05/10/2014

Dicas de viagem para Praia de Pipa


dicas de viagem praia de pipa
O paraíso dos golfinhos!

A Praia de Pipa é uma antiga vila de pescadores que, depois de descoberta pelos surfistas tornou-se um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Norte e estava na minha lista de destinos já há um bom tempo. Daí, aproveitei uns dias de folga, juntei com umas milhas e montei uma viagem pra conhecer o estado do RN.

A época escolhida pra viagem não foi por acaso, já que o mês de setembro está na temporada de vento do nordeste e o maridão também aproveitou pra levar o kite pra passear. Montamos base em Pipa por 3 dias e com isso, pude explorar com calma o litoral sul do RN.

Existe um erro muito comum dos viajantes em geral em acreditar que Pipa é apenas mais um daqueles passeios de um dia vendidos em Natal. E aí, caem na furada de entrar num bugre, chacoalhar por duas horas pra chegar em Pipa, curtir umas poucas horas na Praia do Centro e voltam (chacoalhando mais um pouco) no final do dia pra Natal.

Em geral o que ouço dessas pessoas é que Pipa é um lugar sem graça. E realmente, a visão que o turista acaba tendo sobre a cidade é mesmo muito ingrata.  Pipa merece ser visitada com calma, afinal, além de praias lindas possui um centrinho muito simpático com diversos bares, restaurantes e lojinhas, o que é uma ótima pedida pra um rolézinho no fim do dia.

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajarn

Como chegar

Pipa fica a 80 km de Natal, no litoral sul do estado. Dá pra chegar de todo jeito: de carro, de ônibus, de van alternativa, de táxi etc.

Entre Natal e Pipa

Aluguei um carro no aeroporto de Natal e segui direto pra Pipa. O caminho principal é pela BR-101, que pode ser acessada a partir de Natal (caminho mais longo) ou a partir de Macaíba (caminho mais curto). Porém a segunda opção é um pouco mais complicada pois passa por dentro de cidadezinhas e nem sempre o asfalto e a sinalização são bons. Mas eu fiz esse caminho com o Waze e não vi nenhuma dificuldade.

Encontrei muitas pessoas em Pipa reclamando da recente mudança de aeroporto em Natal. O antigo aeroporto ficava na cidade de Parnamirim e o novo fica em São Gonçalo do Amarante. Isso teria aumentado a distância entre o aeroporto e o litoral sul, encarecendo o transfer e favorecendo o turismo no litoral norte. Polêmicas à parte, como eu não conheci o aeroporto antigo, não tenho parâmetros pra comparar, mas posso dizer que o pessoal de Pipa estava bem bravo..

Quando ir

Pipa e o resto do Rio Grande do Norte seguem a tendência climática de todo o nordeste: estações invertidas. Chove muito no verão e o inverno é seco e quente.

Eu fui no mês de setembro e peguei sol e muito calor todos os dias. Algumas vezes o tempo até ameaçava fechar e parecia que ia cair uma chuva daquelas. Daí passavam 15 minutos e o céu abria de novo. Até peguei uma chuvinha no dia que cheguei que durou 5 minutos.

Pipa, assim como toda cidade de veraneio, costuma encher muito nos feriadões, por isso se a sua intenção é curtir o lugar com tranquilidade, fuja dessas datas.

Hospedagem

Pipa conta uma enorme opção de hospedagem, para todos os tipos de bolso. Como gosto de hospedagens mais simples, já que eu uso a pousada pra dormir e tomar banho, ela precisa apenas ser limpa, honesta, segura, bem localizada e ter conforto básico: ar, frigobar, internet e estacionamento.

Por isso escolhi a Pousada Pomar da Pipa e felizmente minha escolha foi super acertada! Pousadinha pequena, simples e com bons quartos com vista para um jardim muito agradável. A localização também muito boa: à cinco minutos de caminhada da rua principal, ou seja, perto do burburinho mas distante o suficiente pra manter o silêncio à noite.

O atendimento também fez toda a diferença. As meninas da pousada são super gentis, atenciosas e estão sempre prontas pra dar ótimas indicações de passeios, restaurantes ou qualquer outra ajuda que se faça necessária. Enfim, saí de Pipa com a certeza de ter feito uma boa escolha.

Para buscar outras opções de hospedagem em Pipa, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações! 😉



Praias

Como disse anteriormente, fiquei três dias em Pipa e o tempo foi suficiente pra conhecer com tranquilidade todas as praias da região.


