26/07/2014

Roteiro de dois dias em Las Vegas


dicas viagem las vegas
Welcome to Vegas!

Cheguei ao destino final da minha roadtrip: Las Vegas. E aqui acabei constatando que não poderia ter encerrado a minha viagem de forma melhor..Que lugar divertido!

Eu sempre achei que Vegas fosse uma cidade super cafona e cheia de baranguice. E não é que eu estava certa?! Vegas é isso tudo, somada ao clima fanfarrão das pessoas na rua. Mas o mais incrível é que isso funciona perfeitamente lá e faz uma simples visita à cidade se tornar diversão garantida!

A minha viagem

Depois da longa travessia do deserto com direito à parada em Calico Ghost Town, finalmente chegueiem Vegas.

Consegui aproveitar a metade do dia da chegada e mais dois dias inteiros. Eu já sabia que seriam poucos dias pra infinidade de opções de lazer que a cidade oferece, mas ainda assim topei o desafio, pelo menos pra ter a certeza de que quero voltar pra lá um dia.


Nosso mapa em Vegas

No final do mês de maio peguei um calor desértico. Durante o dia, o sol castigava e era bem difícil ficar de bobeira andando na rua. Mas o calor tem lá suas vantagens: pra quem curte, as pool parties já estavam bombando e vi muita gente andando de roupa de praia na Strip.

Minha estratégia para fugir do calor foi concentrar as compras na parte da manhã/tarde (lojas fechadas com ar-condicionado, por favor) e mais pro final de tarde/noite, com o sol mais fraco, caminhei pela Strip.

A noite em Vegas bomba com opção de atrações pra todos os gostos. Programei nossas noites da seguinte maneira: a primeira noite seria de descanso, a noite seguinte para ir à Freemont Street e na última noite escolheria algum dos shows.

Pronto. Assim encerraria minha passagem relâmpago por Vegas!

Hospedagem

Em Vegas fiz uma opção arrojada. Enquanto todo mundo dizia que a boa era ficar nos resorts na Strip, eu preferi pegar um hotel com menos "glamour" na rua detrás (eu como sempre, do contra).

O hotel que eu escolhi era o The Carriage House. Localização estratégica, boa recomendação no Booking e Tripadvisor, sem taxa de resort e preço camarada. Não, eu não podia estar errada..

E realmente não estava. Chegando lá o hotel superou minhas expectativas. Realmente ele não tem o glamour dos resorts, mas acho que essa é a grande sacada: sair um pouco da atmosfera da Strip pra desligar um pouco o botão "Vegas on". A localização é perfeita pois fica exatamente ao lado do Miracle Mile Shops e do Planet Holywood. Na minha opinião, esse é o trecho filé da Strip: próximo do Bellagio, Paris, New York, MGM.

O quarto era espaçoso, limpo e silencioso. Contava com uma cozinha completa, o que é difícil encontrar nos resorts de Vegas. O staff era super atencioso e o hotel ainda contava com piscina pra quem se animasse.

Ou seja, hotel super indicado!

Se você quiser se hospedar no mesmo hotel, clique aqui.

Para pesquisar outras opções de hospedagem em Las Vegas, clique aqui. Mas lembre-se sempre de ficar atento às avaliações.

 

Como se locomover

Tem gente que odeia pensar em pegar carro nas férias. Eu já sou daquelas que preciso ter um carro à disposição pra fazer o que der na telha.

De fato, em Vegas carro é dispensável. As principais atrações ficam em uma única rua e tudo pode ser feito a pé. Para distâncias maiores na Strip, o que não falta é opção: táxi, monotrilho e ônibus. O aeroporto também é super próximo, imagino que o táxi não saia por mais que $15. Então realmente é um caso a se pensar se é preciso ou não alugar carro em Vegas.

No meu caso eu havia chegado na cidade de carro. Não fazia muito sentido entregar o carro e ficar a pé a esta altura do campeonato. Dois dias a mais não faria diferença no preço da locação, então por comodidade preferi ficar com o carro durante minha estadia.

Como eu tinha pouco tempo da cidade, acredito que o carro acabou sendo um facilitador. Fui à Freemont St à noite e acabei indo em algumas lojas fora do eixo "pega-turista".

