol de despedida!

Mahalo Maui!

O que faltou fazer em Maui

Molokini Crater

Molokini é um vulcão submerso em forma de meia lua que fica próximo à costa de Maui. Dizem que o mergulho pela sua cratera, de cilindro ou snorkel, é um dos melhores de todo o Havaí.

 Molokini Crater

Diversas operadoras de turismo organizam passeio de barco saindo das cidades da costa oeste e sul.

Haleakala

Este é o vulcão que domina a paisagem da ilha. É enorme, possui mais de 3 mil metros de altura e sua cratera tem mais de 34km de extensão! 

Um programa super popular na ilha é subir a cratera ainda de madrugada e debaixo de temperaturas congelantes, pra aguardar o nascer do sol. Quem encarou o sono e o frio conta que é um espetáculo deslumbrante!

 Lindo, não?

Outros passeios são organizados a partir do topo da cratera como a descida de bike e trilhas pelo parque nacional.

Outras praias do North Shore

Como a viagem foi corrida, só tive tempo de dar uma passada rápida em Ho'okipa, playground dos velejadores de kite e windsurf. Mas nem só de vento (e muito, diga-se de passagem) vive o North Shore de Maui. Existem várias praias super encantadoras que valem a visita.

 Baldwin Beach

O site Maui Guidebook fala sobre as praias de North Shore em detalhes.

Outras praias da West Coast

Este é o lado mais ensolarado da ilha, pois a influência do vulcão Haleakala no clima da região é menor. As águas são muito calmas e ir às praias dessa região é diversão garantida.

 Napili Beach

Não por coincidência as grandes redes de resorts também escolheram esse lado da ilha para se instalarem, por isso nem sempre é fácil encontrar aquela praia com cara de paraíso havaiano perdido.

Conclusão

O tempo ideal de estadia na ilha é de no mínimo 4 dias. Como eu fiz, 2 dias, é pouco.

Maui é um destino muito escolhido pelos americanos para a realização de casamentos. Não se assuste se encontrar com uma noiva perdida na praia.

Diferente de Oahu, quase não se vê japoneses pela ilha, já que consumo não é a praia de Maui.

No mais, recomendo Maui pra quem procura um destino sossegado e prioriza curtir praia e natureza.


**Data da viagem: maio/2015


Mais sobre a viagem ao Havaí

Montando seu roteiro para o Hawaii
Dicas para conhecer Oahu
Praias de Oahu
Trilha para o Diamond Head 
Um passeio pela Road to Hana
Como cruzar a (temida) Piilani Highway
Hawaiian Airlines
Coisas do Havaí


2 comentários:

  1. Oi Renata, tudo bom? Eu estou indo uma semana no Havai em Julho. Estou com duvida se ficar 3 dias em Oahu e 3 dias em Maui ou para não cansar muito ficar direto em Oahu... Maui parece linda e adoraria subir no vulcão também. As praias de água calma valem a pena também? Obrigado! Matteo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Matteo,

      Julho é um mês de temperaturas ótimas e mar calmo em todas as ilhas. Agora, acho que uma semana para conhecer duas ilhas é pouco tempo. Você corre o sério risco de ficar numa correria danada e não conhecer nada direito. Mas te entendo, a gente quer sempre fazer o tempo render o máximo possível!

      Aí vc precisa avaliar o que te atende melhor: se é um overview das duas ilhas ou conhecer e curtir uma delas mais sossegado. Eu já tive minha fase viajante de querer conhecer tudo, não importasse a correria. Hj estou numa pegada bem mais tranquila e no seu lugar apostaria ficar só em uma das ilhas.

      Agora só não me peça pra escolher uma entre as duas, isso seria cruel!! Kkkkk. As duas são lindíssimas e possuem características super peculiares. Uma mais desenvolvida mas não menos bonita e a outra mais natureza.. Enfim, é uma escolha difícil!

      Te desejo boa sorte e boa viagem!
      =)

      Excluir