Nossa trip em Pipa

Um detalhe muito importante que é preciso ficar atento ao visitar as praias do nordeste é a tábua de marés. De início o desavisado pode achar que isso é besteira, mas vou logo avisando: isso faz TODA a diferença. No nordeste as variações de maré são muito grandes, então uma praia que possua muitas pedras que formam piscinas naturais na maré seca, na maré alta não dá pra ver nada. Em algumas praias, a maré pode até inviabilizar o passeio.

Portanto, chegando em Pipa procure logo na sua pousada pelo guia impresso da cidade, que além de mapas da região, possui a tábua de marés do período. Daí programe seus passeios de acordo com os horários das marés.

Agora vou falar um pouco das praias da região:


- Tibau do Sul

Na verdade Pipa é um distrito de Tibau do Sul. Logo, a sede do município por não ser tão turística quanto Pipa, tem cara de cidade do interior e na verdade é bem isso que ela é. Fica à 7km do centro de Pipa.

Seguindo a cidade até o final, chega-se a uma praia conhecida como Praia da Barra, que possui alguns quiosques e onde fica a atracação da balsa que faz a travessia dos carros 4x4 e bugres que vem ou vão pra Natal. Daqui também partem os barcos que fazem passeio por dentro da Lagoa dos Guaraíras.

dicas de viagem praia de pipa
A praia e a balsa atracando ao fundo

dicas de viagem praia de pipa
O outro lado da praia

O legal dessa praia é que quando a maré encheu e ultrapassou as pedras que ficam na beira, formou-se um "rio" perfeito pro banho de mar. Eu fui em dia de semana (sexta-feira), então a praia estava bem simpática, até porque era uma das poucas que estava protegida do vento nesse dia.

- Cacimbinhas

A Praia de Cacimbinhas fica entre Pipa e Tibau. Tem acesso por cima das falésias ou seguindo a pé a partir da Praia do Madeiro. É bem extensa e fica numa enseada bem aberta, com isso o vento costuma ser bem forte e o ambiente bem hostil (vento e areia na cara), tanto que não há um vendedor se quer. Acho que só deve ser bom pra kitesurfista mesmo.. (sempre eles, antissociais.. hahaha).

dicas de viagem praia de pipa
Cacimbinhas

- Madeiro

Na minha humilde opinião, uma das praias mais bonitas e bacanas de Pipa. O seu acesso se dá por escadaria a partir do alto das falésias ou a pé a partir da Baía dos Golfinhos. Pode ser visitada em qualquer maré.

Olhando de cima vi bastante quiosque na praia, o que de início até me assustou um pouco. Mas o canto direito da praia além de ser bem tranquilo por não possuir nenhum quiosque (e logo, poucas pessoas) ainda é bem abrigado do vento.

praia do madeiro pipa
Praia do Madeiro

praia do madeiro pipa
A melhor praia de Pipa

As falésias da praia possuem uma densa vegetação e o visual da praia fica bem interessante. Não bastasse tudo isso, golfinhos costumam dar suas voltinhas na beira d'água. Quando eu fui, tive oportunidade de vê-los várias vezes e confesso que fiquei encantada.

- Baía dos Golfinhos

Bem, o nome dessa praia não precisa explicar muito não é? Aqui vivi umas das experiências mais gratificantes da minha vida: nadei com golfinhos livres em seu habitat natural. Bem diferente da experiência no México, onde eles estavam presos dentro de um tanque fazendo truques pra encantar turistas (tolos, como eu) que pagam pequenas bagatelas por isso.

Essa é uma praia pra ser visitada na maré baixa, pois não há acesso pelas falésias, somente a pé a partir da Praia do Madeiro ou do Centro. Quando a maré sobe, o mar bate na falésia e por isso não há como passar.

baia dos golfinhos pipa
Caminho até a Baía dos Golfinhos

A praia em si é muito bonita, pois é uma baía com águas calmas, sem construções e protegida do vento. Possui alguns poucos vendedores que alugam espreguiçadeiras, caiaques e pranchas de SUP.

baia dos golfinhos pipa
Chegamos no paraíso dos golfinhos

baia dos golfinhos pipa
É, esses golfinhos sabem das coisas..

Como a praia é a morada oficial dos golfinhos, vale muito a pena alugar alguma coisa pra tentar observá-los mais de perto. Eu paguei R$40 pelo aluguel do SUP por uma hora. Achei super justo, ainda mais porque no dia em que eu fui, tinham vários golfinhos nadando entre os banhistas sem a menor cerimônia.