Se você optar pelo carro, fique atento pois todo deslocamento que você fizer com o GPS, ele vai te mandar para a freeway, porque ela sempre será a opção mais rápida. Aí avalie sua disponibilidade. Eu sempre contrariava o GPS e ia pela Strip (mais lento mas muito mais divertido).

Strip

Todo mundo fala que Las Vegas é uma cidade de uma rua só. E isso é quase que uma verdade absoluta pois todos os grandes resorts e suas atrações ficam na Strip.

A ideia de sair andando a pé pela Strip para conhcer os hotéis parece ser muito boa, mas cansa. É tudo "perto-longe". Anda-se demais pra chegar em um hotel, conhecer suas atrações e atravessar a rua pra conhecer o hotel do outro lado. E acredite, isso não é exagero meu, tudo em Vegas é gigante! Otimize seu roteiro procurando visitar hotéis próximos dos outros. Não invente de conhecer o Stratosphere e logo na sequência o New York que não vai dar muito certo..

Com o pouco tempo que tinha, confesso que as minhas visitas aos hotéis foram um pouco superficiais e não deu pra se aprofundar muito no assunto. Mas vou tentar falar um pouco de cada um deles por aqui.

- New York, New York

Achei o hotel mais bacana por fora do que por dentro. Na verdade, não achei nada demais dentro dele: tem umas ruazinhas fake imitando a NY de verdade com alguns bares, restaurantes e lojas.

Tem também a famosa montanha-russa que passa por dentro e fora do hotel.

dicas viagem las vegas
New York

dicas viagem las vegas
NY iluminada à noite

- Bellagio

Aqui a atração mais famosa é do lado de fora do hotel: o show das águas dançantes. Toda noite rola show a cada 15 minutos. É legal porque rola uma sincronia da música com a água. O local costuma ficar bem cheio.

Dentro do hotel tem um jardim de inverno que muda de tema ao longo do ano. Não deu tempo de passar lá pra conferir.

dicas viagem las vegas
Bellagio

dicas viagem las vegas
De tarde o local já fica cheio

dicas viagem las vegas
Veja o show das águas à noite

dicas viagem las vegas
Ao som de Frank Sinatra

- Paris

Aqui a grande atração é a Torre Eiffel. Dá pra subir nela (entrada paga)  e apreciar uma bela vista da Strip. Fica de frente da fonte do Bellagio, então deve ser uma boa ideia assistir o show das águas lá de cima.

Já dentro do hotel o que achei mais legal é a pintura do teto, que imita o céu azul. Você sempre fica com a impressão que está de dia.

dicas viagem las vegas
Paris em Las Vegas

dicas viagem las vegas
Com direito à Arco do Triunfo


dicas viagem las vegas
Torre Eiffel

dicas viagem las vegas
Dentro do hotel é sempre de dia

- Ceasars Palace

Não é o maior hotel da cidade (ele perde em número de quartos para o complexo Venetian/Palazzo), mas me pareceu o mais grandioso. Ele é enorme e totalmente cafona! hahaha, mas Vegas é pra isso.. Cheio de estátuas, fontes etc.

Ao lado dele tem um shopping, que faz parte do complexo, o Forum Shops. Segue o mesmo estilo romano do hotel e é cheio de lojas bacanas.

dicas viagem las vegas
Entrada do hotel


dicas viagem las vegas
Fonte na entrada do Forum

- Mirage

Tem gente que acha o Mirage super cafonão mas eu curti. Do lado de fora tem um grande lago, com um jardim muito bonito.

É nele que rola o show do Cirque du Soleil em homenagem aos Beatles, Love. Mesmo que você não vá ao show, vá conhecer a área do hotel dedicada ao Love, é bem bacana.

À noite no laguinho tranquilo, rola um show com fogo, tipo umas explosões. Não consegui definir muito bem o que era aquilo, é meio esquisito mas é legal. Minhas fotos não ficaram boas, por isso nem coloquei por aqui.

dicas viagem las vegas
Entrada do Mirage

dicas viagem las vegas
Love - Cirque du Soleil

dicas viagem las vegas
Esse corredor fica mudando de cor

- Palazzo / The Venetian

Este é o maior complexo hoteleiro do mundo, com oito mil quartos! Bizarro, não é?

