18/06/2014

Como é voar na Southwest



Hoje vou falar da Southwest, uma companhia que eu nunca havia ouvido falar, até que precisei comprar uma passagem barata pra voar entre Los Angeles e San Francisco. De todas as companhias que pesquisei o melhor preço era o da Southwest, disparado..

A Southwest é uma companhia lowcost e por isso suas passagens são baratas mesmo. Mas diferente de outras lowcosts que já voei, eles não cobram pela bagagem, claro que limites são aplicáveis. Você pode despachar gratuitamente uma mala e ainda levar sua bagagem de mão. Outro diferencial é que eles disponibilizam wi-fi gratuito dentro da aeronave.

Após o susto inicial com o nome desconhecido da companhia, fui às vias de fato. A compra das passagens foi feita através do site da companhia e foi bem tranquila. A interface é bem simples e recebi o email de confirmação logo após a compra.

O check-in online só pode ser feito um dia antes do voo. Dias antes, recebi uns dois emails confirmando as informações do voo. No dia anterior recebi um outro email com as instruções para utilização do wi-fi disponível no avião. É preciso estar cadastrado no site deles (o que você já pode fazer no momento da compra) e baixar um aplicativo no celular.

No dia do voo, quando estava me preparando para ir pro aeroporto recebi um email avisando que o voo estaria atrasado em meia hora. Eu achei isso o máximo, pois evitou que eu ficasse esperando à toa no aeroporto e pude me arrumar com mais calma.

Chegando no aeroporto, o guichê da Southwest é dividido em self-service e full-service. No primeiro você já precisa ter os bilhetes de embarque impressos (se você não tiver, há umas máquinas antes da fila que dá pra imprimir). Depois é só pesar a mala, etiquetar e despachar. Havia um funcionário auxiliando os passageiros. Já na outra fila os funcionários faziam o serviço completo: impressão de bilhetes, etiquetagem das malas etc..

Na hora de embarcar é que vem o detalhe curioso. Na Southwest não há assentos marcados. Quando o check-in é feito eles informam em qual grupo você se encontra. Na hora do embarque eles vão chamando os grupos e você se senta onde quiser, simples assim! No começo eu fiquei meio confusa mas fui observando os outros e vi que era isso mesmo.

Durante o voo eles serviram bebidas e amendoim gratuitos (melhor que a American Airlines). 

Ao pousar em San Francisco o piloto foi super simpático falando com os passageiros e ainda teve um passagem super curiosa, pra não dizer estranha: uma aeromoça começou a cantar um jingle da Southwest muito engraçado. Não entendi se ela fez aquilo de brincadeira ou se era um procedimento da empresa, sei que todo mundo riu e aplaudiu no final.

Voaria de novo?

Com certeza! A experiência com a Southwest foi super positiva desde a compra até a aterrissagem. E quem não gosta de pagar pouco e ainda ser bem tratado?


0 comentários:

Postar um comentário