Agora a maior pegadinha de Pipa é fazer o passeio de barco pra ver os golfinhos, já que eles gostam de ficar na beira e os barcos não podem se aproximar. Enquanto os golfinhos nadavam felizes da vida do meu lado eu via os barcos de longe que com certeza não estavam vendo nada!

- Praia do Centro

É a praia mais caída de Pipa. Fica bem no centro da vila e é cheia de quiosques, vendedores e embarcações na beira do mar.

dicas viagem praia de pipa
Maré baixa na Praia do Centro

dicas viagem praia de pipa
Rola uma farofada básica

- Praia do Amor

É a praia mais famosa de Pipa, não só pelo formato de coração que pode ser visto do alto do Chapadão, mas também pelas suas ondas e a galera do surf que bate ponto aqui.

praia do amor pipa
Praia do Amor

praia do amor pipa
Vista de cima do Chapadão

No ponto de descida possui alguns quiosques bem movimentados. Caminhando para o lado direito, a praia fica super tranquila com pouquíssimas pessoas. Na maré baixa, as pedras formam várias piscinas naturais.

praia do amor pipa
Praia do Amor só nossa

praia do amor pipa
Como não amar?

- Minas / Sibaúma

A Praia das Minas é bem parecida com Cacimbinhas: deserta, vento forte e ambiente hostil. Isso quer dizer que a galera do kite faz a festa aqui.

dicas viagem praia de pipa
Ninguém na Praia das Minas

Há uma estrada de terra por cima das falésias que segue ao longo de toda a praia e por isso, há vários pontos de descida pra Praia das Minas, além de um visual incrível. Seguindo por essa estrada, chega-se a Sibaúma (3km), que é um pequeno vilarejo de pescadores. Dá pra percorrer essa estrada de carro comum tranquilamente. Pra quem preferia também tem uma estrada de asfalto desde Pipa (9km).

dicas viagem praia de pipa
Estradinha show!

Em Sibaúma, é possível atravessar com o carro de balsa ($12 por travessia) até o outro lado do rio e com isso pegar o asfalto até Barra do Cunhaú.

dicas viagem praia de pipa
Não pode ter medo de atravessar..

- Barra do Cunhaú

É o encontro do Rio Curimataú e o mar. Aqui os kitesurfistas encontram as condições ideais para o velejo. Mas além de ser playground pra galera do kite, o visual do lugar é bem bonito e merece muito a visita. Recomendo o trecho da praia que fica na altura da boca da barra, que é bem mais tranquilo.

barra do cunhau pipa
Um pouquinho de kite nessa viagem

barra do cunhau pipa
Velejo bonito entre o mar e o rio

Só não recomendo muito a praia da cidade, do lado do rio e do local de atracação da balsa. Achei bem farofado. Muitos quiosques e música alta (arrocha) pra todos os lados.

barra do cunhau pipa
Orla de Cunhaú

- Baía Formosa

Nossa passagem por Baía Formosa foi bem rápida. Na verdade, ela nem estava no nosso roteiro mas como havia pouco vento nesse dia, o velejo não rendeu muito em Barra do Cunhaú. Ainda eram 15h e resolvemos esticar até lá pra curtir o fim de tarde.

Primeiro atravessamos de balsa o Rio Curimataú em Barra do Cunhaú (R$15 por travessia) e seguimos por uma estrada de terra que corta um enorme coqueiral que pertence à Fazenda Estrela. O percurso é tranquilo de ser feito em carro comum e no final, na porteira principal da fazenda, é cobrada uma taxa de R$5,00 pelo uso da estrada particular.

Baía Formosa é uma vila de pescadores pouco explorada pelo turismo maciço de Natal. A praia principal é a da Cacimba, cheia de casas em volta e com bastante movimento dos moradores locais.

baia formosa rio grande do norte
Praia da Cacimba

Avistei duas praias que me pareceram muito interessantes mas eu não tinha muito tempo até o sol se por. A primeira é a Praia de Bacupari, com poucas construções e que tem um "Morro do Careca versão reduzida" no final dela.

baia formosa rio grande do norte
Praia de Bacupari e o Morro do Careca

A outra praia é a Baía dos Golfinhos (eles são muito criativos pra nomear as praias, não?) onde fica o porto e a colônia de pescadores. No trecho dentro da cidade, a praia não é muito boa, mas caminhando para a esquerda, vi uma praia deserta e falésias douradas que eu fiquei encantada. Pena que fomos com pouco tempo pra explorar Baía Formosa..

baia formosa rio grande do norte
Praia do Porto

baia formosa rio grande do norte
Não sei o nome desta praia, mas achei maravilhosa!