A grande atração do complexo são as réplicas dos famosos monumentos de Veneza: Palazzo Ducal, Ponte Rialto e os canais.

Sim, existe um canal que corta todo o hotel. Sem o mal cheiro do canal original, dá pra dar um rolé de gôndola motorizada por lá (claro que é pago).

O teto do hotel é igual ao do Paris, imitando céu claro. Adorei essa pintura no teto!

dicas viagem las vegas
Fachada do Palazzo no fim de tarde

dicas viagem las vegas
Área externa do Venetian

dicas viagem las vegas
Céu claro dentro do hotel

dicas viagem las vegas
Passeio de gôndola

Alguns hotéis ficaram de fora do meu roteiro por falta de tempo mesmo. Numa próxima visita à Vegas com certeza vou dar um jeito de dar uma passadinha neles:

- Wynn / Encore

Pra dizer a verdade eu nem sei quais são as atrações deles. Mas eles me pareceram tão bonitos que só a fachada já me convida a fazer uma visita. Fica bem ao norte da Strip, um pouco fora de mão.

dicas viagem las vegas
Wynn / Enconre

- Stratosphere

Fiquei muito chateada por não ter tido tempo de ir à torre do Stratosphere. Mas também não adianta querer abraçar Vegas inteira em dois dias que não dá. A subida na torre é gratuita para hóspedes e paga aos visitantes.

Achei o hotel bem fora de mão. Ele fica no final da Strip, num ponto onde não tem mais nada, só ele. Não achei uma boa ideia se hospedar nele não..

- Luxor

O hotel fica bem no comecinho da Strip e também achei ele meio fora de mão pra se hospedar. Mas a fachada é bacana, no estilo Vegas de ser, então toparia uma visita nele.

dicas viagem las vegas
Fachada do Luxor

Compras em Vegas

Vegas foi o lugar que mais consegui pensar em compras durante a viagem. Em todas as outras cidades em que estive, o tempo era muito curto, então meu foco era conhecer as atrações do lugar. Acabei deixando a lista e os presentes para Vegas.

O imposto na cidade é de 8,1% e com dois outlets em cada ponta da Strip, Vegas acaba sendo uma boa opção para compras. Principalmente para manhãs e tardes com sol escaldante: lojas com ar condicionado são verdadeiros oásis no deserto.

- Las Vegas Premium Outlet - South

Na minha humilde opinião é o melhor outlet de Las Vegas por um detalhe que faz toda a diferença: ele é fechado, coberto e com ar condicionado. De fato ele é menor que o seu irmão "North" mas basicamente tem as mesmas lojas. Provavelmente você irá nos dois para tirar a prova.

- Las Vegas Premium Outlet - North

Se for à Vegas em época de calor, prepare uma estratégia para ir a esse outlet, pois ele é grande e aberto. Ou seja, você fica caminhando com sol na cabeça. Recomendo deixar as crianças e os maridos chatos no hotel. A opção de lojas é maior do que a do irmão "South". Mas pra você avaliar se essa diferença vale mesmo a pena, dê uma olhada na lista de lojas no site do shopping.

- Ross Dress for Less

Na Strip tem duas lojas em cada extremo: uma em frente ao Monte Carlo e outra depois do Wynn/Encore.

Eu já tinha ido há algumas outras lojas da Ross durante a minha viagem e confesso que não me empolguei muito pra ir nas de Vegas, pois imaginei que seriam super bombadas de gente e com pouca opção. Ledo engano..

A loja perto do Monte Carlo era bem próxima do meu hotel e lá que eu fiz umas das melhores compras da viagem. Mas a boa aqui é chegar cedo pra pegar a loja arrumada e com variedade de produtos.

- Forum Shops / Fashion Show / Miracle Mile

Esses são os shoppings da Strip. Você vai encontrar todas as grandes lojas nesses shoppings porém os preços são normais, sem os grandes descontos dos outlets.

- Best Buy e Fry's

São as lojas de eletrônicos queridinhas dos brasileiros. A Fry's fica na Las Vegas Blvd (Strip) um pouco mais ao sul, bem próximo do Premium Outlet. É uma loja gigante com um mundo de opções.