Pôr do Sol

Devido à posição geográfica de Pipa, não é possível apreciar muito bem o pôr do sol, já que o lado poente fica exatamente oposto ao mar, do lado do continente.

Porém, há um lugar em Tibau do Sul que é visita obrigatória pra curtir o melhor pôr do sol da região: a Creperia Marinas. Ela fica dentro do hotel de mesmo nome e é na verdade um restaurante construído em palafitas na Lagoa dos Guaraíras.

creperia marinas pipa
Creperia Marinas

creperia marinas pipa
Fim de tarde no Marinas

O lugar é bem legal e serve além de crepes, tapiocas e camarões. Tem um ambiente super bacana e na hora exata que o sol vai se por, o pessoal da casa coloca música clássica pra tocar. Vale muito a pena dar uma conferida.

por do sol pipa
E aí, será que vale  pena?

Alimentação

Eu não costumo opinar sobre alimentação pois acho que comida é um gosto muito pessoal. Mas como no RN tive um pouco de dificuldade de encontrar bons lugares com preços honestos pra comer (me senti enganada em diversas ocasiões) não podia deixar de dar uma dica preciosa.

Em Pipa é possível encontrar todo o tipo de restaurantes (e pegadinhas), porém um é especial e vale muito a pena dar um conferida: Restaurante Quintal. Com um ambiente super agradável, um ótimo atendimento e cardápio bem bacaninha e honesto, o restaurante virou uma das nossas paradas obrigatórias em Pipa.

Valeu a pena?

Super! Sempre achei que Pipa fosse um lugar bacaninha pra conhecer. Não conseguia concordar com algumas (poucas) pessoas que diziam que o lugar era sem graça.. Hoje posso dizer com conhecimento de causa que Pipa é bacana sim e vale muito a pena ir pra ficar lá, nada de bate-volta.

Informações úteis

Em Pipa não há agências bancárias, e nem banco 24 horas, há apenas um caixa eletrônico do Bradesco. Nem todos os estabelecimentos aceitam cartões, portanto não arrisque e leve dinheiro em espécie.

A eletricidade é 220v. Não dê o mole de queimar seus eletrônicos.

Sinal de celular costuma ser precário. A Vivo e Claro tem sinal bom nessa região. Tim e Oi deixam a desejar.

Para curtir todas as fotos da minha trip, acompanhe no Instagram em #reviajarn

**Data da viagem: setembro/2014

Mais sobre a viagem do Rio Grande do Norte

Natal
Passeio de Bugre em Natal

5 comentários:

  1. Oiii Renata :) Adoramos o blog!!! Já pegamos dicas preciosas para próxima viagem :)
    Super obrigada por nos prestigiarem e esperamos que voltem em breve!!!!
    Beijaoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daphne,
      Obrigado pelo carinho! A nossa estadia em Pipa foi maravilhosa graças a vcs tb! Como vc pode ver a lista de próximos destinos está grande mas em breve voltaremos! Grande beijo!

      Excluir
  2. E também emprestei algumas fotos ;)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog!!! Sempre o cunsulto e indico. Vc q vai sempre para o nordeste, acha que chove muito em junho.. estava pensando em ir pra Pipa no fim do mes. Acho q quando chove também não são chuvas mto demoradas né. Agradeço desde já :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cíntia! Fico feliz que tenha gostado do blog =)

      Então, eu sempre prefiro ir para o Nordeste a partir de agosto pois sei que é quase 100% certo de não chover. Antes disso, infelizmente a possibilidade de chuva é maior. Por exemplo, o pessoal de Noronha disse que o mês de junho/2015 foi o mais chuvoso de todos os anos.

      Eu gosto muito de pesquisar o "Praiômetro" do Ricardo Freire, do Viaje na Viagem (http://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe) e infelizmente lá a previsão tb não é das melhores para a região em junho..

      De qualquer forma, previsões metereológicas não são uma verdade absoluta e se vc não tiver outra época pra ir, o que fazer né? Sempre há uma chance de se dar bem e não cair uma gota de chuva! Eu mesma em novembro saí do RJ para a Bahia com previsão de chuva para toda a semana e não caiu uma gota de água! Imagina se eu não tivesse ido?

      É isso.. se ainda assim vc se animar e encarar o desafio, boa sorte! Volte aqui para me contar!

      Bjos!
      =)

      Excluir