A Best Buy fica um pouco mais afastada da Strip. Se estiver de carro e com disposição de ir à caça, pesquise a localização das lojas mais próximas e divirta-se.

- CVS e Walmart

Bem, a princípio não existiria nenhuma novidade a ser contada sobre as duas megas redes de farmácias capaz de enlouquecer qualquer mulher, até a mais desligada do ramo como eu. Porém notei um detalhe muito importante sobre as duas lojas que ficam na Strip na altura do Aria.

Fiquem espertos que nessas filiais todos os produtos são mais caros do que em outras unidades fora do eixo turístico. Várias coisas que eu já havia comprado, nessas lojas era o dobro do preço! Ou seja, pega-turista legal!

Noite em Vegas

Todo mundo sabe que a noite bomba em Vegas. Os shows do Cirque du Soleil são permanentes, entre outras apresentações como o Blue Man Group. Sempre rolam também shows de cantores/bandas famosas, além é claro das boates que funcionam de segunda à segunda. Fique ligado na agenda de eventos da cidade.

Com a minha passagem relâmpago, não tive tempo e nem disposição para cair na night (tô ficando velha mesmo), vai ficar pra próxima. A única coisa que fui conhecer e achei bem bacana foi a Fremont Street Experience.

- Freemont Street Experience

A Fremont St pode ser chamada de Old Vegas pois foi aqui que tudo começou. Os cassinos mais antigos da cidade estão aqui. A rua é fechada para carros e coberta com um telão gigante onde ficam passando umas imagens meios psicodélicas. Ainda tem um tirolesa no meio disso tudo.

No dia que fui estava rolando um palco com show de rock clássico em um ponta da rua e em outra ponta uma DJ tocando música pop. Todos os dois estavam super animados, com a galera dançando e se divertindo horrores.

Em um certo momento, todas as luzes da rua se apagaram, começou a tocar The Doors e passar umas imagens muito loucas no telão. Foi super legal!

dicas viagem las vegas
Adorei Downton Vegas

dicas viagem las vegas
Golden Nugget - um dos mais tradicionais

dicas viagem las vegas
Rua lotada em plena quarta-feira!

dicas viagem las vegas
Cassinos apagados, todos de olho no telão

Gente, eu só fiquei dois dias em Vegas e esse post tá gigante!! Como eu tenho certeza que voltarei lá, vou finalizar por aqui.


O que faltou fazer em Vegas

- Subir na na torre do Stratosphere
- Andar na Linq - a maior roda gigante do mundo
- Visita ao Grand Canyon
- Noitada em alguma boate
- Ir a algum show (Cirque du Soleil, Blue Man Group etc)
- Andar de limo
- Conhecer as igrejas com seus Elvis gordos
- Ir à loja do programa Pawn Stars (Trato Feito)
- Subir na Torre Eiffel
- Andar na montanha-russa do NY
- Descer na tirolesa da Freemont Street

Leia mais sobre a roadtrip pela Califórnia
Como montar um roteiro pra Califa: uma ajudinha pra montar seu roteiro
Santa Monica: primeira parada na Califa
San Francisco: segunda parada na Califa
O que fazer em San Francisco: prepare-se pra uma cidade especial! 
Bike The Bay: atravessando a Golden Gate de bike
Monterey/Carmel: começando a roadtrip
Big Sur: o filé da roadtrip
Camarillo Outlet: no meio do caminho tinha um outlet!
San Diego: ultima parada na Califa (e uma das melhores)
Na estrada até Vegas: o deserto e Calico Ghost Town



**Data da viagem: maio/2014




4 comentários:

  1. Renata, Muito legal seus posts.

    Estou planejando a mesma viagem para 2017 e me ajudou muito.
    Vc teria uma planilha com o roteiro consolidado?
    Obrigado :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Obrigado! Fico feliz por ter gostado dos posts.

      Vá mesmo.. essa viagem é muito bacana, super vale a pena!

      Sobre a planilha eu até tenho.. mas é uma planilha bem simples, só pra dar uma organizada no roteiro principal.

      =)

      Excluir